Como página inicial

Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

.

JORNAL De REPRESENTAÇÃO comercial sdr - EDIÇÃO Nº 219 - 29.08.2003

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

.

. ÍNDICE DAS MATÉRIAS DO JORNAL .

.

..DICA DA SEMANA

..CARTAS DE AGRADECIMENTO

..ARTIGO DO PROF. MÁRCIO MIRANDA - "AUMENTANDO A EFICIÊNCIA DE SUAS LIGAÇÕES"

..CURIOSIDADES, REPORTAGENS, FRASES E IDÉIAS

..ARTIGO DO PROF. JOSÉ TEOFILO NETO - "2 OU 3 COISAS SOBRE ATENDIMENTO"

..REFLEXÃO DO SDR - "A FÁBULA DOS PORCOS"

..ARTIGO DO PROF. RICARDO JORDÃO - "AQUELES QUE RESISTEM POR NADA"

..PIADAS DA EQUIPE DO SDR

..ARTIGO DO PROF. GRETZ - "MAIS VIDA NO TRABALHO"

..FUTURO, HISTÓRIA DAS MARCAS, REPORTAGENS E TENDÊNCIAS.

..

 

.

.

.

.

.

.

"  A ÁGUIA E AS GALINHAS "

.

.
"Um camponês criou um filhotinho de águia junto com suas galinhas. Tratando-a da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensasse que também era uma galinha. Dando a mesma comida jogada no chão, a mesma água num bebedouro rente ao solo, e fazendo-a ciscar para complementar a alimentação, como se fosse uma galinha. E a águia passou a se portar como se galinha fosse.

Certo dia, passou por sua casa um naturalista, que vendo a águia ciscando no chão, foi falar com o camponês:  Isto não é uma galinha, é uma águia! 
O camponês retrucou: - Agora ela não é mais uma águia, agora ela é uma galinha!

O naturalista disse: - Não, uma águia é sempre uma águia, vamos ver uma coisa... Levou-a para cima da casa do camponês e elevou-a nos braços e disse: - Voa, você é uma águia, assuma sua natureza!

Mas a águia não voou, e o camponês disse: - Eu não falei que ela agora era uma galinha!
O naturalista disse: - Amanhã, veremos... No dia seguinte, logo de manhã, eles subiram até o alto de uma montanha.

O naturalista levantou a águia e disse: - Águia, veja este horizonte, veja o sol lá em cima, e os campos verdes lá em baixo, veja, todas estas nuvens podem ser suas. Desperte para sua natureza, e voe como águia que és...

A águia começou a ver tudo aquilo, e foi ficando maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto, ficou um pouco confusa no inicio, sem entender o porquê tinha ficado tanto tempo alienada. Então ela sentiu seu sangue de águia correr nas veias, perfilou, de vagar, suas asas e partiu num vôo lindo, até que desapareceu no horizonte azul."

Criam as pessoas como se galinhas fossem, porém, elas são águias. Por isso, todos podemos voar, se quisermos. Voe cada vez mais alto, não se contente com os grãos que lhe jogam para ciscar. Nós somos águias, não temos que agir como galinhas, como querem que a gente seja. 

Pois com uma mentalidade de galinha fica mais fácil controlar as pessoas, porque elas abaixam a cabeça para tudo e para todos com medo. Conduza sua vida de cabeça erguida, respeitando os outros, sim, mas com medo, nunca!

.

..Leonardo Boff

.

.

Ao ver uma galinha e uma águia, você vai ver mais que uma galinha e uma águia. Você vai se confrontar com duas dimensões fundamentais da existência humana. A dimensão do enraizamento, do cotidiano, do prosaico, do limitado: o símbolo da galinha. A dimensão da abertura, do desejo, do poético, do ilimitado: o símbolo da águia. Como equilibrar estes dois pólos? Como impedir que a cultura da homogeinização afogue a águia dentro de nós e nos tolha voar?

.

Para dar uma resposta convincente a esses desafios, o autor visita a moderna cosmologia, a psicologia profunda, a nova antropologia, a ecologia, a espiritualidade e a mística. O resultado é uma reflexão instigante que provoca entusiasmo na busca da identidade humana através da inclusão das contradições e da superação dos eventuais obstáculos a nível pessoal, social e planetário.
.
Cada um hospeda dentro de si uma águia. Sente-se portador de um projeto infinito. Quer romper os limites apertados de seu arranjo existencial. Há movimentos na política, na educação e no processo de mundialização que pretendem reduzir-nos a simples galinhas, confinadas aos limites do terreiro. Como vamos dar asas à águia, ganhar altura, integrar também a galinha e sermos heróis de nossa própria saga? Este livro sugere caminhos, mostra uma direção e projeta um sonho promissor.

.

