Como página inicial

Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

sistema de representação comercial e vendas

FONE: 51 3019 2817

.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

representação, negociação, marketing, vendas

"JORNAL DO SDR" Nº257 DO WWW.SDR.COM.BR

.

.

ADMINISTRAÇÃO " Portal www.sdr.com.br de Administração Comercial "  INFORMATIZADA

....

.

.

PARA ACESSAR AS BIBLIOTECAS DO PORTAL SDR - CLIQUE NOS LINKS

.

.

.

..

"PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA SEMANA EM tecnologia e web"

.

.

Indústria investe na 'internet das coisas - BusinessWeek De Paris
Há anos visionários da tecnologia vêm alimentando sonhos de um mundo de máquinas conectadas se comunicando umas com as outras - o que eles chamam de Internet das Coisas. Alguns gurus prevêem que dentro de poucos anos poderá haver mais aparelhos se comunicando pela internet do que gente. Novas tecnologias sem fio como a Wi-Fi e a ZigBee, que podem ligar computadores, produtos eletrônicos de consumo, veículos e milhões de outros equipamentos, estão aumentando muito a velocidade desse processo. "Vai ser muito grande", diz Ian Barkin, diretor do centro de estudos FocalPoint Group de San Francisco. Ele acredita que até 2008 a comunicação máquina-para-máquina (M2M) poderá girar negócios anuais de US$ 180 bilhões em hardware, software e serviços, em comparação aos atuais US$ 34 bilhões.

.

.

CAMPANHAS DE E-MAIL MARKETING

Um estudo recente da Quris reportou que as campanhas de e-mail marketing autorizadas e bem executadas têm um impacto positivo nas atitudes dos consumidores com relação as companhias que estão anunciando o produto ou serviço. A pesquisa revelou que um grande número de consumidores acredita que a qualidade dos programas de e-mails marketing acaba influenciando suas opiniões sobre as companhias responsáveis pelas campanhas. Segundo o instituto, 67% dos consumidores americanos entrevistados para a pesquisa disseram que gostavam de empresas que, na sua opinião, fizeram um bom trabalho de e-mail marketing. Cerca de 58% deles disseram que abriram mensagens dessas empresas, enquanto 53% afirmaram que tais e-mails influenciaram suas decisões pessoais de compra. De acordo com o estudo, somente 25% dos consumidores esperam que as campanhas de marcas famosas sejam muito melhores que aquelas de empresas menos conhecidas.
  

.

Pesquisa revela que 60% dos internautas odeiam spam - IDG Now!
Cerca de 60% dos internautas brasileiros odeiam spam, mas muitos não adotam nenhum tipo de proteção contra as mensagem indesejadas. Isso é o que constatou um estudo do Grupo eCentry, realizado entre janeiro e maio com 102.940 usuários da rede. Segundo o levantamento, 37,29% não adotam nenhum tipo de prevenção contra os spams. Os filtros de mensagens são os mecanismos utilizados por 24,16% dos internautas e o bloqueio de remetentes, por 28,42%. Cerca de 10% dos entrevistados afirmaram que a empresa em que trabalham utilizam sistemas de bloqueio. Grande parte dos entrevistados (49,47%) declararam ainda abrir e ler os e-mails não-autorizados quando o assunto ou remetente lhes interessam. Cerca de 30% declararam apagar a mensagem e 17,59%, bloquear o remetente. Por outro lado, 27,59% dos internautas declararam não se incomodam em receber os spams e 13,51% afirmaram gostar das mensagens, já que às vezes recebem ofertas ou informações interessantes. Questionados sobre uma possível lei que proibisse o spam, 41,15% declararam que denunciariam empresas que enviassem e-mails não-autorizados. Cerca de 50% também afirmaram que fariam a reclamação, dependendo do conteúdo das mensagens. O levantamento mostrou também que 73,36% dos internautas levam em consideração o assunto no momento de abrir um e-mail marketing, enquanto 26,64% colocaram como prioridade o remetente. 

.

.

