Como página inicial

Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

.

JORNAL De REPRESENTAÇÃO comercial sdr - EDIÇÃO Nº 160 - 20.01.2003

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

a história de um pescador

PROF. GRETZ

.

Esta história é contada por meu pai, Roberto Herbert Gretz, em seu livro "As preocupações e as soluções". É verdadeira e passou-se em Itapeva (interior de São Paulo) quando a cidade ainda tinha o nome de Faxina.

Um homem chamado Antônio Rodrigues gostava muito de pescar, e também de mascar fumo e de cuspir. Tinha uma vara de taquara com uns sete metros de comprimento, um barbante amarrado e um enorme anzol de pegar bagre. Era barbante mesmo, porque nesse tempo não havia por lá outro tipo de linha para pescar.

Antônio chegou ao rio Taquari para pescar os bagres que iria vender na manhã seguinte, na praça da cidade. Calçando chinelos, levava com ele um velho balaio, um cesto de taquara, uma latinha com minhocas, um facão na cintura para afugentar as onças e um enorme cigarro de palha de milho, que ele ia tragando e cuspindo na água do rio.

Os peixes iam ficando atordoados com o gosto do fumo. Assim ficava mais fácil para ele fisgar os peixes e os pernilongos fugiam dele por causa da fumaça daquele fumo de corda.

Antônio colocou uma minhoca no anzol e começou a pescar. Fisgou o primeiro bagre e colocou no cesto que estava pendurado no galho de uma árvore. Logo pegou outro e mais outro e mais outro, e completou doze bagres.

Ele cantava de alegria, sem perceber que aquele cesto tinha sido roído por um rato e estava com um buraco no fundo. O peixe que ele ia colocando no cesto saia pelo fundo e depois voltava de novo no anzol.

E assim ele pescou o mesmo bagre doze vezes! Pensou que tinha pescado doze peixes, mas quando terminou a pesca ele só tinha um. Os onze primeiros eram sempre o mesmo, pois, ao que tudo indica só havia um bagre naquele rio.

.

.

MORAL:

.

Se não estivermos atentos, avaliando o resultado do nosso trabalho a cada momento, todo o esforço pode tornar-se inútil por causa de um pequeno detalhe, como o furo no fundo do cesto.

.

PROF. GRETZ.

...

Viabilização de Talentos Humanos

.
Rua Rui Barbosa 670 sala 701 - 88025-301 Florianópolis - SC
Tel.: 048-228-0668 / 048-228-0808 Fax: 048-228-6207

 

 AS CARTAS DE AGRADECIMENTO

 ARTIGO I - " GENTE, ONTEM TIVE UM SONHO" - EQUIPE DO SDR. 

 RESUMO DE NOTÍCIAS DO 17.01.2003 AO 21.01.2003

 ARTIGO II - " FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO " - SR. PROF. L. A. COSTACURTA

 DICAS DA SEMANA

 ARTIGO III - "10 DICAS PARA VOCÊ NEGOCIAR MELHOR" - SR. PROF. MÁRCIO MIRANDA.

 REFLEXÃO DO SDR

 ARTIGO IV - " SERÁ VERDADE ? " - SR. PROF. LUIS MARINS - Ph.D.

 PIADAS

 

 

.

.

CARTAS DO JORNAL 159

.

Lhes conto que no fim de semana,  estava na minha praia particular (um pé numa bacia com areia e o outro num balde com água salgada), enquanto preparava as "Diquinhas da Semana", e eu louco para tomar um chimarrão, levantei e salvei o arquivo errado, com o número anterior e apaguei. SIMMMMMM!!! APAGUEIIIIII!!! Louco de fúria, sentei e justo chegou um e-mail... E eu louco de raiva!!!  E este é o e-mail que recebi:

.

JOSÉ LUIZ GASPARINI
Quando não da tempo para ler o Jornal SDR durante a semana, tiro o domingo de manhã para poder ler todas as mensagens que são de muita motivação e de bastante informações para o nosso dia a dia. 

Obrigado por nos dar essa oportunidade. 

.

Maldade! Eu estava com raiva! - Depois de ler, refiz sorrindo o arquivo em pouco tempo, porque a motivação do reconhecimento no trabalho, ao igual que acontece com toda funcionária/o de empresa, é FUNDAMENTAL!!! 

É isso aí. Vai Internet, nos junta com essa gente fantástica. Vivam as novas comunidades que intercambiam carinhos, e que ajudam na continuidade. Obrigado a todos...

.

ALCEBÍADES SILVA - (PIF-PAF ALIMENTOS)
Acabei de receber um e-mail de uma amiga com o Jornal anexado. 

Numa olhadela de apenas 5 minutos fui correndo para a caixa de assinaturas. - Achei fantástico.

 

NELSON RIBEIRO
Tenho enviado constantemente o jornal aos meus amigos, de nossa área ou não. E todos tem elogiado este trabalho que vcs vem desenvolvendo em prol de nosso aprimoramento pessoal e profissional.
As informações contidas neste jornal, muito nos ajuda a mantermos sempre motivados a difundi-las cada vez mais, e buscando mais pessoas para fazer parte desta grande família \"SDR\".
Abraços à todos por esta feliz idéia, que já algum tempo vem nos estimulando, e nos ensinando através das experiências de grandes e ilustres companheiros.


CREN MARTINELLI ( PICCADILLY )
Olá, recebi uma indicação de uma amiga e gostaria de me cadastrar para receber o Jornal do SDR. 

Obrigada, Cáren

.

ADILSON APARECIDO DA SILVA ( PFIZER )
A empresa em que trabalho (PFIZER) muito se dedica ao DESENVOLVIMENTO de seus GERENTES, para justamente atuarmos como ESTRATEGISTAS frente a nossa FORÇA DE VENDAS. 
Gostei muito do artigo \"PESSOAS QUEREM CARREIRA E NÃO TRABALHO\" do SR PROF. RICARDO JORDÃO.

...

WCL REPRESENTAÇÕES RUBENS - (VILA VELHA - ES)
Acompanho o Jornal do SDR a muito tempo e gosto muito dos artigos publicados. 
Tem sido muito úteis na minha vida profissional. Obrigado.

EVERTON ( ALPHAKOUROS )
Estou muito grato por estar recebendo mensagens deste excelente jornal, porque estou colocando em prática todos os dias.
Continuem firmes este ótimo trabalho que estão realizando e conto com vocês sempre.


RAIMUNDO DE CASTRO DANTAS FILHO
Excelente a dica da semana sobre como estimular seus funcionários. 

Com certeza haveremos de receber inúmeras dicas e as assimilaremos, como iremos fazer com estas.
Grato

KETI G. R. FERNANDES
Meu nome é
Marcelo Ito (mito@..............) e sou eu que estou indicando o Jornal SDR, para esta minha amiga que também trabalha com representantes e terá, como eu, mais uma fonte de informação e inspiração.


SUELI / GALEAZI COBRANÇA (GALEAZI METAIS)
OS BISCOITOS - Este artigo é exatamente como eu sou...- Irei tenta lembrar toda vez que envolver- me em situações semelhantes.


ANGELI RAQUEL RAPOSO LUCENA
Li um e-mail de vocês no trabalho e achei sensacional! Vocês conseguem me motivar e erguer minha cabeça. Por isso quero receber o jornal no meu e-mail!
Valeu Pessoal!!!

JOSE CACILDO VASCONCELOS SOUZA
Sou consultor de empresas no Espírito Santo e escrevo uns artigos para um jornal. Utilizo com bastante proveito profissionalmente falando.

Obrigado.


SUELI MARIA BRITTO ( RODA MATRIZES LTDA)
Recebi pela 1ªvez o e-mail do seu jornal e amei. Adoro reflexões, enfim o conteúdo no geral me agradou. Parabéns .Su

CAROL MELLO (HS TECNOLOGIA LTDA)
Conheci esse site através de um amigo e fiquei maravilhada. Gostaria de ficar recebendo sempre!!!

JOÃO CARLOS MARTINS DOMINGUEZ
Fiquei conhecendo o site hoje, mas pelo pouco que vi foi o suficiente para querer ver mais e toda a semana.

