Como página inicial

Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

.

JORNAL De REPRESENTAÇÃO comercial sdr - EDIÇÃO Nº 000 - 06.12.2002

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

SOMOS TODOS VENDEDORES!!!

 

A primeira vez que eu ouvi "Somos todos Vendedores" foi de meu pai. Eu tinha uns 10 anos, e essa frase me marcou para sempre. A partir daí, eu aprendi que não importasse que tipo de profissão ou posição eu viria a assumir dentro de uma empresa (ou fora dela), eu teria que ter sempre uma ATITUDE de Vendedor. SEMPRE! 

"Cedo ou tarde, nos negócios ou em nossa vida pessoal, nós teremos que vender alguma coisa para alguém. Nestes momentos, todos nós precisaríamos saber como vender um produto, serviço, uma idéia ou nós mesmos". 

Ser Sempre Vendedor, e conseguir inspirar todas as pessoas a sua volta a serem Vendedoras, seja lá qual profissão elas estejam exercendo, produziria uma diferença ENORME na qualidade do relacionamento entre as pessoas em toda a sociedade. - Sabe porquê ? 

  • Porque um bom Vendedor é sinônimo de Pró-atividade. E isso significa SERVIR SEMPRE. 

  • Porque um bom Vendedor é Apaixonado pelo que faz. E isso significa que irá realizar o seu trabalho com EXCELÊNCIA. 

  • Porque um bom Vendedor quer ver as pessoas felizes. E isso significa que irá oferecer apenas o MELHOR para seus amigos-clientes. 

  • Porque um bom Vendedor quer ver seus clientes retornarem para fazer novas compras. E isso significa que ele irá sempre oferecer as mais INTELIGENTES opções de produtos que casam com o perfil do comprador. 

Você diria que essas qualidade de SERVIR, fazer com EXCELÊNCIA, fazer MELHOR e de forma mais inteligente deve se restringir apenas a profissionais de vendas ? Então pense novamente. Do profissional que recebe os seus clientes na porta da sua empresa até o seu presidente, todos são VENDEDORES DA EMPRESA. Todos são responsáveis pelo relacionamento com o cliente. E todos devem vivenciar essa ATITUDE a todo momento. 

Esse é o seu trabalho do dia, da semana, do mês, do ano: "Vender aos seus colegas a idéia de serem VENDEDORES". 

O mundo agradece. 

QUEBRA TUDO ! 

Ricardo Jordão Magalhães 
Fundador 
ricardom@bizrevolution.com.br 

 

 AS CARTAS DE AGRADECIMENTO

 ARTIGO I - "Ambição e Ética - Stephen Kanitz.

 RESUMO DE NOTÍCIAS

 ARTIGO II - "As Pessoas Adoram Comprar" - Sr. Prof. Eduardo Botelho.

 DICAS DA SEMANA

 ARTIGO III - Capital Intelectual- Sr. Prof. Marco A. Ferreira Viana.

 REFLEXÃO DO SDR

 ARTIGO IV - "O  Que Aprender" - Sr. Prof. Peter Drucker.

 PIADAS

 

 

 

AS CARTAS DE AGRADECIMENTO DA SEMANA: 

 

Recebemos semanalmente muitas assinaturas e pedidos de CD's, e metade delas vem com cartas. Gostaríamos de publicar todas elas, para lhes mostrar nossa alegria, por ter cada um de vocês como leitoras/es e usuárias/os. - Mas, e os artigos, as matérias, as Piadas, as Reflexões ? Então vamos fazer assim, as primeiras 10 cartas serão publicadas e representarão todos os demais, que cheguem na semana? Ta bom assim? Todos conformes, felizes ? O maior abraço do Oiapoque ao Chuí, e de Manaus a Vitória, para todos vocês, 

ZENI FRANCISCO MONTEIRO
Tomei conhecimento do Jornal agora. Acho fantástica a iniciativa de termos um veículo dirigido a Representações.

VINHOS MARSON LTDA
Desejo receber suas informações.

LUIZ ANTONIO TAMANINI
Maravilha de informações e dicas constam no SDR. Será um imenso prazer continuar recebendo. 
PROVER REPRESENTAÇÕES LTDA

MICHELI VALMORBIDAD (SEBRAE)
É bom!

JOSÉ AUGUSTO PINHEIRO DOS SANTOS
É muito gratificante para nossa categoria, ter alguém com a visão de vocês, e que o Jornal tem.
Muito obrigado.

MARCIA KAZUKO MAEDA
Sou Gerente comercial da Empresa Willy Serviços e tenho interesse em receber matérias sobre a área de vendas.

EDILENE MARIA DE OLIVEIRA ARAÚJO
ACHEI SUPER INTERESSANTE AS DICAS DA SEMANA. QUERO CONTINUAR RECEBENDO. PARABÉNS PELO CONTEÚDO.

ALESSANDRO LIMA
Excelente a atuação do SDR no sentido de qualificar e adaptar o empresário e colaboradores nas tendências atuais da administração.
Obrigado e continuem fortes. 
Alessandro, administrador. 

NILZA CERVERA BARBA DOS SANTOS
GOSTO MUITO DAS MENSAGENS,ISTO ME AJUDA A REPENSAR E QUESTIONAR-ME, ESTÁ AJUDANDO EM MINHAS MUDANÇAS INTERNAS (PESSOAL, PROFISSIONAL, ETC...) 

GIRO REPRESENTAÇÕES
Acho muito interessante algum material voltado ao representante, pois nossa categoria é muito desunida e na verdade muito à-toa diante de novos acontecimentos.


Vocês que são maravilhosos em nos dar esta oportunidade, e queremos que sempre, nossa humilde contribuição os motive, enriqueça e ilumine no dia a dia, porque essa é nossa recompensa.


Equipe do SDR

 

 

 

" AMBIÇÃO E ÉTICA "
Stephen Kanitz

 

Ambição é tudo o que você pretende fazer na vida. São seus objetivos, seus sonhos, suas resoluções para o novo milênio. As pessoas costumam ter como ambição ganhar muito dinheiro, casar com uma moça ou um moço bonito ou viajar pelo mundo afora. A mais pobre das ambições é querer ganhar muito dinheiro, porque dinheiro por si só não é objetivo: é um meio para alcançar sua verdadeira ambição, como viajar pelo mundo. No fim da viagem você estará de volta à estaca zero quanto ao dinheiro, mas terá cumprido sua ambição. 

As pessoas mais infelizes que eu conheço são as mais ricas. Quanto mais rico, mais infeliz. Nunca me esqueço de um comentário de uma copeira, na casa de um empresário arquimilionário, que cochichava para a cozinheira: "Todas as festas de rico são tão chatas como esta?" "Sim, todas, sem exceção", foi a resposta da cozinheira. 

De fato, ninguém estava cantando em volta de um violão. Os homens estavam em pé numa roda falando de dinheiro, e as mulheres numa outra roda conversavam sobre não sei o que, porque eu sempre fico preso na roda dos homens falando de dinheiro. 

Não há nada de errado em ser ambicioso na vida, muito menos em ter "grandes" ambições. As pessoas mais ambiciosas que conheço não são os pontocom que querem fazer um IPO (sigla de oferta pública inicial de ações) em Nova York. São os líderes de entidades beneficentes do Brasil, que querem "acabar com a pobreza do mundo" ou "eliminar a corrupção do Brasil". Esses, sim, são projetos ambiciosos.

Já ética são os limites que você se impõe na busca de sua ambição. É tudo que você não quer fazer na luta para conseguir realizar seus objetivos. Como não roubar, mentir ou pisar nos outros para atingir sua ambição. A maioria dos pais se preocupa bastante quando os filhos não mostram ambição, mas nem todos se preocupam quando os filhos quebram a ética. Se o filho colou na prova, não importa, desde que tenha passado de ano, o objetivo maior. 