Leonardo Boff nasceu em Concórdia, Santa Catarina, aos 14 de dezembro de 1938. É neto de imigrantes italianos da região do Veneto, vindos para o Rio Grande do Sul no final do século XIX.Fez seus estudos primários e secundários em Concórdia-SC, Rio Negro-PR e Agudos-SP. Cursou Filosofia em Curitiba-PR e Teologia em Petrópolis-RJ. Doutorou-se em Teologia e Filosofia na Universidade de Munique-Alemanha, em 1970. Ingressou na Ordem dos Frades Menores, franciscanos, em 1959.
.
Durante 22 anos, foi professor de Teologia Sistemática e Ecumênica em Petrópolis, no Instituto Teológico Franciscano. Professor de Teologia e Espiritualidade em vários centros de estudo e universidades no Brasil e no exterior, além de professor-visitante nas universidades de Lisboa (Portugal), Salamanca (Espanha), Harvard (EUA), Basel (Suíça) e Heilderberg (Alemanha).
.
Esteve presente nos inícios da reflexão que procura articular o discurso indignado frente à miséria e à marginalização com o discurso promissor da fé cristã gênese da conhecida Teologia da Libertação. Foi sempre um ardoroso defensor da causa dos Direitos Humanos, tendo ajudado a formular uma nova perspectiva dos Direitos Humanos a partir da América Latina, com "Direitos à Vida e aos meios de mantê-la com dignidade". 
.
É doutor honoris causa em Política pela universidade de Turim (Itália) e em Teologia pela universidade de Lund (Suíça), tendo ainda sido agraciado com vários prêmios no Brasil e no exterior, por causa de sua luta em favor dos fracos, dos oprimidos e marginalizados e dos Direitos Humanos. 
.
De 1970 a 1985, participou do conselho editorial da Editora Vozes. Neste período, fez parte da coordenação da publicação da coleção "Teologia e Libertação" e da edição das obras completas de C. G. Jung. Foi redator da Revista Eclesiástica Brasileira (1970-1984), da Revista de Cultura Vozes (1984-1992) e da Revista Internacional Concilium (1970-1995).
.
Em 1984, em razão de suas teses ligadas à Teologia da Libertação, apresentadas no livro "Igreja: Carisma e Poder", foi submetido a um processo pela Sagrada Congregação para a Defesa das Fé, ex Santo Ofício, no Vaticano. Em 1985, foi condenado a um ano de "silêncio obsequioso" e deposto de todas as suas funções editoriais e de magistério no campo religioso. Dada a pressão mundial sobre o Vaticano, a pena foi suspensa em 1986, podendo retomar algumas de suas atividades.
.
Em 1992, sendo de novo ameaçado com uma segunda punição pelas autoridades de Roma, renunciou às suas atividades de padre e se auto-promoveu ao estado leigo. "Mudou de trincheira para continuar a mesma luta": continua como teólogo da libertação, escritor, professor e conferencista nos mais diferentes auditórios do Brasil e do estrangeiros, assessor de movimentos sociais de cunho popular libertador, como o Movimento dos Sem Terra e as comunidades eclesiais de base (CEB's), entre outros. 
.
Em 1993 prestou concurso e foi aprovado como professor de Ética, Filosofia da Religião e Ecologia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).
.
Em 8 de Dezembro de 2001 foi agraciado com o premio nobel alternativo em Estocolmo (Right Livelihood Award).
.
Atualmente vive no Jardim Araras, região campestre ecológica do município de Petrópolis-RJ e compartilha vida e sonhos com a educadora/lutadora pelos Direitos a partir de um novo paradigma ecológico, Marcia Maria Monteiro de Miranda. Tornou-se assim ‘pai por afinidade’ de uma filha e cinco filhos compartilhando as alegrias e dores da maternidade/paternidade responsável.Vive, acompanha e re-cria o desabrochar da vida nos "netos" Marina , Eduardo e Maira.
.
É autor de mais de 60 livros nas áreas de Teologia, Espiritualidade, Filosofia, Antropologia e Mística. A maioria de sua obra está traduzida nos principais idiomas modernos.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

 

" CARTAS DO JORNAL 218 "

MAURO NOGUEIRA REPRESENTAÇÕES LTDA

DESEJO COMPRAR O CD BIBLIOTECA

CEFISA RIBEIRO SOARES - TECBORDE TECNOLOGIA EM BORDADOS LTDA.
GOSTARIA DE RECEBER GRATUITAMENTE O JORNAL SDR

SOLANGE A MENI RODRIGUES - EGL Eagle Global Logistics USA.
GOSTEI MUITO DO SITE E GOSTARIA DE RECEBER O JORNAL DIARIAMENTE.

KÁTHIA - RATTAN MÓVEIS LTDA.
GOSTEI DO QUE LI....

ANTONIO MEDICIS
SOMOS UMA EMPRESA DE VENDAS, GOSTARIA DE RECEBER DICAS DE VENDAS E OUTROS.
OBRIGADO, MEDICIS

PEDRO DE SOUZA FILHO
SDR OFERECE A OPORTUNIDADE DE ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA ATRAVÉS DE ARTIGOS DE PROFISSIONAIS COMPETENTES.

FABIANO GONÇALVES PEIXOTO
QUERO RECEBER O JORNAL.