 

ANDERSON GOMIDES SILVA - ACNielsen do Brasil
Achei esse site muito importante, pois dá umas dicas legais para o dia-a-dia de trabalho.
Parabéns


Um grande abraço a todos e muito obrigado, sinceramente muito obrigado



Equipe do SDR 2003

..

.

.

.

" GENTE EU TIVE UM SONHO "
MARTHIM LUTHER KING

Nosso querido Prof. Gilclér Regina, cita seguidamente a história desse líder fantástico que o universo nos deu, e mais precisamente se refere a que ele começava todos seus discursos com essa frase... "Gente eu tive um sonho"... 

.

- E eu também tive o meu... - Sonhei que acordava hoje, preparava um chimarrão e sentava no computador para lhes contar o que tinha sonhado... - E foi tão real o sonho que muitos de nós teremos a clara visão de que isto nos acontece realmente com todas as nossas Representadas, sem exceção...

..

Pois é, com um pouco de vergonha alheia, eu lhes digo que sonhei que todos os Gerentes; Comerciais,  Financeiros, Administrativos, Diretores e Proprietários das nossas Representadas, se davam conta do valor inestimável da sua equipe de vendas e resolviam  começar a respeitar-nos de hoje em mais, abrindo mão do costume viciante e marginal (nos termos da lei me refiro) de sempre descarregar em nós Representantes, o elo mais fraco da corrente, as culpas pelas falhas internas das suas gestões.

..

Eu sonhei que partir desta data, para todo pedido enviado pelos Representantes Comerciais ou Vendedores, e recebido pelas empresas Representadas, seria adjudicado o valor real do comissionamento, pelo exato valor do Pedido "VENDIDO" e não pelo valor "FATURADO"...Salvo aquelas exceções de clientes sem condições de crédito.

..

Eu sonhei que isso iria acontecer porque os membros da empresa, estavam acordando com uma nova chance na vida, assim como por milagre ou reencarnação, e que a partir deste sonho, se esforçariam para ser pessoas mais justas, mais honestas, mais recíprocas, mais compreensivas e carinhosas com sua gente.

..

Eu sonhei que todos esses membros das nossas Representadas, estariam a partir de hoje aproveitando esta oportunidade para enxergar dentro de si mesmos, e começariam a por ordem na casa da Mãe Fulana. - Se era crescimento que precisavam, porque abrir mão daqueles valiosos 12% que deixavam de faturar, apenas por falhas Logísticas, Produção, Comunicação Interna, ou péssima distribuição das cotas comerciais para cada Representante e Vendedor, o pela falta de uma coordenação entre todos os setores envolvidos e comprometidos com responsabilidade Profissional... ?

.

Doze por cento ? E ninguém faz nada ? Somente porque as Lideranças não vêem que quem paga essa diferença é o Representante e Vendedor, que não recebe sua comissão integral que lhe é de direito ? - Ou porque como não chega a ser analisada a perda, (os defeitos próprios, são sempre os mais ocultos), as Empresas deixam por isso mesmo ? - Ou será porque os CLIENTES, tão somente se queixam ou reclamam com o Representante e Vendedor, que a "PRATELEIRA ALUGADA" está com um espaço 12% vazio...?

.

Gente, eu sonhei que uma simples reunião, daria começo a uma mudança gigante, onde nós Representantes e Vendedores, poderíamos começar a receber essa parte que hoje nos é confiscada, apenas se as Representadas, tivessem a humildade de reconhecer que não são infalíveis, e se seus colaboradores internos, pudessem fazer as contas, de quanto representa essa perda para todos, em termos anuais.

.

Não pensem que a frase de Marthim Luther King, pelo simples motivo de agradar-me, foi colocada, não... Foi porque no sonho as situações são umas, ao igual que nos desejos, mas na vida dura e real, este meu sonho, que é o sonho dos mais de 500.000 Representantes Comerciais e dos muitos milhões de Vendedores, irá demorar muito a se tornar real, que nem estão demorando em desaparecer os sentimentos racistas... 

.

Eu sonhei, que os empresários gostam mais dos seus Representantes do que do dinheiro...será que era apenas mais um sonho... Mera coincidência a história do Prof. Gretz, "A HISTÓRIA DE UM PESCADOR", mas seria bom, começar a ver onde deixamos nossos peixes...

.

PS: - Peço para que algumas das pessoas que me lêem, se sintam a vontade e desaprovem a contundência desta tremenda verdade, porque como diz nosso querido Prof. Dr. Luis Marins:  

.

"Toda unanimidade é burra".

.

.

.

.

RESUMO  DE  NOTICIAS  "
17.01.2003    AO    21.01.2003


ECONOMIA
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SEMANA QUE VEM VÃO SER MULTADAS A GERDAU, E MAIS DUAS PARCEIRAS, QUE MANTINHAM EM 2000, 93% DO MERCADO DE VERGALHÕES. INFORMAÇÃO DO CADI...

O Brasil começou a colher a safra de verão 2002/03 de milho e soja. A colheita ainda é pequena mas já pressiona o mercado da soja. No caso do milho, os preços continuam firmes porque há disputa pelo produto das primeiras colheitas.

Globo.com e CEF abandonam projeto para financiar PCs. - Segundo Juarez Queiroz, CEO da Globo.com, o programa foi por água abaixo por diversos motivos: durante o ano passado, o País foi vítima do desastre do apagão, seguido da explosão das taxas de juros e do dólar.
( É isso aí, vamos financiar Industrias diretamente sem intermediários e ajudar elas com diminuição de impostos, para enriquecer nosso Povo com um dos instrumentos de maior valor agregado ao intelecto e que permite a entrada a maior fonte de conhecimento, que é a Internet.)

Várias empresas brasileiras ajudaram suas matrizes norte-americanas a maquiar balanços para esconder prejuízos. De acordo com uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, Xerox, Adelphia, Millennium Financial, Max Internet e Enron foram algumas das companhias que usaram suas operações e bens brasileiros para maquiar seus balanços norte-americanos. - O jornal cita os exemplos da Adelphia Communications (comunicações a cabo), que durante dois anos inventou mais de 15 mil assinantes no Brasil, e a Xerox, que contabilizou, nos balanços de 1997 a 2000, valores maiores que os efetivamente cobrados de seus consumidores no Brasil e custos financeiros inferiores aos de mercado. 
(ÉTICA E RESPONSABILIDADE - LINDO EXEMPLO!!!)

Um BNDES voltado para a promoção da produção e da exportação agradou aos inúmeros empresários presentes à cerimônia de transmissão do cargo de presidente para o economista Carlos Lessa. A maioria dos industriais ouvidos pelo Valor rechaçou a idéia de que o banco voltará a ser um hospital de empresas. Lessa disse em seu discurso que é papel do banco evitar o sucateamento de companhias em dificuldades se considerá-las estratégicas. - O conceito "banco-hospital" também ganha força ao considerar a proposta de abandonar o atual critério de análise de risco para dar crédito, buscando apoiar projetos que dão emprego. "O banco terá o bom-senso de examinar caso a caso e tem equipe competente para distinguir o joio do trigo", disse Murilo Passos, diretor superintendente da Bahia Sul, empresa do grupo Suzano.

A prostituição promete entrar na pauta do Congresso Nacional. Enquanto o deputado federal Fernando Gabeira (PT-RJ) tenta pôr os holofotes em um assunto coberto pela sombra do preconceito, buscando regulamentar por lei a profissão ainda neste ano, os holandeses analisam pela primeira vez os resultados de lei similar em vigor há dois anos. Desde então, bordéis obedecem a normas administrativas e de higiene, e as chamadas profissionais do sexo pagam impostos. - Documento de 53 páginas preparado pelo WODC, centro de pesquisas internacionais relacionadas à área criminal, a pedido do Ministério da Justiça da Holanda, e obtido com exclusividade pelo Valor, mostra que, a despeito das melhores intenções do governo, o resultado está longe de atingir os objetivos esperados: diminuição do tráfico de mulheres, menores e imigrantes ilegais.
(Ganharemos carteira assinada, será ?)