Algumas escolas estão ensinando a nossos filhos que ética é ajudar os outros. Isso, porém, não é ética, é ambição. Ajudar os outros deveria ser um objetivo de vida, a ambição de todos, ou pelo menos da maioria. Aprendemos a não falar em sala de aula, a não perturbar a classe, mas pouco sobre ética. Não conheço ninguém que tenha sido expulso da faculdade por ter colado do colega. "Ajudar" os outros, e nossos colegas, faz parte de nossa "ética". Não colar dos outros, infelizmente, não faz. 

O problema do mundo é que normalmente decidimos nossa ambição antes de nossa ética, quando o certo seria o contrário. Por quê? Dependendo da ambição, torna-se difícil impor uma ética que frustrará nossos objetivos. Quando percebemos que não conseguiremos alcançar nossos objetivos, a tendência é reduzir o rigor ético, e não reduzir a ambição. Monica Levinski, uma insignificante estagiária na Casa Branca, colocou a ambição na frente da ética, e tirou o Partido Democrata do poder, numa eleição praticamente ganha, pelo enorme sucesso da economia na sua gestão. 

Definir cedo o comportamento ético pode ser a tarefa mais importante da vida, especialmente se você pretende ser um estagiário. Nunca me esqueço de um almoço, há 25 anos, com um importante empresário do setor eletrônico. Ele começou a chorar no meio do almoço, algo incomum entre empresários, e eu não conseguia imaginar o que eu havia dito de errado. O caso, na realidade, era pessoal: sua filha se casaria no dia seguinte, e ele se dera conta de que não a conhecia, praticamente. Aquele choro me marcou profundamente e se tornou logo cedo parte da ética na minha vida: nunca colocar minha ambição na frente da minha família. 

Defina sua ética quanto antes possível. A ambição não pode antecedê-la, é ela que tem de preceder à sua ambição. 

Publicado na Revista Veja edição 1684 ano 34 no 3 de 24 de janeiro de 2001  

Sr. Prof. Stephen Kanitz

Consultor de empresas e conferencista, vem realizando seminários em grandes empresas no Brasil e no exterior. Já realizou mais de 500 palestras nos últimos 10 anos. Mestre em Administração de Empresas pela Harvard University, foi professor Titular da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Criador de Melhores e Maiores da Revista Exame, avaliou até 1995 as 1000 maiores empresas do país. Atualmente dirige sua própria empresa, a Kanitz & Associados, especializada em criar projetos sociais para empresas, como o Prêmio Bem Eficiente e o site voluntarios.com.br. Sua experiência como consultor lhe rendeu vários prêmios: Prêmio ABAMEC Analista Financeiro do Ano, Prêmio JABUTI 1995 - Câmara Brasileira do Livro e o Prêmio ANEFAC. É Membro Efetivo do Conselho de Administração da ANIMEC (Associação Nacional de Investidores do Mercado de Capitais) e Membro do Conselho Consultivo do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e da Semp Toshiba. É também árbitro da BOVESPA na Câmara de Arbitragem do Novo Mercado.

 


RESUMO  DE  NOTICIAS  "

03.12.2002    AO    06.12.2002


ECONOMIA
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Se prevalecer a posição defendida pelo vice-presidente eleito, José Alencar, o BNDES será exclusivamente voltado às empresas nacionais durante o governo Lula. "Não é xenofobia", disse Alencar ao Valor, para argumentar que as multinacionais têm muitos recursos disponíveis lá fora. "Precisamos que elas venham crescer conosco, não às nossas custas".

A relativa estabilidade do dólar nas últimas semanas está reduzindo as pressões que marcaram as negociações entre o comércio varejista e seus fornecedores em novembro. Os pedidos de aumento de preços provocados pela alta do dólar diminuíram, especialmente no caso dos alimentos - que formam o principal grupo responsável pela alta recente da inflação.

O McDonald's entrou recentemente no mercado e já abriu 30 cafeterias em suas lanchonetes no Brasil. A grife americana Starbucks já anunciou que tem interesse em desembarcar no país, enquanto as italianas Illy e Lavazza passaram a exportar os seus "blends" para o mercado brasileiro. Outras redes locais, como o Fran's Café ou a Casa do Pão de Queijo, também expandiram-se nos últimos cinco anos. - O Café do Ponto, que abriu sua primeira cafeteria em 1976 e foi pioneiro neste mercado no país, deixou de inaugurar novos pontos desde que a torrefadora brasileira foi adquirida pela americana Sara Lee, em 1998. - A pausa acabou. Daqui para frente, a rede pretende voltar a ativa e disputar mais espaço no mercado. Para 2003, estão previstas 24 inaugurações, o que representa um crescimento de quase 30% na rede de cafeterias. As lojas também terão uma novo lay-out. A primeira a ser reformada foi a do shopping paulistano Morumbi, em maio. Nesta semana, a safra de inaugurações inicia-se com a abertura de uma loja no shopping Higienópolis, também em São Paulo. 

MERCADO INTERNO

No próximo ano, a Lexmark tem entre suas metas ampliar sensivelmente o número de revendas espalhadas pelo Brasil. “Devemos dobrar o número atual de revendedores até o final de 2003”, afirma Roberto J. Torok, vice-presidente e gerente geral para a América Latina da empresa. Atualmente, a empresa possui cerca de 1,2 mil revendas ativas.

Uma nova maneira de lidar com materiais excedentes foi encontrada pela Alpargatas, empresa do setor de calçados. A idéia foi colocar os produtos à venda no Excesschannel, canal de comercialização online para esse tipo de mercadoria, criado pela Boucinhas & Campos Consultores. - Atualmente, a companhia está negociando lotes de matéria-prima - couros e napas, linhas, etiquetas laminadas, passadores e acessórios - para o setor têxtil e calçadista. "Temos boas expectativas de fechamento para esses leilões. Os resultados estão saindo melhor do que esperávamos", afirma Eduardo Assis, gerente de compras da Alpargatas.

Criada no início deste ano, a RMG Comercial chega agora ao mercado com sua grande aposta: uma cachaça com padrão premium, destinada aos bebedores apaixonados pelo produto brasileiro no mercado internacional. Em um trocadilho com o nome da empresa, está sendo apresenta a distribuidores de todo o mundo a GRM - Gosto Requintado Mundial. Um dos principais atrativos do produto é a embalagem, muito mais próxima do padrão de uísques e licores finos do que o da cachaça tradicional. Em garrafas transparentes de 750 mililitros, o produto tem direito até a rolha de vidro. - A bebida, que está sendo produzido em Araguari, no Sul de Minas, recebeu investimentos de R$ 350 mil no desenvolvimento, manufatura e distribuição, por enquanto para um seleto grupo de apreciadores. São duas versões: a "amarela", armazenada em barris de carvalho, e a "branca", mais jovem, acondicionada no cobre. - A grande jogada de marketing feita para o produto até o momento foi sua apresentação, em outubro, no Salon International d'Alimentation de Paris, maior feira do gênero na Europa. "Distribuidores de todo o mundo interessaram-se pelo produto e estamos agora fechando esses contatos para começar a exportar", adianta Gonçalves. A meta da RMG é comercializar 150 mil litros em 2003, a maior parte fora do Brasil.