EDDAO CAMPOLIMPO
GOSTARIA DE RECEBER SEMPRE QUE POSSÍVEL O JORNAL.
GRATO, EDSON

GERALDO GARCIA
AGRADEÇO A OPORTUNIDADE!!!!

ANA CLAUDIA
GOSTEI DO JORNAL, E GOSTARIA DE ESTAR RECEBENDO MAIS INFORMAÇÕES A RESPEITO.
OBRIGADA,

MARCELO ALMEIDA
OLÁ !!GOSTARIA DE RECEBER O JORNAL !!!

DOBLAS DEON
ACHEI INTERESSANTE VOSSA HOME-PAGE E GOSTARIA DE RECEBER INFORMAÇÕES DE SEU JORNAL.

Mauro Nogueira Representações       
PREZADO SRS. TENHO UM PEQUENO ESCRITÓRIO DE REPRESENTAÇÕES TRABALHO COM PNEUS REMOLD. RECAPADOS  E AUTO SOM EM GERAL. GOSTARIA DE RECEBER INF. SOBRE ESTAS ÁREAS...

ATENCIOSAMENTE,  MAURO NOGUEIRA

FRANCISCO NELSON PEREIRA ARAÚJO
TENHO EXPERIÊNCIA EM VENDAS DE PLANOS DE SAÚDE COM 23 ANOS NESTE RAMO. POSSO ENVIAR ALGUNS COMENTÁRIOS - POSTERIORMENTE - SOBRE O SEGMENTO?
SE POSSÍVEL QUAL O E-MAIL?

clauber - Karisma Papelaria

GOSTARIA DE RECEBER O JORNAL NA FORMA DE HTM COMPLETO. OBRIGADO!

BETINA PARUSSINI - T-COMP SOLUÇÕES COMPATÍVEIS COM VOCÊ LTDA.

PREFIRO RECEBER O JORNAL COMO ANTES NA FORMA DE E-MAIL ABERTO. GRATA.

A & LUIS REPRESENTAÇÕES LTDA

QUERO COMPRAR O CD BIBLIOTECA. 

..

SEJAM TODOS BEM VINDOS , ESTA É A SUA COMUNIDADE LIVRE... 

.

Vamos responder uma pergunta que está sendo muito formulada: - Quantas fábulas de Esopo temos e Quantas vamos colocar no CD da biblioteca?

Bem, temos trezentas no total e vamos colocar 220 aproximadamente no CD, sendo que as outras 80 ainda serão publicadas no jornal e depois atualizaremos nos CD's e também nos arquivos dos que já enviamos pela internet, ao igual que as outras matérias que publicamos semanalmente.

.

O CD Biblioteca vai brilhar não em uma área ou em outra. Estamos conseguindo que a grande maioria das categorias inseridas brilhem e muito em seus diversos conteúdos. Como o caso das idéias: - Tem mais de 24 categorias, que vão desde: Atendimento / Apresentações / Estratégias / Equipe / Gerenciamento / Liderança / Vendas / Marketing, e por aí vai. - Podemos dizer que é uma excelente área de inspiração, ler essas idéias curtas dos melhores Professores, onde apenas a essência do pensamento está descrita. Verdadeiramente está demais... Um vício e tanto, porém muito salutar e agradável.

.

Outras áreas jogam pesado também, como o dicionário técnico, que foi dividido em 5 categorias onde os termos em inglês ou técnicos são traduzidos e divididos em : Comercial, logística, internet, informática, etc. São mais de 900 termos complexos, mas muito bem explicados e que darão a vocês ampla facilidade de procura e entendimento em todas as áreas de interesse das nossas profissões. Outras áreas de excelente performance, são as idéias de e-mail, idéias de internet, idéias de informática, frases, pensamentos, etc., etc.. 

.

Não que sejamos contra livros ou revistas, mas nem todos podemos pagar por eles, mas sabemos que são de extrema importância e necessidade para nosso dia a dia. E se temos mais de 60 dos melhores professores do Brasil escrevendo-as para nós, porque não repassa-las e fazer que cada um as aproveite melhor. 

.

Um grande abraço a todos e vamos a luta que temos muito ainda a fazer, 

.

.

.

.

OS DOIS CACHORROS

.

Um homem tinha dois cachorros. Um era para a caça e outro era para guarda. Quando saia para caçar ia com o de caça, e se pegava alguma presa, ao regressar, o amo dava um pedaço ao cachorro guardião. 
.
Descontente com isto o cão de caça, lançou aos seu companheiro alguns reproves: - Que só era ele que saía e sofria todo momento, enquanto que o outro cão, o guardião, sem fazer nada, desfrutava de seu trabalho de caça.

.
O cachorro guardião lhe contestou: - Não é a mim que deves reclamar, sim ao nosso amo, já que em vez de ensinar-me a trabalhar como a você, tem me ensinado a viver tranqüilamente do trabalho alheio!
.
MORAL: - "Peça sempre aos teus superiores que te ensinem uma preparação e te dêem trabalho digno para enfrentar teu futuro e esforça-te em aprende-lo corretamente!"
.

EQUIPE DO SDR

.