O principal objetivo da equipe econômica, neste momento, é criar condições para que as taxas de juros caiam o mais depressa possível, afirmou ao Valor o ministro do Planejamento e Orçamento, Guido Mantega. Para isso, completou, "temos que recuperar o mais rapidamente a confiança". - O dado mais relevante para o restabelecimento da confiança é a relação dívida/PIB. Mantega indicou que, para o primeiro ano do governo, manter a dívida em 55% do PIB, como está hoje, ou ainda um pouco mais baixa, é bastante razoável. "Com isso o risco-país cai, a pressão cambial cai, a pressão inflacionária cai e os juros podem cair". Também não se pode contar já com crescimento econômico alto. O crescimento este ano poderia ser entre 2,5% e 3,5%, e no próximo ano, 3,5% ou 4%, diz ele.

Embora bem abaixo da média histórica, o fluxo de capitais privados para o Brasil deve dobrar em 2003. Em termos líquidos - ou seja, descontadas as saídas de recursos - o país recebeu US$ 7 bilhões no ano passado. Neste ano, o saldo positivo deverá atingir até US$ 14 bilhões, segundo estimativa feita ontem pelo Institute of International Finance (IIF) - espécie de federação internacional dos bancos.

Nos últimos dez anos, a consciência da população brasileira em relação ao meio ambiente aumentou. O número de pessoas que não são capazes de identificar um problema ambiental em sua cidade ou bairro caiu pela metade. Mais de 50% da população, desde 1992, prefere diminuir a poluição, mesmo que isso signifique gerar menos empregos. Para parte significativa desses cidadãos, as florestas, rios e animais brasileiros são as maiores vantagens ambientais do país.

MERCADO INTERNO

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinou um prazo de 60 dias para que os sites parem de oferecer cigarros ou qualquer outro derivado de tabaco pela Web brasileira.

PCWorld.com ganha prêmios em USA. - 1º The Best of the Web Awards, premiação exclusiva para revistas online, teve como vencedores duas publicações do IDG. 

As fabricantes de aço do país, principalmente as de material plano, começam a enfrentar o problema do esgotamento da capacidade de produção. Em 2002, bateram recorde, com quase 30 milhões de toneladas, mas mesmo assim não atenderam a contento os pedidos de clientes internos e do exterior. As exportações subiram em torno de 40%, para 12 milhões de toneladas, e a demanda local acelerou a partir de agosto, levando a reclamações de falta de produtos.

O nome francês chegou a ser interpretado como provocação pelo setor de supermercados. Mas a família Cunha, dona da Prezunic - nome quase idêntico à rede francesa Presunic - garante que não busca o confronto com o Carrefour. A família vendeu 34 supermercados (com as bandeiras Rainha, Dallas e Continenti) para o gigante francês, há três anos, e volta agora com toda a força ao varejo carioca. Como uma cláusula do contrato de venda não permitia esta volta ao setor, a Prezunic é oficialmente dos filhos de Joaquim Cunha, Márcio e Andréa. 

A Varig prevê gerar um caixa de US$ 180 milhões este ano, mas possui um montante de US$ 280 milhões vencendo este ano entre dívidas e juros. O presidente da empresa aérea, Manuel Guedes, explicou que pretende buscar no mercado os US$ 100 milhões restantes para quitar esses vencimentos. Parte dessa dívida de 2003 ainda é resquício dos vencimentos de 2002, que não foram pagos integralmente. 

Mais um passo foi dado para a volta dos eletrodomésticos compactos Enxuta. A fabricação será retomada pela Atlasul, empresa recentemente formada pela fabricante de fogões Atlas e a Cooperativa de Produção Industrial de Eletrodomésticos Caxias Ltda. (Eletrocoop), constituída por 120 ex-funcionários da Enxuta. A nova companhia aguarda a liberação pela Justiça do arrendamento dos pavilhões industriais da massa falida da Enxuta para começar a produzir. A decisão deve sair em fevereiro. A indústria, instalada em Caxias do Sul (RS), deixou de funcionar em novembro de 2001. A falência foi decretada dez meses depois.
( Vamos Gauderiada, Vamos!!!)

A Seara Alimentos, empresa controlada pelo grupo Bunge, vai investir R$ 12 milhões para colocar em operação uma segunda linha de produção em sua fábrica de processados de frango de Itapiranga (SC). A unidade, que produz hoje 8 mil toneladas anuais, passará a ter uma capacidade de 20 mil toneladas/ano para produzir processados de frango como nuggets, cortes temperados e empanados.

A atitude dos clientes em relação aos erros dos advogados está mudando. Desde a Constituição de 1988 aumentou o número de casos de clientes que entram na Justiça procurando reparação moral e material contra advogados que perdem prazos, não prestam conta de seus atos e dão maus conselhos, revelando total negligência. Os clientes são impulsionados a essa atitude diante também de uma menor complacência dos magistrados de tribunais aos erros de seus colegas advogados. Em um levantamento feito pelo advogado Antônio Laért Vieira Jr., sócio do escritório Alves, Vieira, Lopes, Atem & Remer Advogados e Consultores, as decisões de tribunal contrárias aos advogados representam quase o dobro das favoráveis (veja quadro ao lado).

Um lote com 42 mil toneladas de arroz em casca dos Estados Unidos vai desembarcar, em fevereiro, no porto de Paranaguá (PR). As compras foram feitas pelas indústrias de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), que estão sem matéria-prima para beneficiar. Outras 30 mil toneladas estão sendo negociadas pelas companhias gaúchas, com chegada também prevista para o próximo mês no porto de Rio Grande (RS).

MERCADO EXTERNO

O recrudescimento da crise na Argentina, no ano passado, foi um choque nas vendas externas de várias empresas brasileiras. Com uma forte participação no mercado argentino, grandes companhias de calçados como Grendene, Beira Rio e Azaléia começaram a implantar projetos de pulverização das exportações. O resultado foi que essas empresas, mesmo com a perda de um de seus maiores mercados, conseguiram ao menos empatar as vendas externas de 2002 com 2001. Agora, o mercado da vez é o México.

Os exportadores brasileiros de frango pretendem aumentar em 10% suas vendas em 2003. A indústria brasileira de carne suína definiu meta semelhante. Representantes dos dois setores levaram nesta quinta-feira ao governo os resultados de 2002. Os embarques de frango chegaram a 1,6 milhão de toneladas e geraram receitas de US$ 1,4 bilhão. Com esse desempenho, o Brasil passou a deter 31% do mercado mundial e garantiu o segundo lugar na lista de fornecedores. ( Isso aí, vamos mandar os Porcos para fora!!!)

A PSA Peugeot Citroën pretende iniciar no fim de 2003 a exportação do modelo Xsara Picasso produzido na fábrica de Porto Real (RJ) para o México. A marca Citroën está investindo na montagem de uma rede de concessionários para ampliar sua presença no mercado mexicano, que será abastecido do Xsara Picasso exclusivamente a partir do Brasil, segundo o diretor-geral da montadora no país, Pierre Michel Fauconnier.

 
GVT retomou a promoção “Férias em dobro” para o acesso à Internet em banda larga. A partir desta quarta-feira (15/01) e até 28/02 os usuários que assinarem o serviço Turbonet, à velocidade de 256 Kilobits por segundo (Kbps), ganham o acesso dobrado a 512 Kbps. 

O Hospital Sírio Libanês, um dos mais renomados da América Latina, - e que participará do evento “A Tecnologia no Mercado de Saúde no Brasil” - é o primeiro a utilizar a solução i-Condomínio da Trellis, empresa brasileira especializada em tecnologia de ponta para comunicação de dados. O i-Condomínio é uma solução de compartilhamento de acesso à Internet em banda larga para condomínios residenciais e comerciais, hotéis, flats, hospitais, etc, que oferece facilidade de instalação e redução significativa dos custos de acesso em alta velocidade. 

Unimed: nas ondas do rádio. - Com 5 unidades – entre centros de atendimento, hospitais e laboratórios, localizadas na região central da capital paulista, a Unimed Paulistana optou pela implementação de uma rede wireless para integrá-las.

Dois mundos medem o comportamento da saúde no Brasil. Enquanto a qualidade nos hospitais públicos depende do Governo Eletrônico, guarda-chuva do Sistema Único da Saúde, o cenário no setor privado é outro. Os hospitais particulares têm na Tecnologia da Informação uma grande aliada.

Usuário reprova serviços de acesso à Web no País. - Pesquisa conduzida pela Research International no Brasil, a qual o World Telecom teve acesso em primeira mão, identifica que apenas 10% dos usuários de acesso dial-up e 17% dos assinantes de banda larga estão plenamente satisfeitos com os processos de pedido, instalação inicial, utilização e suporte dos seus serviços aos clientes. 