O que você espera de um produto chamado ZERO-CAFÉ? ou de outro chamado ZERO-VENENO? Que tal um chamado ZERO-SAL? Em uma eleição, o que são ZERO-VOTOS? Pergunte a um marido, ou esposa, se há alguma diferença entre pouco sexo e ZERO-SEXO. - Em todos os casos acima os nomes levam a crer que os produtos não tenham café, veneno, sal... ou votos (vamos deixar o sexo fora disso). Afinal, uma coisa que tem "zero" de algo (pelo menos foi assim que aprendi no ensino fundamental) tem "nada" desse algo. - Por isso é surpreendente que uma empresa como a DM Farmacêutica tenha a coragem de continuar a fazer anúncios de seu adoçante ZERO-CAL. A DM Farmacêutica, para quem não se lembra, é a mesma que teve que retirar o fortificante Biotônico Fontoura do mercado, por ordem da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), por conter álcool etílico (o produto atual tem o mesmo nome, mas outra formulação). - Com o ZERO-CAL o problema está no nome, não na fórmula. Um adoçante chamado ZERO-CAL teria que ter... quantas calorias? Zero. Mas não é o caso. - Pegue somente 350 gramas de ZERO-CAL e coloque na mesa. Olhe para ela e veja, nessas 350 gramas de ZERO-CAL, pelo menos 1.000 calorias. Você não leu errado. Somente 350 gramas de ZeroCal têm mil calorias. O nome, então, poderia ser MIL-CAL.

Apesar de traçar um cenário conservador para a economia brasileira em 2003 - crescimento magro de 1% no Produto Interno Bruto (PIB) -, o grupo Votorantim projeta para si uma expansão superior a 17% na receita líquida. A meta é dar um salto dos R$ 9,38 bilhões que estima neste ano para o patamar de R$ 11 bilhões. Esse resultado não contempla a área financeira, operada pelo Banco Votorantim, nem parte da futura receita da fábrica de cimento que está em fase final de aquisição no sul dos Estados Unidos. 

O Itaú anunciou ontem ao mercado a compra de 99,99% do maior banco de montadora do país, o Banco Fiat, por R$ 897 milhões. O ágio sobre o patrimônio líquido da instituição foi de R$ 462 milhões. Segundo a Fiat, o pagamento será feito integralmente em dinheiro.

Uma vez consolidada a estratégia para o mercado externo, para onde já destina 40% da sua produção, a Goodyear vai se concentrar agora no mercado de reposição, onde a fidelidade do consumidor sempre foi um ponto fraco. O potencial desse mercado é alto: as vendas de pneus no mercado de reposição representam o dobro do que compram as montadoras. Vão somar 20 milhões de unidades neste ano e podem crescer 10% em um ano e meio, segundo projeções do presidente da Goodyear no Brasil, Eduardo Fortunato. - "Você sabe a marca dos pneus do seu carro?", questiona Fortunato, na sua primeira entrevista a um jornal brasileiro desde que assumiu o cargo, há dois anos e meio. Ele já sabe a resposta. Ninguém presta atenção na marca dos pneus do veículo que dirige, embora seja esse mesmo motorista o responsável pela compra dos próximos cinco quando os originais se desgastarem.

MERCADO EXTERNO

 

INFORMÁTICA

A ControleNet anuncia a disponibilidade de um novo gravador externo de CD-R/RW da Sony, que pode ser utilizado por clientes de PCs e Macs. A empresa destaca que o equipamento permite realizar a gravação de CDs em menos de dois minutos, através da conexão USB 2.0, contando com velocidades de 48x para leitura, 40x para gravação e 12x para regravação de dados.

A Cisco Systems inicia a venda do Roteador de Acesso Móvel Cisco Série 3200, dirigido a aplicações em veículos que funcionam através de redes sem fio. De acordo com a empresa, o lançamento, que dispõe de conectividade sempre ativa, gera maior mobilidade para redes que contam com dispositivos de comunicação implementados em aviões, navios e trens.

A Samsung, fabricante de celulares, monitores, TVs e videocassetes, promove durante o mês de dezembro a campanha Check-Up Gratuito, para conserto gratuito dos aparelhos. A promoção inclui também produtos fora da garantia. Segundo a fabricante, a iniciativa está na quarta edição e a revisão dos equipametos é feita nas assistências técnicas na mesma hora. A meta da empresa é atender 5 mil clientes.

A maioria dos consumidores acredita que criar cópias digitais como backup é um direito, sugere uma pesquisa anunciada ontem (02) pelo GartnerG2. Os analistas descobriram que 82% dos consumidores entrevistados nos Estados Unidos acreditam que esse direito é legal. Uma ausência desses direitos vai impactar de forma negativa na distribuição de mídia on-line em três a cinco anos, afirma o relatório. - 

A indústria fonográfica mundial, desesperada com a forte queda na venda de discos nos últimos anos, tem apertado o cerco contra a pirataria. O mais novo antídoto adotado pelas multinacionais, uma proteção anticópias que na teoria impede qualquer tipo de reprodução do CD, já está causando controvérsia entre consumidores e gravadoras.
A EMI foi a primeira empresa no Brasil a adotar o sistema. Os discos do Tribalistas (do trio Arnaldo Antunes, Maria Monte e Carlinhos Brown), dos Paralamado Sucesso ("Logo Caminho") e o ao vivo do Exaltasamba chegaram ao mercado com uma tarja impressa avisando "que aquele produto não será passível de cópia". A partir daí, o que se viu foi uma sucessão de trapalhadas e equívocos. - Em primeiro lugar, a tecnologia adotada pelas gravadoras não é totalmente eficiente. O usuário não consegue copiar o CD num PC, mas pode conseguir em um computador Macintosh. Além do mais, um grupo de usuários já descobriu como driblar a proteção da indústria num computador comum - basta pintar com uma caneta própria para CDs a estreita faixa de dados mais próxima à borda. - Outro problema tem irritado vários consumidores: em alguns aparelhos de toca-discos de carros, o CD com este tipo de mecanismo simplesmente não toca. "Esse não é um dispositivo anticópias e sim anticonsumidor", afirma o jornalista Paulo Eduardo Neves, que lidera uma frente contra o sistema anticópia, em seu site Samba & Choro (www. samba-choro.com.br).

Em um estudo realizado com 100 executivos de tecnologia de grandes empresas norte-americanas, o banco de investimentos The Goldman Sachs Group verificou que 39% dos participantes haviam desenvolvido o sistema operacional de código-fonte aberto, Linux, para alguma aplicação. A pesquisa realizada em outubro e divulgada na segunda-feira (02/12), indica que a utilização do Linux já está além dos tradicionais servidores de impressão, e-mail, Web e dos desktops, avançando em tarefas mais críticas nos ambientes de mainframe, data center, servidores de aplicações e bancos de dados. 

A rede varejista Wal-Mart Brasil começa a vender neste mês computadores da marca Tekneo, fabricados em Manaus com o sistema operacional Linux e preços a partir de R$ 1.558. Os equipamentos usam processadores VIA C3 e a distribuição Linux escolhida foi a Linux Insigne, em português. 

Disposta a reduzir custos com o volume de impressão, a General Motors, em agosto deste ano,iniciou um projeto piloto para o gerenciamento terceirizado de impressão na área de compras. Logo em seguida, a iniciativa foi estendida para o departamento administrativo. - A Lexmark, por meio da EDS, foi contratada por um período de três anos, que podem ser renovados. Participaram da concorrência Xerox a HP. “Consideramos a solução, qualidade e preço”, diz Mauro Pinto, CIO (Chief Information Officer) da GM para o Mercosul.

Extrair, transformar e carregar dados são atividades freqüentes no mundo de Business Intelligence. Mas se realizadas desordenadamente, atrapalham o direcionamento e conclusão dos negócios corporativos. Por isso as ferramentas de ETL – para extract, transform e load, respectivamente – atuam como instrumentos facilitadores, economizando tempo, manutenção e gerenciamento de dados. 

TELEFONIA

Um estudo da Universidade de Zurique apresentado ontem mostra que a atividade do cérebro é modificada durante e depois da exposição às ondas eletromagnéticas dos telefones móveis. - O Instituto de Farmacologia e Toxicologia da Universidade suíça mediu a atividade cerebral das pessoas expostas aos raios emitidos pelos celulares antes de dormir e durante o sono. Uma exposição de 30 minutos aos campos eletromagnéticos com a metade da potencia máxima permitida por lei é suficiente para modificar um encefalograma. Além disto o fluxo de sangue no cérebro aumenta durante mais de meia hora depois da exposição à radiação, mas a duração do sono não é afetada.