Sony sai do mercado global de PDAs - Ana Lúcia Moura Fé, do Plantão INFO
A Sony saiu do mercado de PDAs nos Estados Unidos e Europa, alegando queda nas vendas. A fabricante 
continuará a produção japonesa do modelo Clié, baseado em Palm OS. De acordo com o site News.Com, a empresa reconhece que o mercado wireless desempenha papel importante em seu negócio, e aponta para futuros desenvolvimentos na área, incluindo investimentos na Sony Ericsson, seu braço na área de telefonia móvel. A desaceleração de mercado a que se refere a Sony foi constatada em pesquisa da IDC. De acordo com o instituto de pesquisa, embora o mercado europeu de PDAs tenha crescido 33% no período de um ano, em termos globais houve um recuo de 11% nos três primeiros meses deste ano, em relação a igual período do ano passado. Em comparação com o último trimestre de 2003, essa queda atingiu 33,1%. A Sony figura na terceira posição do ranking global de fabricantes de PDA divulgado pela IDC. A empresa detém market share de 9,3%, atrás da PalmOne, com 36,1%, e da HP, que detém 25,7% do mercado. No total, 2,2 milhões de dispositivos handheld foram vendidos durante o primeiro trimestre de 2004, segundo a IDC. 
.
.

Smartphones já vendem mais que PDAs - Ana Lúcia Moura Fé, do Plantão INFO
Levantamento da empresa de pesquisa britânica Canalys indica que no primeiro trimestre de 2004 o mercado 
mundial de dispositivos móveis cresceu 41% em relação a igual período de 2003, atingindo 5,9 milhões de unidades. Enquanto que o crescimento do segmento de smartphones foi de 115%, o de PDAs não passou de 1%. Na análise da Canalys, a Sony foi quem mais sofreu com a desaceleração do mercado de PDAs. Na última terça-feira, de 01 de junho, a fabricante decidiu sair do mercado global de PDAs, restringindo a produção do seu modelo Clié à unidade japonesa. 
.
.

A Internet em números - www.consumidormoderno - Meio & Mensagem
No ano passado, a Internet concentrou R$ 107 milhões de um total de R$ 742 milhões em anúncios realizados no país em 2003. A importância da contribuição da web no mercado publicitário fica mais explícita quando comparada às mídias de outdoor e TV por assinatura, que receberam investimentos na ordem de R$ 171 milhões e R$ 126 milhões, respectivamente, em 2003. Esses números são do Projeto Inter-Meios - pesquisa sobre investimentos publicitários comandada pelo jornal Meio & Mensagem, que pela primeira vez incluiu a Internet em sua medição anual. Os anunciantes da mídia digital estão investindo num filão que somente no ano passado movimentou R$ 1,18 bilhão em vendas on-line - um crescimento de 38,9% em relação ao ano de 2002, de acordo com estudo da e-bit, empresa de pesquisa e marketing on-line, com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. O número de internautas que realizou, no mínimo, uma compra pela Internet também subiu de 1,7 milhão de pessoas em 2002 para 2,5 milhões em 2003.
.
.

Linux será padrão no mercado em 2006 - IDG Now! 
O diretor executivo da organização Linux International (LI), John 'Maddog' Hall, esteve em São Paulo nesta 
quarta-feira (02/06) para falar sobre o futuro do software livre no Brasil. Maddog, como prefere ser chamado, palestrou durante duas horas sobre a importância de padrões não-proprietários, mercado para programadores de ambiente Linux e afirmou que, até 2006, o mercado corporativo será dominado pelo software livre. Quando questionado sobre a ofensiva da Microsoft contra os sistemas operacionais de código aberto, Maddog foi enfático. "Dizer que o sistema proprietário da Microsoft é mais barato do que os sistemas abertos é a mesma coisa que pedir a um cego para escolher o mais bonito entre os dois", afirmou. "Uma série de fatores cruciais não foram levados em conta no estudo, que inclusive foi financiado pela própria empresa". Segundo o guru, o Linux deverá se tornar bem mais freqüente no mercado de desktops até 2006. "A partir deste ano, até 2006, acredito que o software livre será padrão no mercado corporativo. Só então estima-se que os usuários domésticos se acostumarão com programas código-aberto", diz Maddog. 
.
.

A inovação e criatividade do marketing na Internet - www.consumidormoderno.com.br 
Pensar a web como uma rede de relacionamento. Essa foi a tônica da II Oficina de Inovação em Marketing Digital, que reuniu 60 profissionais de propaganda e marketing na última sexta, 28, e sábado, 29, no Senac São Paulo. O evento, organizado pela instituição em parceria com a Jump Solutions, foi comandado pelos diretores de mídia da DM9DDB, Africa e Leo Burnett, Fernanda Romano, Patrícia Souza e Jairo Soares, respectivamente, e pelo especialista em mídia digital da USP, Luli Radfahrer.