Número de internautas na China saltou 75% em 2002. - Nem o fechamento de milhares de cibercafés e o rígido controle do tráfego da rede por parte do governo local fez com que a quantidade de novos internautas se estabilizasse na China. 

LOS ANGELES (Reuters) - O fabricante de pneus Michelin afirmou que pretende embutir uma tecnologia em seus produtos que permitirá ao motorista saber, por exemplo, a pressão de ar do pneu via transmissão de informações sem fio para o painel do veículo. 

A General Motors anunciou na terça-feira que vai oferecer um serviço de rádio digital via satélite como opcional na maioria de seus modelos de carros e utilitários em 2004. 

Depois de mais de dois anos fazendo um teste aqui e outro alí (com o Banco Real e o Vírtua), a Globo.com decidiu investir pesado no provimento de acesso e na oferta diferenciada de conteúdo, suas metas para 2003. Hoje, a empresa anunciou seus novos serviços de assinatura para banda estreita e banda larga, por preços que vão de 14,90 a 24,90 reais. O destaque fica para o Globo Media Center, o despertar da Globo.com de que todo o conteúdo multimídia que seu braço físico domina poderia render algum dinheiro na internet. Como um pacote à parte e apenas de conteúdo (mas incluso nos demais pacotes de acesso), o Globo Media Center contará com canais ao vivo (o primeiro é o do BBB3, com cinco câmeras exclusivas), vídeos sob demanda e acesso ao acervo histórico da Globo. "Vai dar para ver o último capítulo da Escrava Isaura, quem matou a Odete Roittman ou o homem chegando à lua", promete Frederico Monteiro, diretor de marketing da Globo.com. 

Com 1,4 milhão dos cerca de 3 milhões de usuários pagantes de Internet no Brasil, o provedor UOL ainda não atingiu o ponto de equilíbrio.

A Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio) fará uma proposta de projeto de alteração do novo Código Civil referente à internet. O objetivo é que princípios como contrato eletrônico, propaganda via e-mail e privacidade sejam tratados de forma mais específica na nova lei. Segundo o presidente do Conselho de Comércio Eletrônico da entidade, Renato Opice Blum, o código é falho ao não prever uma série de peculiaridades próprias da era da informação, o que o torna obsoleto e pouco preciso para dirimir os conflitos cibernéticos. A preocupação da Fecomercio é a de mobilizar os empresários em relação ao que muda nas relações comerciais na internet com o novo Código Civil.
INFORMÁTICA

Mais uma opção para quem precisa carregar dados, imagens, vídeos e apresentações para lá e para cá: a IBM lançou no Brasil seu disco rígido portátil, com de 20 GB de espaço. O HD de bolso da IBM mede 7,6 cm x 14,2 cm x 1,6 cm e pesa 241 gramas. Vem com conexão USB 2.0 e, segundo a Big Blue, pode agüentar até 30 GB de dados, quando compactados. O HD 20 GB vem com o software de backup Rapid Restore e custa 1.195,08 reais na loja virtual da IBM (www.ibm.com/shop/br). 

A Câmara-e.net, associação que inclui algumas das principais empresas de TI presentes no país, anunciou esta semana que combaterá as "imposições políticas" com respeito ao uso apenas de software de código aberto na administração pública. - O movimento Coalizão pela Livre Escolha de Software é coordenado por uma organização internacional, a Computing Technology Industry Association (CompTIA) e tem como objetivo, segundo a Câmara-e.net, promover a discussão e "alertar governantes, legisladores e formadores de opinião sobre a necessidade e conveniência de se garantir a possibilidade de desenvolvimento de múltiplas plataformas de software, sem restrições impostas por políticas ou preferências governamentais". 

IDG Now! Nesta quinta-feira (16/01), a Sony Computer Entertainment anunciou que sua linha de games de console PlayStation 2 ultrapassou a marca de 50 milhões de unidades produzidas. 
A produção total dos consoles lançados em março de 2000, no Japão, atingiu 50,03 milhões de unidades na quarta-feira (15/01), sendo que 43% dos modelos eram destinados ao mercado norte-americano, 32% ao europeu e os 25% restantes para os mercados do Japão e da Coréia do Sul. Durante o período do Natal, entre novembro e dezembro de 2002, a Sony informa Ter vendido 8,5 milhões de PlayStations, mundialmente, o que representa um salto de 24% em relação aos resultados de 2001. 

Cartão de crédito armazena 5 GB. - Nova tecnologia de armazenamento promete guardar grandes quantidades com um preço mais baixo em um cartão que cabe na carteira e deve chegar ao mercado ainda em 2003. 

TELEFONIA

A joint-venture entre a Portugal Telecom e a Telefónica Moviles (provisoriamente chamada de Brasilcel) e a Splice concluíram às cinco da madrugada de ontem o acordo para a compra da Tele Centro Oeste Celular (TCO). Com a aquisição, a Brasilcel passa a contar com 16,8 milhões de assinantes. E poderá, assim que concluir a implantação de infra-estrutura CDMA em Brasília, oferecer serviços de roaming digital no quarto maior mercado do país. www.valoronline.com.br

 

O "RESUMO DE NOTÍCIAS", é baseado em levantamentos realizados pela equipe do SDR, e apresenta os tópicos mais importantes para que você, fique por dentro dos principais acontecimentos que sua profissão exige. - Este serviço de CLIPPING (resenha de informações), é a metodologia utilizada para assessorar 100% das principais autoridades, desde Presidentes da República, Diretores, Gerências e agora VOCÊ, e queremos que possa estabelecer o vínculo entre os assuntos expostos e suas estratégias, como forma de prestigiar seu TEMPO. - Os endereços abaixo, representam as fontes que diariamente consultamos ou enviam noticias, e são ao nosso entendimento, as mais fidedignas e neutras, como a seguir:

.

.

.

" FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO "
.

SR. PROF. L. A. COSTACURTA JUNQUEIRA

 

VICE-PRESIDENTE DO INSTITUTO MVC

ESTRATÉGIA E HUMANISMO

.

.

.

.

DE BOAS INTENÇÕES, O INFERNO ESTÁ CHEIO

                  O DISCURSO É ÓTIMO, MAS AS AÇÕES

A TEORIA NA PRÁTICA É OUTRA.
.

.

As três frases têm algo me comum: o fato de os executivos exigirem de seus subordinados comportamentos, habilidades que eles mesmos não praticam.

Isto é particularmente grave pois um dos mais eficazes processos educacionais e/ou mudança é o exemplo. - Se não há exemplo, não há mudança e se estabelece o caos, a manutenção de um status quo, que certamente não costuma ser dos melhores.

Vamos então listar alguns desses comportamentos, habilidades, cobrados pelas chefias, mas não praticados por elas (às vezes punidos quando praticados pelos subordinados):

"Nós aqui vivemos numa democracia, todos podem dizer o que pensam, inclusive pontos de vista contrários à chefia"

 
"Aqui a gestão do tempo é sagrada; reuniões marcadas às 14 horas começam às 14 horas." 
.

"Errar é parte do processo de aprendizado; aqui todos podem errar." 

.
"Na dúvida, erre por ação, nunca por omissão." 

.
"Em nossa empresa o cliente é o rei; o que ele disser ou quiser deve se sobrepor a tudo o que está escrito ou dito na empresa." 

.
"Aqui impera o processo decisório participativo, todos serão ouvidos". 

.
"Em nossa empresa não gostamos de trabalho rotineiro; o negócio aqui é ser criativo." 

.
"Nosso sistema de remuneração permite que você, meu subordinado, ganhe mais do que eu, basta produzir mais resultados." 

.
"Tudo o que eu disser é negociável; sinta-se à vontade para questionar." 

.
"Nessa empresa você terá todas as chances de se desenvolver; aqui os recursos humanos são nosso principal ativo." 


Certamente alguma das frases devem ter parecido familiares. 

 

Lembramos que elas embutem pressupostos perigosos, são idéias que as chefias acreditam, pregam, mas que retratam o que não acontece no contexto empresarial. - Criam expectativas que não serão atendidas, reduzem a motivação e retardam o processo de mudança. - O negócio é fugir delas, se nós executivos não estamos dispostos, realmente, a começar pelo nosso exemplo.
.