A entrada em operação da Telemais, uma das chamadas espelhinhos, foi marcada para o próximo dia 2 de fevereiro de 2003. O local escolhido para o pontapé das operações é a cidade de Lajeado, no Rio Grande do Sul, onde vivem 60 mil pessoas e já existem 19 mil linhas telefônicas instaladas pela Brasil Telecom. - A escolha de Lajeado não se deu por acaso, explica Charles Frewen, presidente da operadora. O mercado para serviços de telecomunicações na região é, em primeiro lugar, muito promissor e continua muito mal atendido por força de uma situação de monopólio a favor da Brasil Telecom, uma das chamadas “incumbents” surgidas no processo de privatização das antigas operadoras estatais. - O cronograma da Telemais, até maio de 2003, é, além de Lajeado, ativar a sua rede em outras 10 cidades com menos de 100 mil habitantes e, ao final do mesmo ano, cobrir inteiramente sua área de concessão que inclui outras 58 cidades do mesmo porte. Ao todo serão 69 cidades nos estados de Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

 

O "RESUMO DE NOTÍCIAS", é baseado em levantamentos realizados pela equipe do SDR, e apresenta os tópicos mais importantes para que você, fique por dentro dos principais acontecimentos que sua profissão exige. - Este serviço de CLIPPING (resenha de informações), é a metodologia utilizada para assessorar 100% das principais autoridades, desde Presidentes da República, Diretores, Gerências e agora VOCÊ, e queremos que possa estabelecer o vínculo entre os assuntos expostos e suas estratégias, como forma de prestigiar seu TEMPO. - Os endereços abaixo, representam as fontes que diariamente consultamos ou enviam noticias, e são ao nosso entendimento, as mais fidedignas e neutras, como a seguir:

 

" AS PESSOAS ADORAM COMPRAR "
Sr. Prof. Eduardo Botelho

 

As pessoas adoram comprar, e quanto mais compram mais se sentem realizadas e felizes. Todos os dias as lojas e os shoppings ficam cheios de gente que "vai babando" até lá... só para comprar. 

Há pessoas que, quando estão na fossa, se recuperam comprando - principalmente as mulheres. Elas, então, se realizam comprando o máximo que puderem. 

Quantas pessoas que você conhece bem não gostam de comprar? Por que comprar é tão agradável e gostoso? Porque o ato de comprar nos dá uma sensação maravilhosa de poder, e todos nós, seres humanos, vivemos querendo nos sentir poderosos. Por isso, comprar é tão importante e realizador. Quando estamos comprando, nos sentimos donos do mundo. 

Mas, se isso é verdade, por que vender é tão difícil? Quem será que complica e toma difícil algo tão importante, agradável e realizador? Será o comprador? Claro que não, pois, para ele, comprar é um ato maravilhoso. Então, o que podemos concluir? Concluímos que quem complica mesmo é o... vendedor. É isso mesmo: quer você goste, quer não, a verdade é essa mesmo, nua e crua. 

Responda a estas indagações:

  • Quantas vezes você entrou em uma loja que possuía o que você queria e, apesar de ter dinheiro, saiu sem comprar ?

  • Quantas vezes uma empresa ou uma pessoa precisou comprar e não conseguiu ?

  • Quantas vezes você já tentou comprar de uma empresa e desistiu ?

  • Quantas vezes você viu um anúncio em algum lugar, interessou-se pelo produto, mas não conseguiu ser atendido e comprar ? 

Eis um exemplo. Outro dia eu quis comprar um novo telefone celular. Liguei para uma multinacional e solicitei: "Por favor, me informe os endereços de três lojas autorizadas perto de minha casa onde eu possa comprar um celular". A atendente me deu três endereços. Fui às três lojas, e nenhuma delas vendia telefone, apenas equipamentos. Liguei de novo para a empresa e expliquei o que havia acontecido. A funcionária do serviço de atendimento ao cliente (é uma ironia) me respondeu: " Ah, eu não sei. Aqui diz que eles vendem". 

Será que vender é realmente tão difícil quanto dizem ou, na realidade, somos nós, vendedores, que na maioria das vezes metemos os pés pelas mãos e complicamos tudo? É claro que existem vendas mais complicadas que outras. Mas será verdade que vender é sempre difícil ? 

Então, por favor, me responda: 

  • Quantos ótimos vendedores você conhece ? 

  • Quantos você conhece que sabem realmente trabalhar e convencer alguém que gosta de comprar a comprar ? 

  • Quantos você conhece que estudam e se atualizam sempre ?

  • Quantos você conhece que estão sempre evoluindo e aprendendo a vender cada vez melhor ? 

Se recebermos o cliente ou formos até ele lembrando que com aquela compra ele irá se realizar e se sentir poderoso e feliz, será que não teremos outro comportamento? Afinal, nós estaremos ajudando-o a se sentir bem. 

A maravilhosa profissão de vendedor tem este poder fantástico: fazer com que o cliente se sinta feliz e realizado graças a nós. Por que o desperdiçamos? 

Acredito que isso acontece porque a maioria de nós não vai aos clientes para lhes gerar lucros e satisfação, mas para tirar deles o que for possível, sem se importar se isso é ou não interessante e bom para os clientes. "Sendo bom para mim, tudo se justifica", muitos pensam. Resultado: o cliente, que quer e adora comprar, acaba dificultando o trabalho do vendedor porque este não está voltado para ele, cliente, mas apenas para si mesmo, suas necessidades, suas metas ou prêmios. 

O que estou afirmando e concluindo é que, se formos aos clientes voltados para eles, focados neles, teremos todas as facilidades para realizar nosso trabalho, pois, para eles, comprar é ma-ra-vi-lho-so! Se nos voltarmos para nós mesmos, complicaremos e dificultaremos tudo. Aí está por que vender é tão difícil, quando deveria ser algo simples e agradável. 

 

Pense no seguinte: por que os clientes que querem comprar fogem do vendedor, se escondem dele ou mentem para ele? Porque têm medo dele. Por que isso acontece? Porque o cliente não acredita que o vendedor vá servi-lo, mas servir-se.

 

Comprar é maravilhoso. Vender é muito mais !
 

Sr. Prof. Eduardo Botelho 

Consultor e diretor do IPEB - Instituto Profissionalizante Eduardo Botelho

www.eduardobotelho.com.br/ E-mail: botelho@eduardobotelho.com.br
Professor e profissional de vendas há 44 anos, há 13, Eduardo Botelho atua como consultor comercial e conferencista requisitado por empresas de todo o Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos. Hoje, aponta em seu currículo o pioneirismo de ter lançado diversos livros sobre vendas, negociação e motivação, é o fundador do Instituto Profissionalizante Eduardo Botelho, única escola de vendas no Brasil, é consultor e bolsista da Universidade de Nova York, membro da Câmara Americana de Comércio, além de dirigir uma empresa especializada em recrutamento e seleção de profissionais de vendas. Autor de 17 livros, entre eles, "O Vencedor", "Você quer ficar rico?" e "Make Money", Eduardo Botelho foi colunista do jornal O Estado de São Paulo, durante seis anos, e apresentou o Programa Conversa Inteligente, transmitido pela Rede Vida, em 2000. Atualmente é articulista de várias publicações especializadas.

