Como página inicial

Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

sistema de representação comercial e vendas

FONE: 51 3019 2817

.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

"JORNAL DO SDR" Nº285 DO WWW.SDR.COM.BR

.

PIADAS Sistema de Representação - SDR - www.sdr.com.br  DITADOS

..

PARA ACESSAR A BIBLIOTECA DO PORTAL SDR - CLIQUE NO LINK

.

.

.

PIADA DE COR AZUL
PIADA DE COR ROXA
PIADA DE COR VERDE
PIADA DE COR PRETO

PIADA DE COR MARROM
PIADA DE COR VERMELHO

LINDINHAS

PICANTES

ENJÔO!

FEIA

POLÍTICA

PAHH

.

No consultório, o paciente pergunta: - Doutor, o senhor acha que eu tenho chances de viver até os cem anos?
- Você fuma? - pergunta o médico.
- Nunca fumei.
- Bebe?
- Detesto bebida.
- E a sua alimentação? Como é?
- Bom, eu sempre evitei gorduras e não como carne.
- O senhor joga, dirige carros em alta velocidade, sai com mulheres?
- Não, doutor. Não costumo fazer nada disso.
O médico fica pensativo, analisando o caso e alguns momentos depois:
- Diz pra mim. O senhor quer viver até os cem anos pra quê??

.

.

O sujeito entra num bar com um Pato debaixo do braço e uma lata no outro. Ele senta num banquinho, e coloca a lata e o pato sobre o balcão e pede uma cerveja. Enquanto o garçom o serve, ele coloca o pato sobre a lata e quase imediatamente o pato começa a dançar. 
Os outros fregueses começam a se aglutinar em volta da atração. Em pouco tempo o bar está cheio de gente que quer ver o pato dançarino. Duas horas depois o bar fecha, com uma receita excepcional e o pato continua a dançar!
- Hei... seu pato, eu compro ele. Quanto você quer? - propõe o dono do bar.
- Quero mil reais - responde o sujeito.
O patrão pega mil reais na carteira e dá para o sujeito. 
Na noite seguinte o ex-proprietário do pato volta ao bar para ver como estão indo as coisas.
- Olha, seu pato é uma verdadeira mina de ouro! - exclama o dono do bar 
- Mas me diga uma coisa. Como é que você faz para este pato parar de dançar? Ele tá assim desde ontem à noite!
- Fácil - responde o sujeito - é só levantar a tampa da lata e apagar a vela...

.

.

O cara estava bebendo cerveja e vendo TV na sala, "vigiando" a filhinha de 16 anos que namorava na varanda. Sono pegando, cerveja fazendo efeito, ouvido começa a coçar e o babão começa a cutucar o ouvido com um amendoim, até que a casca do amendoim quebra e o caroço de amendoim entala no ouvido.

O cara fica desesperado, começa a tentar tirar o amendoim com o dedo e empurra mais pra dentro! Pega uma tampinha de caneta Bic e o amendoim entrou mais ainda. Nisso o sujeito já estava louco, gritando, chamando a mulher, que veio correndo, se apavorou e já queria levar o maridão bebum para o Hospital. 
O cara não queria: - Que mico! sou um cara de posição, não posso me expor ao ridículo! 
Nisso a filhinha de 16 e o namorado (de 17 anos...) entram na sala pra ver o que estava acontecendo.
A filha: - Pai, que é isso! Que vergonha! 
O namoradinho muito solicito querendo impressionar o sogrão: - Calma, que eu dou um jeito! 
Quando era escoteiro, eu que socorria os amigos! 
O Sogro entalado, que estava sem graça, apavorado, e agora pê da vida com aquele sujeitinho dando palpite, teve que acabar aceitando a ajuda para não ir no hospital...
O rapaz mete dois dedos no nariz do sogro, e diz: - Fecha a boca e sopra pelo nariz com bastante força!!
O Sogrão fez... E não é que o maldito amendoim saiu do ouvido? 