.

L A COSTACURTA JUNQUEIRA 
VICE PRESIDENTE DO INSTITUTO MVC 

.

Vice-Presidente do MVC - Instituto Vianna Costacurta Estratégia e Humanismo. Administrador pela FGV. Coordenador dos projetos de Educação Corporativa e Consultoria em Desenvolvimento de Talentos Humanos. Seminários e Palestras nos EUA, Portugal, Uruguai, Aruba e Paraguai. Autor dos livros Negociação: Tecnologia e Comportamento (27ª Edição – 180.000 exemplares), Sr. Presidente: A Culpa é Sua: Desenvolvendo Talentos Humanos (4ª Edição), Administração do Tempo: Um programa de Autodesenvolvimento (7ª edição), Tempo do Executivo: Problemas e Soluções (8ª edição). Co-autor, com Eunice Mendes, dos livros Falar em Público: Prazer ou Ameaça? – (4ª edição) e Comunicação Sem Medo (5ª Edição). Co-autor com Marco Aurélio Vianna em Gerente Total: Administrando com Eficácia a Empresa do Século XXI, (5ª edição). Seu livro mais recente é Cada Empresa Tem o Consultor que Merece – Como Otimizar as Relações entre Clientes e Consultores (co-autoria Célia Marchioni). 
.

Telefones: 11 3171-1645 / 3285-2438 - costacurta@institutomvc.com.br (Luiz Augusto Costacurta / Angélica Stein (SP) - www.institutomvc.com.br

.

.

.

.

" DICAS    DO    SDR"

DARLAN - DAJUGO REPRESENTAÇÕES LTDA - 

Caras/os Colegas, queria lhes passar este anúncio que é muito importante, já que 100% de nós, trabalha com carro, e estamos expostos a roubo do bem... - A Polícia Rodoviária Federal criou um serviço para registro de carros roubados. Assim que você fizer o cadastro do veículo, será enviado um e-mail para mais de 400 locais de blitz da PRF. - Repassem para o maior número possível de pessoas, é muito útil para alguém. http://www.dprf.gov.br  ( clique no botão "ALERTA" ). 

 

SEQÜESTRO RELÂMPAGO NO PORTA-MALAS ?

Se está trancada/o no porta-malas do carro, chute, empurre ou bata por dentro nas lanternas traseiras, que ao caírem, aparecerão aberturas onde poderá passar sua mão, braço ou qualquer roupa, e deve movimenta-la muito, para que o carro que venha atrás, possa ver e chamar a polícia e você ser resgatada/o!

 

SINAL DE LUZ NA ESTRADA AVISANDO QUE TEM RADAR OU BLITZ!!!

Dá multa de quase 1.000 reais!!! - Quando fazemos sinais de luz, nós baita de uns BANANAS, podemos estar avisando um Traficante, um Seqüestrador, um Ladrão, um Pedófilo, etc., ou qualquer meliante, que arrasa com nossas famílias e nossas vidas, que tem uma barreira lá na frente, e que é melhor ele dar volta, assim não pegam, e nos continuaremos a chorar pela falta de segurança, enquanto somos solidários com o crime e incentivamos ele!!! - Campanha do SDR!!! Que também foi estradeiro!!!

 

SOGRA SEQÜESTRADA ?

Avise urgente três dias depois à este e-mail:  vamosfestejarqueasograsumiu@obaaa.aleluia.brrrrrr  

 

 

.

ESTRATÉGIAS MILENARES. 

 

( 9/10/11/12 DE 36 TOTAL )

.

Todos os exemplos apresentados, servem apenas como exemplos primários, e cada um de nós terá sua própria idéia se utilizando destas estratégias, sempre dentro dos preceitos da ética, que é fundamental."

 

Todas as contendas são ganhas pela organização, pelas pessoas e pelo líder, quando aplicam uma boa estratégia e se mantém coesos e em sintonia. - A vantagem competitiva se consegue com bons talentos,  divisão de resultados (lucros, honras (perdas sempre tivemos, nem precisa avisar)), com a melhor posição, com a melhor execução e com inovação. Mas não é a vantagem competitiva ou um simples líder, que determina o sucesso. - São as pessoas em seu conjunto, que trabalham, que ganham as investidas, liderados por éticos, honestos, apaixonados e carinhosos! 

.

ESTRATÉGIA IX

Observar os fogos que ardem no outro lado do rio.
Senta no alto da montanha e observa como lutam os tigres entre si. Provérbio Chinês.- Consiste em deixar que os inimigos briguem entre eles. Tem que se aproveitar as contradições do adversário. 

O estrategista que analisa e planeia cuidadosamente, antes de entrar na contenda, sabe como tirar partido dos seus pontos fortes. - Um bom plano permite antever as melhores alternativas. Uma boa execução transforma as oportunidades em sucessos. - Confunda os concorrentes com a inovação e com a melhoria constante da qualidade. Ninguém se defende da inovação por antecipação.  

. 

ESTRATÉGIA X

Ocultar as intenções atrás de um sorriso.
A pouca prudência das pessoas, vê a bondade imediata de uma situação, sem reparar no veneno que esconde. ( O Príncipe - Nicolau Maquiavel ). - Significa ganhar a confiança do contrincante e atuar somente quando tenha baixado a guarda. - O bom guerreiro é aquele que vence a contenda obrigando o concorrente a entregar-se sem produzir perdas nem danos.
 
.

ESTRATÉGIA XI

Sacrificar a Ameixeira, pelo Pessegueiro. - Perder os chinelos, mas não a vida. - Provérbio verde/amarelo!!!
As vezes tem que se fazer sacrifícios parciais em ares da vitória total, fazendo concessões para conseguir o objetivo principal. - Exige um cuidadoso cálculo de benefícios parciais e globais, assim como ganhos a longo e curto prazo. - É o sacrifício da força de proteção, para conseguir salvar os grossos de uma retirada. Só uma equipe que seja flexível e saiba como adaptar a sua estratégia às circunstâncias, pode ter uma boa defesa. 

.

ESTRATÉGIA XII

Aproveitar a oportunidade para ganhar uma cabra.
Um grão não faz um graneiro, mas ajuda o companheiro. Refrão Espanhol. - Tem que se aproveitar as oportunidades que surgem. Qualquer erro do concorrente deve ser uma vantagem própria. - " Quando o inimigo avança, retrocedemos; Quando se detém, o fustigamos; Quando está exausto, atacamos; Quando se retira, o perseguimos ( Mão Tse Tung).
Nesta estratégia, se explica como minimizar o desgaste que se sofre na investida, já que é a fase mais exposta do combate e a que maior número de baixas produz.

 

PEPSI
Em 1902, o farmacêutico Caleb Bradham pede o registro da marca do refrigerante Pepsi, que produzira na década anterior como medicamento para a " DISPEPSIA ". A partir daí, aposta fortemente na imagem e nos anúncios publicitários e cria diversas fábricas de engarrafamento em USA. Mas nem tudo corre bem e a empresa abre falência por 2 vezes, em 1923 e 1931, mas acaba por recuperar de ambas as crises.
Na década de 70, a Pepsi ganhou muito terreno à Coca-Cola, a líder do mercado da época, na campanha publicitária original denominada " Pepsi Challenge " (Desafio Pepsi), baseada em testes cegos de degustação e escolha da cola preferida. A maioria das pessoas preferiu a Pepsi à Coca-Cola, o que teve como resultado o aumento da quota de mercado da primeira. A Coca-Cola manteve a liderança, mas o exemplo serviu para ela encarar a sua rival como uma concorrente à altura.
O talento da Pepsi na extensão da marca valeu-lhe parte do sucesso que tem atualmente, com uma linha de produtos que incluem a Diet Pepsi, a Pepsi sem cafeína e a Pepsi Twist, entre outras. Celebridades do mundo da moda, como Claudia Schiffer, do mundo da música, como Michael Jackson, do mundo do desporto, como André Agassi, do mundo da informática como o SDR, têm participado em sucessivas campanhas. Ué, vocês não assistiram nossa propaganda não ???

 

A babá de um colega e amigo nos passou esta pérola...