.

..

.

.

 

.

.

.

.

.

.

.

 

..

.

" 6 MANEIRAS PARA AUMENTAR A EFICIÊNCIA "

..

DE SUAS LIGAÇÕES

.

..
PROF. MÁRCIO MIRANDA


PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NEGOCIADORES

..

.

Planejar as chamadas telefônicas é fundamental para conseguir marcar a visita com o potencial cliente e consequentemente, a venda. 
.
Excelentes habilidades de apresentação e um bom produto certamente ajudam a vender. Antes, porém, é preciso observar certas regras ao falar ao telefone, já que esse é efetivamente, o primeiro passo para efetuar a venda.
.
O bom desempenho do vendedor em suas ligações é fundamental para conseguir agendar a visita com o prospect. Estabelecer critérios para suas chamadas – saber com quem e como falar, e o que dizer – vai ajudar-lhe a abrir as portas da empresa do comprador.
.

.

.

A seguir, 6 dicas que vão ajudar você a afiar

. 

suas habilidades de comunicação por telefone..

.

.

1. Determine um período diário para suas ligações – Escolha o horário em que você é mais produtivo. Se você costuma reduzir o pique de trabalho por volta das 15h, marque suas ligações mais cedo, como por exemplo logo na primeira hora da manhã. Seja qual for o horário que você escolher, certifique-se de que terá tempo suficiente para voltar a ligar para todos os clientes que você não conseguiu localizar na primeira tentativa. 
.

.
2. Defina quantas ligações você precisa fazer – Determine quantas visitas você deve marcar para fechar as vendas necessárias para sua meta mensal. Depois, descubra quantas ligações você deveria fazer para conseguir tal número de visitas. Não pare de ligar até atingir a cota de chamadas do dia. 
.

.
3. Peça para falar com o dono, diretor, presidente ou com o gerente – É sempre melhor falar com alguém do topo da pirâmide administrativa que um funcionário da base. Para conseguir falar com o tomador de decisão descubra quem são as pessoas-chave na empresa. Essas informações podem ser obtidas por meio de ligações, cartas ou e-mails. Se algum funcionário da organização lhe der o nome dessa pessoa, quando você ligar para ela não esqueça de mencionar o nome do funcionário que fez a indicação. 
.

.
4. Evite os intermediários (secretárias, recepcionistas, assistentes em geral) – Se você estabeleceu o horário de suas ligações entre 7h30 e 8h30 ou de 18h às 19h, provavelmente irá encontrar a pessoa com quem você deseja falar antes da chegada ou depois da saída da telefonista. 
.

.
5. Saiba o que dizer – Pergunte sempre o nome das pessoas com quem você tiver o primeiro contato, chame-as pelo nome e de forma amistosa. Quando você pedir para falar com o tomador de decisão, use o primeiro nome dele (a) para apresentar-se. Mencione também apenas seu primeiro nome. Essa é uma boa forma de demonstrar familiaridade com o futuro cliente. 
.

.
6. Demonstre entusiasmo – Antes de iniciar suas ligações, faça um treinamento em seu escritório. Se você demonstrar confiança, a telefonista será mais receptiva quando você pedir para falar com a pessoa que toma a decisão de compra na empresa. 
.

.
Por fim, conseguindo uma visita você terá a chance de demonstrar a seu futuro cliente o que você tem a oferecer. Tome cuidado, portanto, com a forma como você faz suas ligações e com o que diz. Mantendo suas ligações em alto nível, suas vendas permanecerão em alto nível também. 
.
A venda começa nos primeiros contatos.
Muitos vendedores não entendem que, para conseguir falar com a pessoa que toma a decisão de compra, primeiro eles devem estar preparados para vender para o assistente do executivo ou para a secretária. Quando essa pessoa intermediária responde a sua ligação, ela ou ele torna-se o fator mais importante que vai definir se você irá ou não falar com o chefe dela. Portanto, trate-a de acordo com essa importância. 
.
Quando a secretária perguntar: ... referente a que? - Esteja preparado e com uma reposta persuasiva. Não tente esconder o propósito de sua ligação. Diga, por exemplo: o motivo da minha ligação hoje é que somos especializados em ajudar empresas que participam de feiras e exposições. Por isso, eu gostaria de falar com o sr. “fulano de tal” para fazer algumas perguntas e descobrir se poderíamos oferecer alguma contribuição à sua empresa. 
.
Aproveite para conseguir mais informações com a secretária ou o assistente. Diga: você provavelmente trabalha próximo do sr. “fulano”. Existem algumas informações que você poderia me passar para eu conhecer melhor sua empresa? O objetivo é demonstrar profissionalismo à secretária ou ao assistente, e mostrar que você tem idéias de valor que podem ajudar o prospect de várias formas.
.

.

.

PROF. MÁRCIO MIRANDA

PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NEGOCIADORES

.

É o presidente da Associação Brasileira de Negociadores e autor de diversos livros e vídeos sobre o tema. Seu livro "Negociando Para Ganhar" já está na quarta edição e é leitura obrigatória quando o tema for negociação. - Negociar bem é uma mistura de arte e ciência. Saber negociar é fundamental para o seu sucesso, tanto profissional quanto pessoal. 