 

" DICAS DA SEMANA "
Equipe do SDR

Marketing no Pedágio
Em São Paulo, um corretor de seguros construiu o seu negócio ao pagar o bilhete para o próximo carro atrás do seu na fila do pedágio. Ao passar pelo pedágio, o corretor pagava por seu bilhete e o do próximo carro, e pedia para o atendente entregar o seu cartão de visitas para o motorista felizardo. Alguns dias depois, o corretor recebia uma telefonema de agradecimento, e uma esperança concreta para realização de futuros negócios.
Sr. Prof. Ricardo Jordão



Tenha Presente...
Tenha sempre presente que a pele se enruga, o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos... Mas o que é importante não muda; a tua força e convicção não têm idade.
Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio. Enquanto estiveres viva, sente-te viva. Se sentes saudades do que fazias, volta a fazê-lo. Não vivas de fotografias amarelecidas... Continua, quando todos esperam que desistas.
Não deixes que enferruje o ferro que existe em ti. Faz com que em vez de pena, te tenham respeito. Quando não consigas correr através dos anos, trota. Quando não consigas trotar, caminha. Quando não consigas caminhar, usa uma bengala. Mas nunca te detenhas!!!
Sra. Prof. Madre Teresa de Calcutá



Entendendo a internet sem fio 
Embora recente, a popularização da internet através das iniciais "www" (world wide web) já está ocasionando mudanças e contribuindo para o surgimento de novos paradigmas no mundo inteiro sob o ponto de vista social, econômico e político. 

Sob a palavra de ordem "acesso à internet que promove o espaço visual junto com o desenvolvimento da tecnologia de transmissão móvel", muitas empresas encontram-se diante do desafio da nova tecnologia chamada de internet sem fio e as oportunidades que ela oferece. 

Embora não se disponha, ainda, de um estudo sistemático que possa dar uma definição certa do que venha a ser o wap, ela poderá vir a ser definida como se segue: - " WIRELESS: estado de técnica em que o usuário em movimento, por meio da rede de trabalho sem fio (wireless network), recebe os serviços da internet."
Podem deixar um chope pago, que esta foi forte e ninguém sabia!!! - Eu, o editor


Causo:
Nos enviaram este causo, como sendo verdadeiro, e sem definir se é ou não é verdadeiro, ficamos em dúvida onde colocar ? - Por isso vai aqui mesmo e pelo amor de Deus, não propaguem a título de exemplo, mas é interessante conhece-lo !!! ( A empresa área não é fantasia, capaz!!!)

Uma funcionária da empresa área "Transurubú Lines" diante de um vôo lotado da empresa, que tinha sido cancelado , atendia e tentava resolver o problema de uma longa fila de passageiros. 
De repente, um passageiro irritado cortou toda a fila até o balcão, atirou o bilhete em cima do balcão e disse: - Eu tenho que estar neste vôo. 
A funcionária respondeu: - Senhor, desculpe, terei todo o prazer em ajuda-lo, mas tenho que atender estas pessoas primeiro, já que elas também estão aguardando pacientemente na fila. - Quando chegar a sua vez, farei tudo para poder satisfazê-lo.
O passageiro ficou irredutível e disse, bastante alto para que todos na fila ouvissem: - Você faz alguma idéia de quem eu sou? 
Sem hesitar, a funcionária sorriu, pediu um instante e pegou no microfone, anunciando: - Posso ter um minuto da atenção dos senhores, por favor? (a sua voz ecoou por todo o terminal) 
E continuou: - Nós temos aqui no balcão um passageiro que não sabe quem é, deve estar perdido! Se alguém é responsável pelo mesmo, ou é parente, ou então puder ajudá-lo a descobrir a sua identidade, solicitamos comparecer aqui no balcão da "Transurubú Lines". - Obrigada! 
Com as pessoas atrás dele gargalhando histericamente, o homem olhou furiosamente para a funcionária, rangeu os dentes e disse, gritando: - Eu vou te fud......!!! 
Sem recuar, ela sorriu e disse: - Desculpe, meu caro Senhor, mas mesmo para isso vai ter que esperar na fila...

Nos reservamos o direito de manter oculta a fonte e somente vamos dar as iniciais de quem enviou o causo ( CORINA HERLINGER DE AMERICANA - SP) LINDAS INICIAIS...



TAO-TE-KING (LAO-TSE 500 AC)
"Aquele que conhece os outros é sábio.
Aquele que conhece a si mesmo é iluminado.
Aquele que vence os outros é forte.
Aquele que vence a si mesmo é poderoso.
Aquele que conhece a alegria é rico.
Aquele que conserva o seu caminho tem vontade."

"Seja humilde, e permanecerás íntegro.
Curva-te, e permanecerás ereto.
Esvazia-te, e permanecerás repleto.
Gasta-te, e permanecerás novo."

"O sábio não se exibe, e por isso brilha.
Ele não se faz notar, e por isso é notado.
Ele não se elogia, e por isso tem mérito.
E, porque não está competindo, ninguém no mundo
pode competir com ele."
Sr. Prof. Tom Coelho

 

 

NÚMEROS EM VENDAS 
1,3 milhões de pessoas são consultores de vendas diretas no Brasil, com 80 % concentrada em vendas porta-a-porta, que movimentam mais de 750 milhões de itens. O Brasil tem a 5a. posição no ranking mundial com faturamento de R$ 5,9 bilhões (2001). 

O ranking é formado por: 
1. Japão; 
2. 2. EUA; 
3. 3. França; 
4. 4. Itália. (Dados da ABEVD). 

Estima-se no mundo que as vendas diretas movimentem US$ 85 bilhões (WFDSA).

Evolução das vendas diretas no Brasil:

1999 - R$ 4,6 bilhões com 1,274 milhão de consultores;
2000 - R$ 5,3 bilhões, com 1,164 milhão de consultores;
2001 - R$ 5,9 bilhões, com 1,211 milhão de consultores.
Dados da ABEVD. 

Publicados Pela Varejo Seculo21.

 

" Capital intelectual - Um futuro que já chegou "

Marco Aurélio Ferreira Vianna 
Presidente do Instituto MVC


Peter Drucker, nosso mestre maior, já advertia em 1983 sobre a importância do trabalhador intelectual (knowledge worker). A partir de 1994, com Tom Stewart nos Estados Unidos e Leif Edvinsson na Suécia, a idéia vem ganhando ainda mais força. Afinal de contas, temos que considerar que algumas coisas realmente podem ser consideradas fenômenos de ruptura (breakthrough). 

  • A maior indústria de tênis do mundo, a Nike, não tem fábrica. A livraria de maior crescimento no mundo, a Amazon, não tem um metro quadrado de lojas. 

  • A Lotus foi vendida à IBM por 15 vezes seu valor patrimonial. A Microsoft vale em bolsa 100 vezes o valor do seu ativo tangível. 

  • A filial americana da Nokia fatura 200 milhões de dólares com 5 empregados. 

A verdade é pura e simples. A administração tradicional, aquela do organograma jurássico e burocrático, vem dedicando uma parcela de sua energia, tempo e recurso cada vez menor ao verdadeiro valor das organizações: sua inteligência competitiva ou, usando uma expressão de cunho mais tecnológico, o seu ativo intangível.


Sem a pretensão de englobar todos os cenários, essa matéria tem como objetivo alertar para algumas tendências que tornarão a gestão do Capital Intelectual (ativo intangível ou inteligência competitiva) não só uma ferramenta cada vez mais importante como também, no sentido mais profundo do termo, um novo paradigma deste início do Século XXI. 

 

Empresas de todos os portes, incluindo a miríade de empreendedores que iniciarão seus negócios nessas próximas décadas, deverão incorporar nos seus negócios esta nova maneira de pensar. Contabilizar, administrar, auditar, gerenciar, planejar, organizar, controlar e todos os outros verbos que formam a administração tradicional estarão destinados a apenas 20% do valor real de uma empresa. Permanecer neste caminho será a tática mais rápida para o fracasso empresarial.