A criança de 4 anos tinha sumido e ela saiu que nem louca atrás. Procurou em toda a casa e nada. Foi para rua, olhou, olhou, saiu para a calçada e viu a criança no colo do vizinho, um ancião bem velhinho, que tinha perdido a esposa, poucos dias atrás...

A babá esperou ele sair, abanou para o vovô e na volta perguntou para a criança o que estava fazendo lá ?

A criança respondeu: - Estava ajudando ele a chorar.

 

INTEL
Fundada em 1968 por Robert Noyce e Gordon Moore, a Intel tinha como atividade principal o desenvolvimento de módulos de memória para computadores, baseados na tecnologia dos semicondutores. No ano seguinte, iniciou um percurso espetacular de inovação e desenvolvimento de produtos, com a introdução do semicondutor denominado SRAM. Em 1970 criou o primeiro semicondutor de acesso dinâmico aleatório — DRAM —, que, dois anos mais tarde, era já o semicondutor mais vendido do mundo. Parte do seu sucesso deve-se ao fato de a IBM ter optado pelos seus microprocessadores para equipar os seus PC.
A luta para ser a primeira a lançar as novidades no mundo dos microprocessadores obrigou a Intel a fortes investimentos, que a colocaram numa situação financeira pouco confortável.
Mas, em 1992, a Intel tinha a liderança mundial de microprocessadores para PC. Perante a ameaça de novos concorrentes, foram tomadas diversas decisões estratégicas, já durante a presidência de Andy Grove, que assumiu o cargo em 1979: redução dos preços dos microprocessadores em cerca de 35%, campanha de promoção agressiva para o microprocessador 486, um produto exclusivo da Intel, aumento do investimento em investigação e desenvolvimento e, sobretudo, em publicidade.

.

"Não basta dirigir-se ao rio com a intenção de pescar; é preciso levar também a rede."

.

DOS AMIGOS - JEAN DE LA FONTAINE
No mundo em que vivemos, a verdadeira amizade não é freqüente. - Muitas pessoas egoístas, esquecem que a felicidade está no carinho desinteressado que brindamos aos demais.
Esta história se refere a dois amigos. Tudo o que era de um, era também do outro; se apreciavam, se respeitavam e viviam em ampla harmonia.

.
Uma noite, um dos amigos acordou assustado. Pulou da cama, vestiu-se com pressa e se dirigiu a casa do outro. - Ao chegar, golpeou ruidosamente a porta e todos acordaram. 

Os criados lhe abriram a porta, assustados e ele entrou na residência...
O dono da casa, que o esperava com uma bolsa de dinheiro numa mão e uma espada na outra, lhe falou: - 
Amigo meu, sei que tu não és homem de sair correndo em plena noite sem nenhum motivo. 

Se vieste a minha casa é porque algo grave te sucede. Se precisas de dinheiro, aqui tens, pega.
E se tiveste um altercado e precisas de ajuda para enfrentar aos que te perseguem, juntos pelearemos. Já sabes que podes contar comigo para tudo.
O visitante respondeu: - Muito agradeço teus generosos oferecimentos, mas não estou aqui por nenhum desses motivos...
Estava dormindo tranqüilamente quando sonhei que estavas intranqüilo e triste, que a angústia te dominava e que me precisavas do teu lado.  O pesadelo me preocupou e por isso vim a tua casa à estas horas. Não podia estar seguro de que te encontravas bem e tive que comprová-lo por mim mesmo.


Assim atua um verdadeiro amigo. Não espera que seu companheiro acuda a ele, senão que, quando supõe que algo lhe sucede, corre a oferecer-lhe sua ajuda.
A amizade é isso: - Estar atento às necessidades do outro e tratar de ajudar a solucioná-las, ser leal e generoso e compartir não tão somente alegrias, senão também os pesares.

"É preciso reeducar as pessoas para que voltem a apreciar mais uma flor do que cimento armado."
(Lorent)

ESCADAS DE BOMBEIROS: A razão para as escadas dos Bombeiros serem em forma de caracol, foi fundamentada pelo princípio de que na época, em que as carroças eram puxadas por cavalos, os mesmos conseguiam subir as escadas retas, mas não conseguiam baixar.

.

.

.

 

- NOVO PROFESSOR -

" 10 DICAS PARA VOCÊ NEGOCIAR MELHOR "
.

 

SR. PROF. MÁRCIO MIRANDA

 

PRES. DA ASS. BRASILEIRA DE NEGOCIADORES

.

.

.

A habilidade de negociar bem é essencial para sua sobrevivência no disputado mundo de negócios de hoje. Com a globalização, downsizing, reengenharia e outras tendências, todos os recursos são muito disputados e vence quem negociar melhor. O processo de negociação pode ser angustiante para quem não conhece as técnicas, mas é extremamente envolvente e apaixonante para os negociadores bem preparados. Para você, profissional atarefada/o, aqui vão 10 dicas práticas de negociação:


1. TENTE NEGOCIAR TUDO
Negociadores de sucesso conhecem bem uma coisa - tudo pode ser negociado! Isto quer dizer que você não deve aceitar nada que seja imposto, deve questionar. A um nível prático, isto significa tentar negociar o valor de uma multa, a diária de um hotel, o preço de uma passagem aérea. Você não pode negociar se não estiver disposto a questionar a veracidade e a firmeza dos pontos de vista de seus oponentes.

Ser assertivo significa pedir o que você deseja e não aceitar o "não" como uma primeira resposta. Comece a praticar uma postura, onde você vai expressar seus sentimentos sem ansiedade ou raiva. Mostre para as pessoas o que você deseja duma maneira amigável, sem ameaças. Veja que existe uma grande diferença entre ser assertivo e agressivo. Você é assertivo quando cuida de seus próprios interesses e diz o que pensa, com educação.


2. TORNE-SE UM BOM OUVINTE
Negociadores são como detetives. Eles fazem perguntas e depois calam a boca. Na maioria das vezes seu oponente vai lhe falar tudo o que você precisa saber - contanto que você fique calado. Aliás, muitos conflitos poderiam ser resolvidos se os negociadores ouvissem melhor. O grande problema é que nunca fomos treinados a ouvir, e sim a falar. Temos uma grande ansiedade em expor nossos pontos de vista, e não conseguimos nos concentrar no que nosso oponente está falando. Duvida? Faça você mesmo um teste. Em sua próxima negociação, veja quanto tempo consegue ficar calado, sem pensar em suas respostas e sem interromper o outro lado ... você ficará surpreso! Quem fala mais dá mais informação. Como uma regra básica, lembre-se da célebre teoria de Pareto. Fale 20% do tempo e ouça os outros 80%. Faça bastante perguntas abertas, aquelas que não podem ser respondidas com um simples "sim" ou "não".


3. PLANEJE
Nunca vá para uma negociação sem fazer sua lição de casa. Existem várias informações que você precisa descobrir antes do início da negociação. Por exemplo: Quais as opções que ele tem? Quais as pressões que está sofrendo? Ele tem uma data limite para resolver o problema? Qual o seu orçamento? Quando você planeja, a tensão e o stress diminuem. O cenário se torna mais familiar, e várias novas opções vão surgindo a sua frente. Você fica mais tranqüilo e confiante para qualquer negociação.


4. PEÇA ALTO OU OFEREÇA BAIXO
Aristóteles Onassis já dizia: Quem pede mais, leva mais. Lembre-se que o encarregado de defender os seus interesses é você. Ou seja, se você não pedir alto, o outro lado não vai ficar com dó e aumentar a oferta. Na prática, o resultado vai ser deste valor pedido ... para baixo. O mesmo raciocínio se aplica se você estiver comprando. Em todas as negociações existe uma gordura de pelo menos 10%. Ela vai ficar com quem for mais ousado e pedir alto ou oferecer baixo. Um lembrete - use esta técnica com cautela se o seu relacionamento com o outro lado for importante e de longo prazo.


5. JUSTIFIQUE SUA OFERTA
Oferecer baixo ou pedir alto não funciona se você não souber como justificar sua posição. Descubra maneiras de mostrar o valor da solução que você está propondo, diferencie sua solução. Saber diferenciar significa conseguir valores mais altos. Veja o exemplo da água mineral francesa Perrier. Ao criar uma grife, a Perrier consegue ser a água mais vendida no mundo inteiro e uma das que consegue o maior preço. Se alguém consegue diferenciar água mineral, certamente você tem elementos para conseguir diferenciar sua posição, não é mesmo?


