Sistema de Representação para Representantes Comerciais

dicas da semana 

"CARTAS RECEBIDAS DAS AMIGAS E AMIGOS DO JORNAL N°235"

SEJAM MUITO BEM VINDOS.

.

.

.

CIRO CESTARI - INDL. FIESEL LTDA.
lidero uma grande equipe de representantes e foi graças a eles que acessei o site de vocês e conheci o material que disponibilizam gratuitamente. este site teria que ser muito mais anunciado pelas revistas e jornais, porque é de extrema importância e goza de ampla certificação de qualidade pela equipe de professores que ATESTAM O RESULTADO. queria eM nome de todos lhes agradecer e dar nossos votos de sucesso e nosso muIto obrigado por este BELO trabalho,

Ciro cestari - gcia comercial.

ELIETE FERNANDES QUININO PESSOA
ENTREI NESTE SITE, ACHEI INTERESSANTE E GOSTARIA DE ASSINAR O JORNAL.
OBRIGADA!

DANIELE DE FARIA LOPES
ACHEI BASTANTE INTERESSANTE O ARTIGO "A TEMPESTADE VEM DE ONDE A GENTE MENOS ESPERA". POR ISSO RESOLVI ASSINAR O JORNAL. VOCÊS ESTÃO DE PARABÉNS PELA INICIATIVA E PELO CONTEÚDO DO JORNAL.

PLINIO MATURANO - Ecil Met Tec Ltda.
GOSTARIA DE RECEBER O JORNAL EM MEU E-MAIL.
TENHO LIDO NO COMPUTADOR DE UM AMIGO E GOSTEI MUITO DAS MATÉRIAS.

Carlos Ferreira da Silva
GOSTARIA DE CONHECER O JORNAL.
OBRIGADO.

LUIZ  CARLOS DA SILVA - irmãos soares de tudo para construir
FUI APRESENTADO AO JORNAL POR UM COLEGA REPRESENTANTE, TRABALHO NA ÁREA DE TREINAMENTO DE UMA REDE DE LOJAS DE MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO.

THIENIO
QUERO RECEBER TODOS OS DIAS EM NOME DE JESUS!!!

RIBEIRO & BARBOSA REPRES. LTDA
BOM DIA, GOSTARIA DE RECEBER JORNAL.

R R REPRESENTAÇÃO LTDA.
GOSTO DE ME RECICLAR NO ASSUNTO DE VENDAS.

JACKELINE DANTAS DA SILVA
GOSTARIA DE RECEBER SEU JORNAL.

CRISTIANO RIBEIRO DEL´OLMO
SOUBE ATRAVÉS DE UM AMIGO.

ROBSON ITAMAR MOREIRA
GOSTARIA DE COMPARTILHAR DOS ASSUNTOS JORNALÍSTICOS DO SDR.

CLEUDIR JOSE MACHADO
JÁ RECEBEMOS O JORNAL EM NOME DA EMPRESA GOSTARIA DE RECEBE-LO EM MEU E-MAIL PESSOAL.
OBRIGADO!

;

;.

A DIFERENÇA ENTRE VOCÊ E UMa GRANDE EMPRESA,

.

ESTÁ NOS PRINCÍPIOS MORAIS!

.

" PRAS CABEÇAS "

.

.

As grandes empresas ou grupos, são um fenômeno tão poderoso que, inevitavelmente, levantam questões morais. Analisando-os, acabamos sempre por recair na questão "Wannsee". Wannsee foi o subúrbio de Berlim onde os seguidores de Hitler se reuniram para formular o plano para o extermínio dos judeus. A questão é: "pode a colaboração criativa ocorrer para uma causa condenável?" Pode.

.

Os seguidores de Hitler não eram gênios do bem, mas, unidos por uma visão única, embora muito perniciosa, usando a tecnologia e trabalhando com um zelo quase missionário, praticamente destruíram um povo em apenas 3 anos. - Quer seja um grupo que desenvolve a cura para o câncer ou um que cria uma arma para destruir a humanidade, o intenso prazer da colaboração criativa pode causar uma "paralisia moral".

.

Os grandes grupos são tão absorventes que por vezes, enquanto se está  envolvido por eles, se esquece o que está certo ou errado. O físico Feynman conta uma história com uma moral que vale a pena aprender: 

"Quando a bomba-teste Trinity explodiu (5.30 da manhã do dia 16 de julho de 1945, no polígono de Alamogordo no deserto de Novo México - EUA, que foi possível graças ao descobrimento de Albert Einstein, que detalhou o descobrimento em carta enviada em 02 de agosto de 1939 ao Presidente dos EUA Franklin Delano Roosvelt, no qual relatava a recém descoberta "Fusão Nuclear" e sua possível adaptação para fins bélicos), houve uma grande excitação. 

Todos faziam festa. O físico Feynman sentou-se no jeep e batia tambores na lataria, lembra. Bob Wilson se sentou sozinho, cabisbaixo e disse: -  "Fizemos uma coisa terrível". Robert Oppenheimer, líder do time de cientistas que desenvolvia o projeto Manhattan que desenvolvia a bomba trinity, vendo a cena de destruição de dezenove quilômetros que haviam conseguido com os dezenove kilotons da bomba, disse citando uma frase do livro "Bhagavad-Gita" , o livro sagrado do Hinduismo:

.

"Somo inventores da morte, destruidores do mundo".

.

Nesse instante o físico Feynman percebeu o que acontecera a todos esses grandes pensadores, apanhados nas malhas do seu trabalho criativo. Mais tarde explicou:

"O que aconteceu foi que começamos com uma boa razão, trabalhamos arduamente para alcançar algo, e PELo prazer, PELa excitação, paramos de pensar. - uma pessoa pára de pensar."

Mesmo nos grandes grupos, não se deveria pensar tanto que se esqueça de pensar... Aí que radica a diferença entre sua pequena empresa e as gigantes do setor. .

Você pensa no ser humano por trás do balcão, enquanto as gigantes pensam em matar concorrentes, PRENDER consumidores e tornar escravos os clientes. Siga sempre o mercado de perto e ressalte as diferenças desse atendimento e do serviço humanizado.

.

APROVEITE ESSA ENORME VANTAGEM E CONQUISTE CADA DIA MAIS CLIENTES...

.