.

.

Lei de Tuma garante privacidade contra telemarketing - www.consumidormoderno.com.br 
As empresas de telemarketing deverão apresentar mensagem gravada, antes do início das conversações, alertando que se trata de veiculação publicitária ou comercial, de ofertas de produtos ou serviços, por via telefônica. Caso o usuário não queira ser incomodado, terá a opção de desligar o aparelho´´, diz o deputado Romeu Tuma (PPS), autor do projeto de lei, aprovado pela Assembléia Legislativa na noite desta quarta-feira. Romeu Tuma quer garantir o direito à intimidade e privacidade das pessoas que não querem atender ligações dos serviços de telemarketing. As empresas prestadoras de serviço de telefonia fixa ou móvel deverão constituir e manter cadastro especial de assinantes contrários ao recebimento de ofertas de produtos e serviços pelo telefone. 

.

.

.

Revela um estudo da Harte-Hanks, após analisar 700 campanhas de e-mail marketing e mais de 4,2 milhões de endereços eletrônicos, entre 08/2001 e 08/2002:

  • Campanhas eletrônicas de marketing tiveram um retorno médio de 1,3%, mas poderiam aumentar os resultados para até 25%. 

  • Campanhas de promoção de vendas, tiveram uma média de respostas de 1,7%, mas poderiam aumentar a 10,3%. 

Algumas Dicas para serem melhor sucedidos os trabalhos:

  • Cross Media: - o uso integrado no e-mail a diferentes mídias, campanhas de telemarketing e mala direta pode garantir um aumento nas respostas de pelo menos 5%, podendo chegar até 15%.

  • Segmentação: - medidas como a personalização do nome da pessoa destinada e o conteúdo da mensagem criado especialmente para o tipo de setor de negócios também conseguem atingir bons resultados.

  • Objetividade: - palavras como “desconto”, “oferta”, “apenas para este fim de semana” escritas no assunto da mensagem são mais atrativas e tornam as respostas mais automáticas.

  • Clareza: - os especialistas lembram que o tempo gasto para se abrir, ler e fechar um e-mail é bem mais curto do que o gasto em uma correspondência em papel. Desta forma é imperativo criar uma mensagem atraente que garanta uma resposta rápida e certa.

  • Mensagem pessoal: - as pessoas estão mais dispostas a abrir um correio eletrônico enviado por uma outra pessoa do que por uma companhia ou endereço genérico de algum servidor. Sempre designe alguém para ser o remetente das mensagens.

  • Opt-out eficiente: - ter o nome do prospect na mensagem, mas não ter um mecanismo de exclusão fere o guia de ética do marketing direto. Simplifique a forma de exclusão.

  • Mecanismo de resposta atrativo: - o estudo indica que, maioria dos casos, uma campanha de e-mail marketing com apenas um link a uma home page aumente o acesso a páginas de Internet, mas o tráfego pode ser perdido. É mais indicado criar páginas especiais para as ofertas enviadas por e-mail. 

www.harte-hanks.com.br 

.

.

Como aumentar o retorno dos seus e-mails?
.

Ao invés de enviar um único e-mail para uma única lista de e-mails, Segmente a sua lista de clientes. Veja aqui algumas idéias sobre como segmentar a sua lista de clientes para atingir os mercados distintos que existe dentro dela:

Crie uma Lista de Clientes que já compraram um determinado produto ou serviço da sua empresa. Ofereça produtos ou serviços complementares, ou uma nova versão do produto ou serviço já adquirido. 
.
Crie uma lista com os Melhores Clientes (aqueles que já compraram várias vezes) da empresa. Ofereça promoções super especiais, desenhadas apenas para esse grupo. 
.
Crie uma lista de clientes inativos (aqueles que não compraram da empresa nos últimos seis a nove meses). Ofereça uma condição especial para trazer esses clientes de volta. 
.
Crie uma lista de clientes que nunca compraram da sua empresa. Convide-os a experimentar os seus produtos e serviços, e ao fazer isso, ofereça a eles um brinde especial da sua empresa. 
.
Crie uma lista de clientes localizada em uma determinada localização geográfica. Ofereça produtos e serviços que atendam a essas necessidades.

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

FONE: 51 3019 2817

.

sistema de representação comercial e vendas

.L

.

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007, SDR