As principais tendências que fortalecerão este movimento ficam assim discriminadas:

 

  • 1 - Empresas vão operar cada vez mais em redes (networks) 
    Em progressão geométrica, pequenos núcleos de grandes cérebros serão capazes de criar negócios de grande porte através de sua capacitação de concertação, formação de empresas em rede e desenvolvimento de marca. O ativo tangível destas networks será uma parcela cada vez menor do valor global do negócio estruturado.
    Pergunta Crítica Sobre Capital Intelectual (PCCI): Que rubricas deverão ser incorporadas ao Capital, ao Patrimônio Líquido e ao Ativo da empresa, quando um pequeno grupo de pessoas for capaz de articular lucrativamente centenas de empresas pertencentes a uma mesma rede?

  • 2 - O emprego tradicional tende a diminuir drasticamente 
    Cada vez que "um empregado de carteira" é transformado em terceirizado, mesas, máquinas, tijolos, equipamentos, terrenos deixam de ser contabilizados no Núcleo Central de Operações (NCO) e passam a ser responsabilidade do parceiro trabalhando na rede.
    PCCI: Que efeito sobre a contabilização tradicional deve ocorrer quando um grupo de seres humanos deixa de estar vinculado com fidelidade a uma empresa principal e passa a ser regido simplesmente por um contrato de parceria ?

  • 3 - A flexibilidade de horários será cada vez maior e mesmo o trabalho tradicional será mais ainda feito em casa 
    Com o mesmo raciocínio do item anterior, grandes sedes serão desmontadas com tendência de alto impacto sobre o conceito tradicional do ativo tangível, diminuindo o conjunto de bens físicos de uma organização.
    PCCI: Ao diminuir o tamanho dos seus escritórios, que efeito ocorrerá sobre o patrimônio líquido da empresa? Uma diminuição decorrente da redução destes bens físicos ou um aumento como conseqüência do maior nível de flexibilidade de custos que esta empresa passará a ter ?

  • 4 - Os serviços serão cada vez mais importantes na formação do PIB 
    As previsões podem ser aterradoras, mas devem ser levadas em consideração. Por volta de 2020, nos Estados Unidos, 2% das pessoas estarão produzindo todos os alimentos necessários ao restante da população. Da mesma maneira, outros 2% estarão produzindo todos os produtos físicos de que a nação necessita. Com isso, o trabalhador do conhecimento Druckeriano aumentará cada vez mais o valor agregado à produção, incorporando inteligência e não capital físico aos empreendimentos.
    PCCI: Como contabilizar o cérebro de um trabalhador intelectual ?

  • 5 - Megasoftwares virão revolucionar a organização das empresas 
    Mesmo a parte tradicional remanescente das organizações sofrerá uma brutal revolução, ficando a atividade burocrática humana praticamente zerada.
    PCCI: De quanto aumenta o patrimônio real de uma organização que implanta por exemplo um sistema SAP de modo satisfatório ?

  • 6 - A competitividade - o paradoxo de melhoria da qualidade com diminuição de preços  será uma síndrome permanente 
    Funções divisionalizáveis – RH, finanças, controladoria, orçamento e inúmeras outras – serão incorporadas às unidades de operação, aumentando o valor agregado e diminuindo o patrimônio físico tradicional.
    PCCI: Como serão contabilizadas no balanço patrimonial as novas capacitações de orquestração e descentralização que gerenciarão de forma efetiva e produtiva todos os seres humanos ?

  • 7 - A inovação permanente será um fator crítico de sucesso senão de sobrevivência das organizações 
    Verbas cada vez mais volumosas serão destinadas à criação de novos produtos, serviços, sistemas e processos em um movimento obcecado rumo ao novo.
    PCCI: Quanto valerá a mais uma empresa que consegue efetivamente implementar uma média anual de produtos novos correspondente a 10% sobre o faturamento ?
    8 - Treinamento e aprendizado contínuo, no conceito mais nobre da Organização do Aprendizado (Learning Organization), receberão recursos cada vez mais substanciais como estratégia de enfrentamento do desafio da mudança 
    Cérebros serão desenvolvidos no limite da obsessão através de processos voltados mais ainda para a melhoria de performance, caracterizando claramente um padrão de melhoria contínua, pelo menos em primeira instância, no campo do intangível.
    PCCI: Que diferença patrimonial existe entre duas empresas no mesmo setor quando uma tem uma inteligência competitiva voltada para resultados e outra relega o aprendizado ao estrato teórico do descartável. (Sempre é bom lembrar que, nos modos tradicionais até hoje, o que é gasto em treinamento e desenvolvimento é debitado em custo, gerando efeito direto sobre a diminuição do patrimônio da empresa).

  • 9 - Uma sólida cultura, com o alinhamento de valores e princípios, e a determinação de uma visão compartilhada serão cada vez mais fatores de diferenciação competitiva das organizações 
    James Collins demonstrou em seu brilhante livro, Feitas para Durar, que um dos principais atributos comuns às empresas visionárias com desempenho econômico máximo se constituía na cultura arraigada baseada em fortes princípios específicos a cada organização.
    PCCI: Quanto vale a mais no patrimônio de uma empresa um conjunto de seres humanos que tenham efetivamente um sentido homogêneo de direção ?

  • 10 - Diante das enormes dificuldades do ambiente externo, os talentos humanos serão ainda mais escassos 
    Na eterna lei da oferta e da demanda, estes talentos escolherão a empresa que oferecer o ambiente humano mais propício ao seu desenvolvimento – principalmente os novos executivos da geração X e recompensar de forma mais justa o seu real valor.
    PCCI: Que valor imputar ao capital de uma empresa que foi eleita em pesquisa recente como uma das 10 melhores empresas para se trabalhar ?

  • 11 - No mundo do pluralismo e da multiplicidade, principalmente do comércio eletrônico, deter e alimentar uma marca reconhecida e respeitada será uma estratégia cada vez mais perseguida 
    Esta será das poucas estratégias que permitirão uma saída honrosa para a perversa corrida da competitividade. Com uma forte marca ter-se-ão clientes mais féis que aceitarão pagar um "delta X" de preços. É por isso que a Phillips Morris vale 50 bilhões de dólares em termos de mercado, enquanto seus ativos fixos não ultrapassam 2 bilhões de dólares.
    PCCI: Quanto debitar ou creditar pelo valor de uma marca no balanço patrimonial, principalmente se ela pertencer a uma empresa de médio e grande portes? Até que ponto a fidelidade de um grupo de clientes merece ser incorporada a este patrimônio ?

  • 12 - No mundo da infinitização do comércio virtual a logística com base em forte capacitação informática será cada vez mais um efetivo atributo de sucesso 
    No momento em que do ponto mais distante de um país e do mundo for possível comprar um perfume, um livro, um pão de queijo, e a competitividade exigir custos compatíveis, empresas estruturadas verticalmente ou em rede deverão dominar o fator crítico de sucesso da logística.
    PCCI: Que cálculo deverá ser feito para quantificar o patrimônio embutido na excelência de um sistema logístico, o qual deverá estar muito distante da soma dos valores dos caminhões e computadores contabilizados no ativo fixo desta empresa ?

Em grande resumo, portanto, não temos pela frente um novo estilo de administração e muito menos um modismo. Entra-se em um novo paradigma claramente reforçado por estas 12 tendências conceituadas que mudarão a maneira de construir, consolidar e desenvolver organizações de qualquer porte. 

 

Por isto, o conceito do capital intelectual e do ativo intangível da inteligência competitiva deverá ser disseminado até para os jovens que se formarão entre os empreendedores do futuro. Neste novo milênio vão valer acima de tudo a agregação de valor e a geração de riqueza contidas nos cérebros das pessoas. 

 

Vale então uma instigante pergunta crítica sobre capital intelectual final: se 20% do seu pessoal de comando, especificamente aquele pertencente ao estrato de maior inteligência, capacitação e comprometimento com a cultura de sua empresa, forem contratados pela concorrência, quanto o seu contador abaterá do seu patrimônio líquido no dia seguinte? 