O namoradinho sai todo convencido, a filha toda apaixonada, e a mulher, encantada com o eficientíssimo rapaz, diz pro maridão: - Viu que gracinha? Tão calmo, tão controlado nas emergências... O que será que ele vai ser no futuro?!?!?!
E o maridão, com cara de desconsolado, responde: - Pelo cheiro dos dedos, nosso genro...

.

.

O Coelhinho e o Urso estavam fazendo cocô.
O Urso se vira para o Coelinho e pergunta:
- Não te dá nojo ficar com todos pelinhos sujos de cocô ?
O coelhinho respondeu: - Não me incomoda não...
Então o urso pegou o coelhinho e limpou a bunda com ele.

.

.

O guri leva o amigo de Porto Alegre para Bagé, na fazenda onde tinha nascido. Chegam e saem para passear: - Olha lá, meu amigo. Foi naquela casinha azul que eu nasci. 
Andam mais e fala para o amigo... Fui batizado naquela Capelinha. 
E quando chegam numa figueira enorme, diz o gurí: - Olha, foi embaixo daquela árvore que eu transei pela primeira vez! 
E o amigo: - Que barato! E o que ela falou? 
- Méééééééé...

.

.

Que te acontece Fulano, estás com algum problema ?
O que tenho é uma frustração da P., que pariu!!! 
Eu estava orgulhoso de como deixava a minha mulher. Quando ela chegava ao orgasmo, era uma coisa tremenda: - se estremecia, brincava, soltava gemidos, virava os olhinhos e os deixava em branco...
Já sei, foste a descobrir que era fingimento ?
Que nada! Descobri que era epilética

.

.

O cara tinha um terrível mau hálito. Dava pra sentir até no telefone. Encontra um amigo, cumprimenta-o de frente, e o cara chia: - Pahhhhh! O teu mau hálito continua bravo, heim?
E ele sem jeito: - É por causa da ponte que eu tenho aqui na boca!
Porque tu não revisas... Deve ter um cachorro bosteando embaixo dela!

.

.

Seu João sofreu um acidente de trânsito dono do caminhão para o tribunal.
O advogado da transportadora começou a inquirir seu João: - O Senhor não disse na hora do acidente: "Estou bem"?
Seu João responde: - Bem, vou lhe contar o que aconteceu, eu tinha acabado de colocar minha mula favorita na caminhonete...
Eu não pedi detalhes, interrompeu o advogado, só responda a pergunta. 
O Senhor não disse na cena do acidente: "Estou bem"?
Bem, eu coloquei a mula na caminhonete e estava descendo a rodovia...
O Advogado interrompe novamente e diz: - Meritíssimo, estou tentando estabelecer os fatos aqui, na cena do acidente este homem disse ao patrulheiro rodoviário que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está tentando processar meu cliente, isso é uma fraude.
Por favor poderia dizer a esta pessoa que simplesmente responda a pergunta?
Mas a essa altura o Juiz estava muito interessado na resposta de Seu João e disse ao advogado: - Eu gostaria de ouvir o que ele tem a dizer.
Seu João agradeceu ao Juiz e prosseguiu: - Como eu estava dizendo, eu coloquei a mula na caminhonete e estava descendo a rodovia quando uma pick up atravessou o sinal vermelho e bateu na minha caminhonete bem na lateral. 
Eu fui lançado fora do carro para um lado da rodovia e a mula foi lançada ao outro lado. Eu estava muito ferido e não podia me mover. De qualquer forma eu podia ouvir a mula zurrando e gemendo e pelo barulho eu pude perceber que o estado dela era muito ruim.
Logo após o acidente o patrulheiro rodoviário chegou ao local e ouviu a mula e foi até onde ela estava. 
Depois de dar uma olhada nela ele pegou a arma e atirou bem entre os olhos do animal. 
Então o policial atravessou a estrada com sua arma na mão, olhou para mim e disse: A mula estava muito mal e eu tive que atirar nela, como está se sentindo...?

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

FONE: 51 3019 2817

.

sistema de representação comercial e vendas

.L

.

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007, SDR