.

Iniciou sua carreira, ainda jovem, nos Estados Unidos, onde residiu sete anos e graduou-se em Engenharia Eletrônica, pela Columbia Pacific University na Califórnia. Cursou, também, Marketing e Administração de Empresas na Louisiana State University, University of Houston e University of Wisconsin.

.

.

A Workshop tem o objetivo de ajudar os seus clientes a procurarem caminhos que os levem a aumentar a lucratividade e produtividade, sem esquecer que tudo isso só será possível através do comprometimento dos seus profissionais e colaboradores. 
..

.

Rua Adib Auada 41 - Centro Empresarial Granja Viana - Cep: 06710-700

Cotia (SP) - Tel: 11 4612-6054 ou 3871-3124  fax: 11 4612-6056 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

"DICAS E CURIOSIDADES" Nº219 DO WWW.SDR.COM.BR

.

.

..

.

O Credo da BIZREVOLUTION


Eu acredito em mim mesmo.
Eu acredito na qualidade dos produtos e serviços que eu ofereço aos meus clientes.
Eu acredito na empresa em que trabalho.
Eu acredito em produtores, criadores, distribuidores, vendedores e todos os trabalhadores industriais que possuem um trabalho e se esforçam para mantê-lo.
Eu acredito na verdade como nosso maior patrimônio.
Eu acredito no pôr-do-sol, no ar fresco, nos sorrisos e nas crianças.
Eu acredito que quando eu faço uma venda eu faço um amigo.
Eu acredito nos braços que trabalham, nos cérebros que pensam, e nos corações que amam.

Nada menos que isso interessa".

 

De tempos em tempos, você tem que escolher: ficar sentado e assistir a sua profissão e empresa se tornarem commodities, ou, descobrir o que você tem de melhor, quebrar paradigmas e inventar o futuro. Se você fizer a segunda escolha, nós queremos ajudá-lo.

Profissionalismo, Responsabilidade, Paixão e Senso de Urgência aliados a Liderança, Estratégia, Marketing, Inovação e Tecnologia formam a filosofia e prática da BizRevolution. Através de seis diferentes cursos para seis diferentes equipes da sua empresa, a filosofia e prática da BizRevolution é transportada para uma metodologia de educação que fala direto ao coração, cérebro e braços de cada participante.

Essa metodologia assegura que todas as equipes estejam sempre alinhadas enquanto transforma cada funcionário em um verdadeiro Profissional de Negócios apaixonado pelo trabalho e focado no foco dos clientes.

Essa é a maneira BizRevolution de aumentar as vendas de uma empresa, reduzir os seus custos, reter clientes ou conquistar novos mercados nesse Século XXI.

Você gostaria de começar a BizRevolution na sua empresa? Fale conosco. Nós estamos ansiosos para fazer parte da história de sucesso da sua empresa. Ligue (11) 3441-7126 ou envie um e-mail para:

.

biznasuaempresa@bizrevolution.com.br  ou visite www.bizrevolution.com.br 


QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E você?


Ricardo Jordão Magalhães
Fundador, Presidente e seu amigo 

ricardom@bizrevolution.com.br
..

.
"Aqueles que nada aprendERAM, NADA ESQUECERAM."

.
Chevalier de Panat


Charles Louis Etienne, oficial naval francês; 1762-1834

.

Aristóteles Onassis

.
Considerado um dos homens mais ricos do mundo, Onassis possuía a maior frota privada do planeta. Era também dono de uma companhia aérea, de bancos, cassinos e empresas imobiliárias. Seu patrimônio foi formado nos negócios que realizou durante a crise econômica mundial no início dos anos de 1930, com navios mercantes que adquirira por módicas quantias. Viveu sob o lema "não existe justo nem injusto, mas apenas aquilo que se pode fazer". Em 1968, casou-se com Jacqueline Kennedy, viúva do presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy. 

.

UM CONSELHO

Envolva-se pela música; cante ou ouça. Comece a sorrir mais cedo! Ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça à Deus pela oportunidade de acordar mais um dia. 
.
O bom humor é contagiante; espalhe-o, fale de coisas boas, de saúde, de sonhos com quem você encontrar. Não lamente, ajude-se e também ajude as outras pessoas a perceberem o que há de bom dentro si. Não viva emoções mornas e vazias. 
.
Cultive seu interior, extraia o máximo as pequenas coisas. Seja transparente deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas.Repense seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser mais feliz. 
.
Tudo que merece ser feito, merece ser bem feito. Torne suas obrigações atraentes, tenha garra e determinação. Mude, opine, ame o que você faz. Não trabalho por dinheiro e sim pela satisfação da "Missão cumprida". 
.
Lembre-se: Nem todos tem a mesma oportunidade. Pense no melhor e espere pelo melhor. Transforme seus momentos difíceis em oportunidades. Não inveje. Admire, seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio. 
.
Idealize um modelo de competência e faça sua auto avaliação para saber o que está lhe faltando para chegar lá. Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu talento, só assim não terá tempo para criticar os outros. Não acumule fracassos e sim experiências. 
.
Tire proveito de seus erros e seus conhecimentos. Dimensione seus problemas e não deixe abater por eles. Tenha fé e energia. Acredite, você pode tudo o que quiser. Perdoe, seja grande para seus aborrecimentos, Nobre para raiva, forte para vencer o medo e Feliz para permitir a presença de momentos infelizes. 
.
Não viva só para seu trabalho, tenha outras atividades paralelas como: Esporte, leitura, cultivar os amigos. O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, Mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas de realizações. 
.
Finalmente, ria das coisas à sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida. A gente começa a ser feliz, quando é capaz de rir da gente mesmo. 
.