6. SEJA PACIENTE
Os brasileiros gostam de resolver tudo muito rapidamente. Com a tensão do dia-a-dia, nossa paciência anda muito curta. Computadores parecem lerdos, um comercial na TV é interminável, um semáforo fica fechado para sempre - tudo demora muito. No processo de negociação porém, quem consegue esperar normalmente consegue melhores resultados. Se o outro lado tem pressa e você pode gastar o tempo que for necessário, sua vantagem é bastante grande. Com um bom planejamento, você não vai ter que lutar contra o relógio em sua próxima negociação. Você precisa de paciência e tempo para negociar bem.


7. NÃO ACEITE A PRIMEIRA OFERTA
Se você aceitar uma primeira oferta de seu oponente, ele sempre vai ficar com a sensação que fez um mau negócio, que poderia ter conseguido algo melhor. Imagine este cena: você vai comprar um carro usado. Depois de examiná-lo cuidadosamente, resolve fazer uma proposta indecorosa, 30% abaixo do valor real do mercado - só para começar a negociar. Neste momento o dono do carro lhe estende a mão e diz sorridente - aceito! Negócio fechado! Qual será a sua reação? Será que realmente fiz um bom negócio? Este carro deve ter problemas ...


8. NUNCA DÊ NADA DE GRAÇA
Tudo que é dado de graça não tem valor. Faça o outro lado valorizar cada concessão sua. Não dê nada, troque tudo. Por exemplo, se ele pedir um desconto adicional no preço, solicite uma condição de pagamento mais favorável. Se ele pedir mais prazo, peça algo em troca. A palavra mais importante no vocabulário do negociador é a palavra "se". Tudo o que começa com "se" está no condicional e implica numa troca - Se você fizer isso, eu posso fazer aquilo ...


9. GUARDE UMA CONCESSÃO PARA O FINAL
É importante que o outro lado saia com a sensação de vitória, de ter feito um ótimo negócio. Para que isso aconteça é preciso guardar algumas pequenas concessões para o final da negociação. Ele sai com o ego satisfeito e você sai com o bolso satisfeito. Falando em ego, é sempre bom lembrar que o ego é um dos fatores que mais atrapalha as negociações. Deixe sempre uma saída honrosa para que seu oponente possa mudar de idéia sem ter que se humilhar.


10. TENHA SEMPRE UMA ALTERNATIVA
Nunca negocie sem ter outras alternativas. Quando não temos opção, ficamos inteiramente nas mãos do oponente. Se ele conseguir descobrir isto, certamente vai conseguir desequilibrar a negociação. Veja o exemplo: numa cidade pequena, existe um comerciante que compra e vende móveis usados. Uma pessoa vai até a loja e tenta vender um fogão ao proprietário. Examine o balanço de poder desta situação. Se o comerciante não comprar, certamente não vai fechar as portas por isto, já que ele tem várias opções de venda - outros móveis no estoque. Já a pessoa que tenta desesperadamente vender o fogão, se não concretizar a transação talvez não consiga comprar um remédio, ou se alimentar, ou ...


.

Márcio Miranda é o presidente da Associação Brasileira de Negociadores e autor de diversos livros e vídeos sobre o tema. Seu livro "Negociando Para Ganhar" já está na quarta edição e é leitura obrigatória quando o tema for negociação. - Negociar bem é uma mistura de arte e ciência. Saber negociar é fundamental para o seu sucesso, tanto profissional quanto pessoal. 

 

Iniciou sua carreira, ainda jovem, nos Estados Unidos, onde residiu sete anos e graduou-se em Engenharia Eletrônica, pela Columbia Pacific University na Califórnia. Cursou, também, Marketing e Administração de Empresas na Louisiana State University, University of Houston e University of Wisconsin.

.

.

A Workshop tem o objetivo de ajudar os seus clientes a procurarem caminhos que os levem a aumentar a lucratividade e produtividade, sem esquecer que tudo isso só será possível através do comprometimento dos seus profissionais e colaboradores. 
.

Rua Adib Auada 41 - Centro Empresarial Granja Viana - Cep: 06710-700 - Cotia - SP - Tel: (011) 4612-6054 ou 3871-3124  fax: (011) 4612-6056 

..

.

.

" REFLEXÃO "

 

UM GESTO DE CARINHO

,

Esta anedota foi contada por uma Vendedora,  num fórum de vendas, onde reuniram-se vários colegas Representantes, para assistir uma palestra de um dos nossos Professores., e no espírito de disseminar conhecimentos e na mesma filosofia dos nossos queridos Professores, essas e esses colegas quiseram compartir com todos nós da comunidade, a ternura desta mensagem, para quem sabe, aplicar ela a nossa vida... 

.

Tudo começou numa visita a um cliente, onde um garotinho, com cerca de doze anos de idade, vestido e calçado humildemente, entra na loja, onde eu estava me aprontando para tirar um pedido. - Escolhe um sabonete e pede ao proprietário que embrulhe para presente. - " É para minha mãe ", diz com orgulho. - O lojista ficou comovido diante da singeleza daquele presente.

.
Olhou com pena para o seu pequeno freguês e, sentindo uma grande compaixão, teve vontade de ajuda-lo. Pensou que poderia embrulhar, junto com o sabonete, algum artigo mais significativo. - Entretanto, ficou indeciso: - ora olhava para o garoto, ora para os artigos que tinha em sua loja.
.

- Devia ou não fazer? 

O coração dizia sim, a mente dizia não.

.

O garoto, notando a indecisão do homem, pensou que ele estivesse duvidando de sua capacidade de pagar. Colocou a mão no bolso, retirou o dinheiro que dispunha, que era suficiente para pagar, e o colocou sobre o balcão.
.

O homem ficou ainda mais comovido quando viu as moedas, de valor tão insignificante. Continuava seu conflito mental. Em sua intimidade concluíra que, se o garoto pudesse, ele compraria algo bem melhor para sua mãe. 

.

Lembrou de sua própria mãe. - Fora pobre e muitas vezes, em sua infância e adolescência, também desejara presentear sua mãe. Quando conseguiu emprego, ela já havia partido para o descanso merecido. - O garoto, com aquele gesto, estava mexendo nas profundezas dos seus sentimentos.

.
Do outro lado do balcão, o menino começou a ficar ansioso. Alguma coisa parecia estar errada. - Por que o homem não embrulhava logo o sabonete ?. - Ele já escolhera, pedira para embrulhar e até tinha mostrado as moedas para o pagamento. Por que a demora ? Qual o problema ?

.
No campo da emoção, dois sentimentos se entreolhavam: a compaixão do lado do homem, a desconfiança por parte do garoto. - Impaciente, ele perguntou: " Moço, está faltando alguma coisa ?"

.
" Não ", respondeu o proprietário da loja. " é que de repente me lembrei de minha mãe. - Ela morreu quando eu ainda era muito jovem. Sempre quis dar um presente para ela, mas, desempregado, nunca consegui comprar nada."
.

- Na espontaneidade de seus doze anos, perguntou o menino: "nem um sabonete ?"

.

O homem calou ante a reflexão profunda. Desistiu da idéia de melhorar o presente. Embrulhou o sabonete com o melhor papel que tinha na loja, colocou uma fita com o melhor desempenho e agradeceu duas vezes o pequeno grande freguês,  e não falou mais nada.
.

A sós, pôs-se a pensar. Como é que nunca pensei em dar algo pequeno e simples para minha mãe ? - Ele sempre entendera que presente tinha que ser alguma coisa significativa, tanto assim que, minutos antes, sentira piedade da singela compra e pensara em melhorar o presente adquirido. - Comovido, entendeu que naquele dia tinha recebido uma grande lição e reconhecido a perda de muitas oportunidades.

...

Lojista e Representante saíram cada qual para seu canto, a fim de assimilar o que tinham vivido.
.

Junto com o sabonete do menino, seguia algo muito mais importante e grandioso, o melhor de todos os presentes: - o gesto de carinho! - Invista nele.  - É o mais poderoso meio de tornar as pessoas felizes. Em qualquer circunstância, em qualquer data especial, por qualquer motivo, o mais importante não é o que se dá, mas como se dá.