 

 

Sr. Prof. Marco Aurélio Ferreira Vianna

Presidente do Instituto MVC

 

Marco Aurélio Ferreira Vianna - Presidente do Instituto MVC - M. Vianna Costacurta Estratégia e Humanismo. Consultor, desde 1965, em Planejamento Estratégico, Motivação, Energização, Desenvolvimento de Capital Intelectual e Universidades Corporativas. Já atendeu a 890 empresas, em mais de 20 países. Escreveu 32 livros. Ganhou vários prêmios nas áreas de Planejamento Estratégico e Recursos Humanos. Eleito personalidade brasileira de Recursos Humanos, pela ABRH Nacional. Conferencista Internacional, já realizou mais de 50 palestras em cerca de 20 países. Proferiu cerca de 1600 palestras e conferências. Foi professor do EUROFORUM (Espanha), Instituto de renome no campo da educação corporativa na Europa (1999 - 2001). Palestrante convidado em diversas Universidades como FGV, USP, UFRJ - COPPEAD, UNISINOS - RS, e em inúmeros outros. 

 

 

 

" REFLEXÃO "
Tudo depende de mim

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia-noite.

É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje.

Posso reclamar porque está chovendo... ou agradecer às águas por lavarem a poluição.

Posso ficar triste por não ter dinheiro... ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.

Posso reclamar sobre minha saúde... ou dar graças por estar vivo.

Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria.... ou posso ser grato por ter nascido.

Posso reclamar por ter que ir trabalhar.... ou agradecer por ter trabalho.

Posso sentir tédio com as tarefas da casa...ou agradecer a Deus por ter um teto para morar.

Posso lamentar decepções com amigos... ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.

Se as coisas não saíram como planejei, posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma.

” Tudo depende só de mim."
Charles Chaplin.

 

Enviada por Rui da São Policarpo Representações Ltda de Goiânia (GO)

 

 

" AS NOVAS HABILIDADES DOS PROFISSIONAIS "
Sr.Prof. Peter Drucker


A educação contínua será o setor de crescimento mais importante nos próximos 30 anos. Não espere que as universidades organizem essas novas habilidades para você. - Olhe para seu trabalho e pergunte: 

 

"O QUE PRECISO APRENDER ?"


Quais as novas exigências serão feitas na nova economia emergente? E ela é nova e emergente, embora não tenha se estabilizado ainda. Haverá de 5 a 10 anos de grande turbulência até que isso aconteça, levando em conta os precedentes históricos. De modo que em 10 anos teremos a nova economia. Até lá, temos pelo menos 5 anos, provavelmente mais, de transição. Quais são as exigências que já podemos identificar? Quais são as novas coisas que os executivos terão de aprender, terão de fazer, onde terão de prestar atenção?

O foco é a informação. Pelo fato de que a maior transformação é a transformação na informação. A mudança não está nos instrumentos: a mudança é o fato de a informação estar acessível a todos. E todos esperam por isso. Nossa atitude perante a informação mudou mais do que a tecnologia em si, talvez pelo aparecimento dos knowlwdge workers como força de trabalho crítica.

Se nós aprendemos algo na escola, é como obter informação. É irrelevante se o instrumento para obtê-la é um livro ou um site. Esses são meios para obter informação, não fins.

Não fico impressionado com as informações que meus amigos obtêm. Pelo contrário, fico deprimido. Quanto mais computadores têm, quanto mais dados obtêm, menos informação de fato possuem, porque, sem meias palavras, estão mal direcionados. Estão desorientados com os dados que seus computadores produzem, não com a informação de que necessitam.

 

O computador é como a lista telefônica; é preciso saber o que se procura. A maioria dos meus amigos não sabe e fica lendo a lista telefônica. Isso não é nem divertido nem informativo. A lista é um depósito. É preciso saber o que se está procurando. Ninguém liga para a telefonista para perguntar: "Quem eu deveria procurar?". Mas é assim que a maioria dos meus amigos encara o computador. 

 

Eles esperam que o especialista em informática lhes diga o que eles deveria estar procurando. O especialista em informática é a telefonista no sistema telefônico. Mas o sistema telefônico tem de ser o seu instrumento.

Portanto, é importante fazer a si mesmo a seguinte pergunta: "De quais informações eu preciso para realizar o meu trabalho?". Não é uma pergunta simples. E posso dizer outra coisa: no final, você acabará com informações sobre o que está fora da instituição, que são no mínimo tão importantes quanto as informações sobre o que está dentro. E dessas informações você não dispõe. Ninguém dispõe. 

  • De quais informações preciso? 

  • De quem? Quando? 

  • Com que freqüência? 

  • De que forma? 

  • Não hesite em procurar colegas e dizer: "Quais informações vocês esperam de mim" ? 

Eles lhes dirão. Não de imediato. É uma pergunta nova. Terão de pensar a respeito. Mas não tente adivinhar, pois irá adivinhar errado. Pergunte. Mas, quando souber as informações de que necessita, procure aqueles de quem você precisa obtê-las. É uma pergunta difícil, mas crucial.

A informação é o único instrumento de que você dispõe. Essa é a exigência mais premente e mais importante. Mas a 2ª não é menos importante. Em uma sociedade e uma economia em que o conhecimento é o recurso fundamental e mais caro, a educação contínua é do que nós mais precisamos. Em um mundo de habilidades como foi o nosso durante milhares de anos, as habilidades mudavam muito lentamente.

Sempre digo que meu nome, que é holandês, significa "impressor". Meus ancestrais foram tipógrafos em Amsterdã durante 250 anos, do início do século 16 a meados do século 18. Durante todo esse tempo, não tiveram de aprender nada. Todas as habilidades tipográficas necessárias já haviam sido desenvolvidas em 1510, nos primeiros 50 anos após o primeiro livro impresso. Novas habilidades só foram surgir no século 21. No que diz respeito ao conhecimento, nem preciso dizer. As coisas mudam a cada seis semanas, a cada três meses, a cada ano.

A educação contínua será o setor de crescimento mais importante que teremos nos próximos, digamos, 30 anos. - Isso está realmente começando. Não espere que as universidades organizem isso. Você tem de aprender a olhar para si e para seu trabalho e perguntar: "Será que eu preciso voltar a aprender para usufruir os plenos benefícios dos meus pontos fortes e competências?" e "O que eu preciso aprender, agora que essas coisas mudaram?". De modo que a educação contínua e boa parte dela são algo que temos de incorporar em nossa vida e em nosso trabalho.

Mas uma última coisa a ressaltar é que você tem de assumir duas novas responsabilidades. Uma é a responsabilidade pela informação. Tanto para si como para a empresa. E a outra é a responsabilidade pelo seu próprio aprendizado contínuo. 

 

Não esperem que alguém lhe diga do que precisa. É sua obrigação. Pergunte: "O que eu preciso aprender para continuar adquirindo novas habilidades, novos conhecimentos, novos relacionamentos, novos hábitos e, assim, crescer e me desenvolver mais depressa do que o meu cargo, mais depressa do que a economia, mais depressa do que a sociedade do conhecimento?". Essas são as implicações de ação. 

Sr. Prof. Peter Drucker

Peter Ferdinand Drucker, nascido em 1909, na Áustria, é o principal pensador empresarial e da Administração neste século. Poucos duvidam disso.(...) mesmo na faixa dos 80 anos, Drucker produziu uma obra muito abrangente. Escreveu praticamente sobre tudo que os executivos fazem, pensam e enfrentam.(...) Drucker analisava, 30 anos atrás, as implicações de o conhecimento passar a ser sinônimo de poder e propriedade. Ele tem mostrado repetidas vezes um admirável poder de anunciar situações futuras.

O ápice da obra de Drucker é formado por dois livros extensos e brilhantes: The Practice of Management (1954) e Management : tasks, responsabilities, practices (1973). Ambos possuem um alcance enciclopédico e são completos em sua perspectiva histórica. Mais do que qualquer outra obra, abrangem a essência do pensamento e da prática da Administração. A autoria de livros tem sido suplementada por uma carreira discreta de professor universitário e esporádicas atuações na área de consultoria. (...) tornou-se professor de Administração na Universidade de Nova York, em 1950 – a primeira pessoa em qualquer parte do mundo a possuir tal título e ensinar tal disciplina.