Aristóteles Onassis

.

Armador de navios mercantes e milionário grego 
15-1-1906, Esmirna
15-3-1975, Paris

.

.

"as prOVas deVeM SER USADAS moderadamente, como O sal."

.
Demócrito

. 
Filósofo grego que desENVOLVEU A TEORIA atômica dO universo; 460 a. C.-370 a. C.

.

O seu produto é realmente pioneiro?

.
Robert McMath desenvolveu o Índice de Inovação, que quantifica até que ponto é que um novo produto oferece vantagens aos consumidores e se diferencia das marcas existentes no mercado. Eis os cinco critérios considerados para o apuramento do Índice de Inovação..

  • O produto está posicionado para novos utilizadores ou para uma nova utilização?

  • A embalagem é inovadora e oferece algum benefício aos consumidores?

  • É acrescentado algum valor através da nova fórmula?

  • Existe uma inovação técnica?

  • O produto abre um novo segmento de mercado?

8 tendências que pode e deve explorar

Conveniência. É algo que poupa tempo: é uma encomenda por via eletrônica de artigos de mercearia, uma entrega ao domicílio ou uma encomenda por correio. Mas é também uma nova forma de abertura fácil de uma embalagem, uma forma inovadora de cozinhar com rapidez ou um parque de estacionamento junto ao ponto de venda.
.
Ambiente. Há mais de uma década que o ambiente está na ordem do dia. A tendência veio para ficar. Cada vez mais os consumidores estarão dispostos a pagar mais por produtos amigos do ambiente.
.
INteração de etnias. A globalização tem aproximado as pessoas, mas não irá eliminar as características de cada povo. É como uma salada mista: os ingredientes estão misturados, mas cada um tem o seu sabor particular. Os restaurantes típicos de diversos países do mundo, por exemplo, estão a fazer sucesso. 
.
Divertimento. Aproveite o que há de mais divertido nos seus produtos. Isto é particularmente importante no mercado alimentar, desde que se trate de comida fácil de preparar, pronunciar e comer. Os gelados têm agora nomes divertidos, os cereais de pequeno-almoço têm formatos engraçados e com a própria embalagem pode construir um brinquedo. Seja original. Não restrinja o produto à sua utilização mais imediata, dê espaço à sua imaginação e à dos seus clientes.
.
Nutrição. Aplique os novos conceitos de alimentação saudável quando desenvolver um novo produto alimentar, nomeadamente sem sal, desde que seja saboroso, baixas calorias, sem colesterol, sem gordura.
.
Embalagem. Opte por embalagens diferentes, em termos de formato e decoração. Assegure-se que utiliza um tamanho de letra que mesmo uma pessoa com problemas de visão possa ler. Utilize embalagens com a menor dimensão possível. Numa economia global, seja consistente na idéia-chave, a Coca-Cola optou pelo formato da garrafa, a Pepsi pela cor azul e a Nike pelo seu logótipo e todas elas se deram muito bem no mercado internacional.
.
Dimensão. Varie a dimensão do seu produto. Não só estará a adotar novos posicionamentos ao longo do tempo, mas estará a aproveitar novas oportunidades inexploradas, diferenciando o seu produto dos da concorrência. A miniaturização é uma opção, como aconteceu com os snacks de chocolate, mas o aumento de tamanho está relacionado com promoções, que captam a atenção dos consumidores.
.
Juventude. Como os pais trabalham fora de casa, os filhos assumem uma maior responsabilidade nas compras domésticas, sobretudo alimentares. Existem cereais destinados «apenas a jovens», pizzas com dimensões e sabores que agradarão mais a pessoas jovens, micro-ondas cada vez mais fáceis de utilizar e uma maior diversidade de serviços via Internet ou televisão interativa, que os mais jovens utilizarão com muito menos resistência do que um adulto.

.

,.

"Não temas que tua vida termine, sim que nunca tenha princípio."

.
John Henry Newman. 

.
Clérigo e intelectual inglês, influente na igreja de sua época; 1801-1890. 

.

.

UM RETRATO FIEL

.