.
Todo presente deve se revestir de carinho e não deve haver diferenças entre homenagens a uma pessoa pobre ou a uma pessoa rica. - A expressão deve ser sempre do afeto. O que se deve dar é o coração. - O valor do presente não está no quanto ele vai aumentar o conteúdo das caixas registradoras, mas sim o quanto ele irá a somar nos corações.

.

ADAPTAÇÃO E DESIGNE DO SDR

.

.

..

.

" SERÁ VERDADE "

A IMPORTÂNCIA DE SELECIONAR A VERDADE

SR. PROF. LUIS MARINS Ph.D

.

.

Li num jornal americano que o Ministro da Justiça (Attorney General) dos Estados Unidos, John Ashcroft não lê jornais, nem assiste a noticiários de televisão. Isso, segundo ele, para não se contaminar com a opinião alheia. Diz ele que os fatos importantes que ele deve saber, sempre saberá, sem ter que ficar exposto à versão da mídia.

Afirma, ainda, que as pessoas ficam "comprando" graciosamente a opinião de repórteres e jornalistas que nem sempre têm a formação necessária e conhecimento sobre os assuntos que comentam, quase sempre fazendo sensacionalismo ou aumentando a repercussão de fatos que lhes interessam ou aos seus editores ou às empresas de comunicação.

Fiquei pensando na sabedoria do Mister Ashcroft. Será que não nos deixamos realmente "contaminar" com nossa verdadeira compulsão de ler as notícias dos jornais e de assistir aos noticiários dos rádios e das TVs? Dia e noite ouvindo notícias das mortes no Oriente Médio; as fugas dos presídios; a revolta dos argentinos; os terroristas do Afeganistão; a corrupção de políticos; os traficantes colombianos; as balas perdidas e seqüestros não estarão nos fazendo pessoas totalmente neuróticas, abaladas emocionalmente, vendo em cada pessoa um inimigo, em cada pobre um assaltante, em cada político, um corrupto?

"A verdade é que boa notícia não vende jornal nem conquista audiência", disse-me um diretor de redação de jornal famoso. Assim, os jornais, rádios e TVs nos sonegam notícias boas e nos enchem de más notícias, pois precisam "vender" ao grande público. Sabendo disso, não será hora de fazermos uma boa seleção da informação que recebemos?

Não estou advogando a alienação completa das pessoas. Mas é inegável que se não aprendermos a "filtrar" o que lemos e ouvimos, ficaremos sempre à mercê da opinião de pessoas que não conhecemos e que podem ter interesses que não nos interessam....

Ao ler, ouvir ou assistir a um noticiário, tenha uma postura crítica. A quem interessa aquela notícia? Será que só tem coisa ruim no mundo e no Brasil? Qual será o "outro lado da moeda" e que não está sendo contado nessa reportagem? Que influência essa notícia realmente tem para a minha vida diária, meus negócios, minha família? Será tudo aquilo realmente verdade?
.

.

NESTA SEMANA PENSE NISSO. BOA SEMANA. SUCESSO!!!

SR. PROF. LUIS MARINS Ph.D.

Anthropos Consulting é dirigida pelo antropólogo Prof. Luiz Almeida Marins Filho, que estudou os aborígines australianos na Ilha de Bathurst (Austrália) e com larga experiência em projetos no setor privado e público inclusive internacional. - A Anthropos Consulting trabalha com um corpo de consultores do mais alto nível, vários com doutoramento e mestrado no exterior em várias áreas, e com ampla experiência em projetos empresariais de sucesso, contratados para projetos específicos. - A Anthropos Consulting é certificada ISO 9002 pelo BVQI (Bureau Veritas de Qualidade Internacional)

.

.

.

" PIADAS  DO  SDR"

.

PIADAS DE COR AZUL = LINDINHAS  -  PIADAS DE COR ROXA = PICANTES  -  PIADAS DE COR VERMELHO = PAHHHH

. 

- Garçom, ¿ Que tem na entrada ?
- Uma porta de vidro, Senhor!

- Ontem no zoológico um leão me fez puffff!
- Que mentiroso, os leões fazem grrrrrr!
- Sim, mas este estava de costas...

Uma tartaruga caminhava num beco e foi assaltada por uma gangue de lesmas.  

O detetive que investigava o crime perguntou se ela podia explicar o que havia acontecido. 

A tartaruga, com ar confuso, respondeu: - Não sei, tudo aconteceu tão depressa! 

DIETA ALTERNATIVA BÁSICA
1. Se você come e ninguém vê, a comida não tem calorias. Sem provas não há crime.
2. Se você tomar um refrigerante diet junto com uma barra de chocolate, as calorias da barra são afogadas pelo refrigerante.
3. Se você comer de olhos vendados, nunca vai ter colesterol alto e nunca vai ter um enfarte: - Olhos que não vêem,  coração que não sente.
4. Ande só com gente gorda e procure engordar todo mundo a sua volta. Assim, você parecerá mais magro.
5. Comidinha leve de cinema, como pipoca, jujuba (dori) e ovo duro com galinha assada, feijão tropeiro e farofa, não é considerado comida e vai pra categoria cultura.
6. Biscoito quebrado tem menos caloria, pode comer à vontade.
7. Comida gelada, como sorvete, não pode ser considerada calórica, porque caloria é medida de calor e sorvete é frio.
8. É um mito que verdura emagrece. Elefantes e hipopótamos são herbívoros.
9. Não fique chateado se você passar a vida gorda. Você terá toda a eternidade pra ser só osso!

-Mãe, quero xixi!
-Outra vez ? Este é o 3º copo!!!

Drácula entra na padaria e pede um pão de meio kg.
A atendente olha estupefata para ele, e pergunta: - Mas você é o Conde Drácula ? E até onde eu sabia, você somente se alimentava com sangue ? Para que o pão ?
- É porque deu um acidente com feridos na esquina e queria molhar no caldinho!!!

Graças Senhor ...
Graças Senhor ...
Graças Senhor ...
Graças Senhor ...
Graças Senhor ...
Graças Senhor ...
Falava um cego, agradecendo pela esmola, sem dar-se conta que estava debaixo de um toldo que o cobria da chuva sim, mas não da goteira que caia na lata!!!

O rapaz passa a primeira noite de lua de mel com a esposa. Adormecem. De madrugada, ela começa a gritar. Ele acorda e ela explica que teve um pesadelo em que estava caindo num precipício e só não caiu porque se agarrou em uma raiz.
- Agora já passou, fique tranqüila e volte a dormir, diz ele.
- Já estou mais calma. Durma também, querido.
- Tá, amor. Você poderia agora soltar a raiz! 

O grupo de pesquisa saiu do acampamento, seguindo trilhas diferentes cada um. 

Quando retornaram,  começaram a relatar as pesquisas realizadas.
O primeiro contou seu relato e mostrou os apontamentos.
O segundo apresentou alguma amostras que tinham lhe chamado a atenção e explicou mais algumas pesquisas.
O terceiro explicou que não tinha realizado nenhuma pesquisa, porque ao descer pela encosta, cruzou uma via férrea, e alguns metros dela divisou um corpo, e quando chegou perto viu que era uma mulher. 

Desamarrou ela e depois passou o dia inteirinho fazendo amor com ela até cansar e não poder mais.
Os amigos indignados com a sorte do colega, perguntaram... Capaz, até sexo oral ???
- Não, sexo oral não, porque não achei a cabeça!!!

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

.

SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO, VENDAS E SERVIÇOS SDR

.

o sistema sdr já inclui NO PREÇO o uso em rede ilimitado sem custos extras E não tem taxa de manutenção mensal. a única taxa que o sistema sdr tem, é a anuidade de R$:120,00 para efeitos de suporte e atualização, com vencimento em março de cada ano (2007 bonificada).

.

 

.

.

caso deseje alterar ou cancelar sua assinatura, clique no link a seguir:

ALTERAR ASSINATURA

.

.

ÓTIMO TRABALHO E ATÉ A PRÓXIMA EDIÇÃO!

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Clique aqui para nós enviar um e-mail

.

INDIQUE SEU TEMA  ..-  ENVIE-NOS SUA OPINIÃO

.

Av. Caçapava 425 - sala 03 - Petrópolis -  Porto Alegre (RS) - BRASIL cep: 90460-130

 FONES: 51 -  3019 2817  -  FAX 51 3333 3553

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007 - SDR