A maior conquista de Drucker reside em identificar a Administração como uma disciplina humana e desvinculada do tempo.(...) "Administração significa tarefas e é sinônimo de disciplina , mas também significa seres humanos", escreveu. " Toda realização da Administração é também a realização de um dirigente. Todo o fracasso representa o fracasso de um dirigente. As pessoas administram, não as forças ou os fatos. A visão, a dedicação e a integridade dos gerentes determinam se existe uma administração ou um mau gerenciamento." (...) Porém, embora a administração seja a ciência universal, isso não significa necessariamente que sejamos muito bons em praticá-la ou que estamos nos aperfeiçoando em sua aplicação. "Na verdade, muito pouco tem mudado até agora. A maioria das organizações está sendo administrada de modo muito similar ao que eram quando comecei a estudá-las pela primeira vez."

(...) "Para se formar organizações de sucesso, você deve substituir poder por responsabilidade". O apelo para que os executivos assumam responsabilidades é um fio de coerência que atravessa 60 anos de trabalho produtivo. "Os gerentes são responsáveis pelos resultados e ponto final."

 

 

" PIADAS "


Aposto 5 reais que bebo um copo de cuspes ?
A que não ...?
A que sim ... ?
Aposto 10 pilas, vou pegar o copo!!!
Os guris pegam o copo, enchem ele de cuspes, babas e todo tipo de fluidos bucais, e uma vez cheio dão para ele beber ...
O guri apostador, começa e 1 minuto depois para ...
Vês que não podes beber tudo, agora perdeste!!!
Nada disso, não terminei ainda, é que tem alguns que tem que mastigar antes de engolir!!!


Ia um bêbado pela praia, quando aparece do fundo do mar um cara metade peixe metade homem.
O bêbado grita assombrado: - UM SERÉIO!!!
E o cara devolve: - Bêbado filho da P.., me ajuda que um tubarão está me engolindo!!!

O casal estava no sofá, assistindo TV.
A mulher diz: Fulano, faz 20 anos que estamos casados e nunca tens me comprado nada!!!
E o folgado responde: - Mas nem sabia que tu vendias nada!!! 


Oração dos adoratrizes do Tempo da Internet dos Primeiros dias...
Satélite nosso que estás no céu, acelerado seja teu link,
Venha a nós teu hipertexto,
Faça-se tua conexão, no real como no virtual,
Dai-nos hoje nosso download de cada dia,
Perdoa nosso café no teclado, assim como nós perdoamos aos nossos Provedores,
Não deixeis cair nossa conexão,
Livrei-nos de todo vírus,
E-mail

 

Outras maneiras de evitar a dengue

1 - Quando ficar com água na boca, faça gargarejo! Não deixe a água da boca parada, pois este é o ambiente ideal para o mosquito que sempre se mete onde não é chamado. 

2 - Se você tiver piscina em casa, faça um revezamento com sua família de modo que fique sempre alguém dentro dela, fazendo bolhas e ondas artificiais. Piscina parada é o ambiente ideal para um mosquito de férias. 

3 - Não saia de casa com o cabelo molhado! Água parada no couro cabeludo é o ambiente ideal para o mosquito com problemas psicológicos, que pensa que é piolho. 

4 - Seja em jogos de futebol ou tribunais, nunca molhe a mão do juiz, principalmente se ele for um parasita! 

5 - Se você pensa que cachaça é água, o mosquito da dengue também pensa! Portanto não deixe sua pinga parada em qualquer lugar! Bebida parada é o ambiente ideal para o mosquito alcoólatra.

6 - Verifique se o radiador do seu carro não possui rupturas por onde o mosquito possa passar. Água de radiador parada é o ambiente ideal para mosquitos que gostam de uma boa sauna. 


7 - Quando fizer sexo, mantenha movimentos ritmados e constantes até o final do ato. Não pare nem pra mudar de posição, pois xo.... molhada parada é o ambiente ideal para o mosquito tarado. 

8 - Nunca coloque gelo nos galos da sua testa. Primeiro porque gelo não cura chifre, segundo, porque o mosquito da dengue adora uma água geladinha! 

9 - Se você estiver no carro e começar a chover, ligue imediatamente o limpador de pára-brisa! Água parada no vidro do carro é o ambiente ideal para o mosquito que gosta de aventura. 

10 - Não acesse sites de sacanagem! A grande quantidade de baba que fica acumulada no teclado forma o ambiente ideal para o mosquito internauta! 

Enviada por Corina Herlinger  da Aços Vilares  - Americana (SP)



A mulher chega no bar com o marido e senta de frente para um sujeito que balança a cabeça para o lado, como se estivesse fazendo sinal para ela.
Ela disfarça, olha para um lado, olha para o outro, volta a olhar o sujeito, e ele continua. Até que a mulher se irrita e conta para o marido. Ele com ar de machão vai até o cara e pergunta: - Você está fazendo sinal para minha esposa?
O cara responde: - Eu não! É que eu tenho um cacoete e fico sempre balançando a cabeça!
O marido volta a perguntar: - Você nunca apanhou por causa disto?
E o sujeito, com a maior cara de sacana, responde: - - Apanhar já apanhei. Mas em compensação o que eu já ganhei de mulher...

 


A família comia tranqüilamente quando de repente a filha de 10 anos comenta tristemente: - Tenho uma má notícia.....! Não sou mais virgem! E começa a chorar visivelmente alterada, com as mãos no rosto e um ar de vergonha.
Um silêncio sepulcral...... e então os pais começam com acusações mútuas...
O pai inicia: - Você, sua filha da P... (dirigindo-se à mulher) ! Isto é por você ser como é! Por se vestir como P... barata e se arreganhar para o primeiro imbecil que chega. Claro, com este exemplo que a menina vê todo dia........
E você (apontando a filha de 25 anos) que fica se agarrando no sofá e lambendo aquele filho da P... do teu namorado que tem jeito de viado. Tudo na frente da menina!
A mãe não agüenta mais e revida gritando: - Aaaahhhhhhh, é isto ? E quem é o imbecil que gasta metade do salário com as P... e se despede delas na porta de casa ? - Pensa que eu e as meninas somos cegas ?
E além disto, que exemplo pode dar se desde que assinou esta maldita TV a cabo, passa todos os finais de semana assistindo filmes pornô de 5ª ?
Desconsolada e a beira de um colapso, a mãe, com os olhos cheios de lágrimas e a voz trêmula pega ternamente na mão da filhinha e pergunta baixinho: - Quem fez isso ? - Conta para mim...
A Professora Fulananinha Mãe, que me tirou do presépio onde eu era Virgem Maria.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

.

SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO, VENDAS E SERVIÇOS SDR

.

o sistema sdr já inclui NO PREÇO o uso em rede ilimitado sem custos extras E não tem taxa de manutenção mensal. a única taxa que o sistema sdr tem, é a anuidade de R$:120,00 para efeitos de suporte e atualização, com vencimento em março de cada ano (2007 bonificada).

.

 

.

.

caso deseje alterar ou cancelar sua assinatura, clique no link a seguir:

ALTERAR ASSINATURA

.

.

ÓTIMO TRABALHO E ATÉ A PRÓXIMA EDIÇÃO!

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Clique aqui para nós enviar um e-mail

.

INDIQUE SEU TEMA  ..-  ENVIE-NOS SUA OPINIÃO

.

Av. Caçapava 425 - sala 03 - Petrópolis -  Porto Alegre (RS) - BRASIL cep: 90460-130

 FONES: 51 -  3019 2817  -  FAX 51 3333 3553

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007 - SDR