Em Roma, no arquivo do Duque de Cesadini, foi encontrada uma carta de Públio Lêntulus, Legado na Galiléia, do Imperador Romano Tibério César. Eis a carta que é um retrato fiel de Jesus:
.
"Existe nos nossos tempos um homem, o qual vive atualmente de grandes virtudes, chamado Jesus, que pelo povo é inculcado profeta da verdade e os seus discípulos dizem que é filho de Deus, criador do Céu e da Terra e de todas as coisas que nela se acham e que nela tenham estado; em verdade, cada dia se ouvem coisas maravilhosas desse Jesus; ressuscita os mortos, cura os enfermos em uma só palavra; é um homem de justa estatura e é muito belo no aspecto. 
.
Há tanta majestade no rosto, que aqueles que o vêem são forçados a amá-lo ou temê-lo. Tem os cabelos da cor da amêndoa bem madura, distendidos até as orelhas e das orelhas até as espáduas, são da cor da terra, porém mais reluzentes. 
.
Tem no meio da sua fronte uma linha separando os cabelos, na forma em uso nos nazarenos; o seu rosto é cheio, o aspecto é muito sereno, nenhuma ruga ou manchas se vê em sua face de uma cor moderada; o nariz e a boca são irrepreensíveis. 
.
A barba é espessa, mas semelhante aos cabelos, não muito longa, mas separada pelo meio, seu olhar é muito especioso e grave; tem os olhos graciosos e claros; o que surpreende é que resplandecem no seu rosto como os raios do sol, porém ninguém pode olhar fixo o seu semblante, porque quando resplende, apavora, e quando ameniza faz chorar; faz-se amar e é alegre com gravidade. 
.
Diz-se que nunca ninguém o viu rir, mas, antes chorar. Tem os braços e as mãos muito belos; na palestra contenta muito, mas o faz raramente e, quando dele alguém se aproxima, verifica que é muito modesto na presença e na pessoa. É o mais belo homem que se possa imaginar, muito semelhante a sua mãe, a qual é de uma rara beleza, não se tendo jamais visto, por estas partes, uma donzela tão bela.
.
De letras, faz-se admirar de toda a Cidade de Jerusalém; ele sabe todas as ciências e nunca estudou nada. Ele caminha descalço e sem coisa alguma na cabeça. Muitos se riem, vendo-o assim, porém em sua presença, falando com ele, tremem e admiram. 
.
Dizem que um tal homem nunca fora ouvido por estas partes. Em verdade, segundo me dizem os hebreus não se ouviram, jamais, tais conselhos de grande doutrina, como ensina este Jesus; muitos judeus o têm como Divino e muitos me querelam, afirmando que é contra a lei de tua Majestade.
.
Diz-se que este Jesus nunca fez mal a quem quer que seja, mas, ao contrário, aqueles que o conhecem e com ele têm praticado, afirmam ter dele recebido grandes benefícios e saúde.
.

Públio Lêntulus."

.

.

"Alguém tem que faze-lo. Por quê você? Alguém tem que faze-lo. Por quê não eu? 

Entre estas duas idéias mediam séculos de evolução moral. 

Loucos são, em efeito, os que se decidem a ser os primeiros. Cada qual quer que lhe preceda outro. o papel de precursor é muito pouco gratificante, porque logo vem outro, o precursor, 

e colhe tudo com as suas mãos limpas." 

.
Miguel de Unamuno


Filósofo e escritor espanhol, autor de "Niebla", "La Tía Tula"..; 1864-1936. 

.

.

UMA LIÇÃO

PROF. JOÃO BAPTISTA VILHENA

 

Em 1954, Peter Drucker nos alertava que, em função do crescimento e da diferenciação da oferta, cada vez mais as empresas deveriam passar a se preocupar com a adequação de seus produtos ao mercado.

.

Em outras palavras, uma vez que o consumidor vinha tendo cada vez mais opções de escolha, tornava-se imperioso re-aprender a lidar com o mercado.

.

Em suas palestras e artigos, Drucker citava insistentemente o exemplo da General Motors, que sob a inspiração de Alfred Sloan adotara uma postura diametralmente oposta a de Henry Ford.

.

Embora fosse inegável a importância das economias de escala, a idéia de que "qualquer americano poderia comprar um carro da cor que quisesse, desde que fosse preto" vinha apresentando resultados decrescentes. - O maior indicador disto eram os pátios da Ford, cheios de modelos A e posteriormente dos modelos T para vender.

.

Quando Sloan propôs que a GM se estruturasse em torno de 5 divisões, cada uma voltada para um segmento diferente de mercado (desde os Oldsmobiles para os ricos até os Chevrolet, para os pobres) muitos analistas acreditaram que suas pretensões eram descabidas e que nunca uma empresa vocacionada para o mercado de massa poderia sobreviver a tamanha diversificação.

.

Os resultados todos conhecem: 

a GM ultrapassou a Ford e nunca mais foi alcançada pela arquirival. 

.

.

.

"o pior é quando tem terminado um capítulo e a máquina de escrever não aplaude."

.
Orson Welles


Diretor, roteirista e ator de cinema, teatro e rádio estadunidense. 

Seu primeiro filme foi "Cidadão Kane" em 1941; 1866-1946.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

" DUAS OU TRÊS COISAS SOBRE ATENDIMENTO... "

.

SR. PROF. JOSÉ TEOFILO NETO
.
DIRETOR
COMUNICAÇÃO DIRETA CONSULTORIA.

.

.
"Acordem e Progresso"
Carlito Maia, publicitário

.
.
No mundo dos negócios há pelo menos 20 anos convivemos com uma revolução diária e muitos ainda preferem acreditar em certas verdades que a realidade teima em destruir. Às vezes, sou forçado a conviver com coisas que esperava terem sido eliminadas do dicionário comercial mas ainda ouço:
.

.
1. Somente contratamos representantes ou vendedores com carteira de clientes.
Quando ouvia isto lá pela metade da década de 70, ainda conseguia entender porque tal exigência fazia sentido. Com poucas exceções, os países viviam em ilhas isoladas, pois a revolução das telecomunicações engatinhava.

.

No Brasil, então, vivíamos numa economia fechada, dominada por monopólios, quando muito oligopólios e o dragão da inflação lançando chamas em nossos traseiros. A micro informática engatinhava.

.

Na verdade não éramos vendedores e sim " distribuidores de cotas" entre nossos clientes, pois a produção era menor que a demanda. E todos eram obrigados a crescer pouco, quando conseguiam. Juntava-se a isto a "nova tabela de preços na virada do mês", corrigida pelos índices inflacionários, totalmente repassados aos clientes, que repassavam aos clientes dos clientes. 
.
Pesquisas recentes indicam que só
5% dos clientes mudam de fornecedores por amizades comerciais, o que comprova a caducidade desta "primeira verdade". E por que?

.

Antes até da globalização, lá no final da década de 80, nosso mercado passou a contar com outros fornecedores, com mais facilidades para comprar (mala direta, telemarketing); a revolução da qualidade deixou que certos produtos ficassem iguais, sendo que a prestação de serviços pós venda começava a ser um diferencial competitivo.

.

Ainda ouço vendedores (alguns muito jovens, até) baterem no peito e afirmarem: só compram por minha causa; se sair desta empresa ela quebra, pois os clientes me acompanharão. Menos, meu caro, menos...

Sempre tive dificuldades em aceitar esta regra, pois como acreditar num vendedor que durante anos me vende certo produto e depois vem dizer que aquele não era bom e que, bom mesmo, é este de seu novo patrão? Se foi capaz de me enganar uma vez, acho que será capaz de faze-lo outras vezes. Tô fora! 
.

.
2. O concorrente oferece mais vantagens.
Quando ouço que clientes só compram preço, sinto arrepios, pois estou diante de uma espécie que julgava extinta, aquela que se lembra dos clientes durante os poucos minutos do mês quando dedica alguma atenção ao cliente, e ao ligar para ele pergunta: "
tem alguma cotação para hoje?" e, ao receber a objeção do famoso "tá caro", consolida seus mitos lamentando para que todos ouçam: "o mercado tá brabo, só compram preço"
.
24% dos clientes trocam de fornecedores por maiores vantagens em outras organizações, mas será somente por causa do preço? É comum ouvirmos os gurus do mercado afirmarem que o produto acabou, e que hoje só existem serviços adicionados aos produtos, pois clientes compram valor e não coisas.
.
Portanto não se deixe enganar: preço é o que se paga em moeda corrente para aquisição de um bem ou serviço, enquanto que valor é o que o cliente atribui ao mesmo ( procedência, status, praticidade, conveniência, emergência, portabilidade, garantias, assistência técnica, segurança, etc). - Outra dica:

.

Mais da metade dos clientes que trocam de fornecedores, o fazem por reclamações não atendidas.

.
Agora responda: quantos reclamam pelo preço pago a mais e quantos reclamam pela frustração de não terem sido atendidas sua expectativas quanto aos valores que esperavam do produto. 
.

.
3. Indiferença do pessoal que atende os clientes. 
Tanto nas atividades de pré venda, venda e pós venda, a indiferença derruba qualquer cliente. As pesquisas indicam que 65% dos clientes mudam de fornecedor por causa disso. Recentemente fui a um região em São Paulo, que concentra um grande número de lojas de móveis e exceto em uma única (nas dez que visitei!), em todas os vendedores não ficaram sabendo o que eu desejava comprar.

.

Parece praga mas todos trabalham da mesma e péssima maneira: te abordam com uma calculadora na mão e ao simples olhar seu para algum móvel, lá estavam eles a fazerem cálculos de descontos, oferecendo opções de pagamentos, simplesmente porque olhei para qualquer canto da loja. Pior ainda, eles olhavam e conversavam com suas calculadoras!
.
Não adianta oferecer tudo o que a loja tem, fornecer todos os preços e condições, achando que isto é atendimento, pois e a indiferença é não saber que o cliente procura!
.
Todos já fomos vítimas de uma oferta via telemarketing, onde um operador mal preparado metralha um script em nossos ouvidos, achando que ao dizer tudo o que o produto é, convencerá seu interlocutor para comprar. Ao menor sinal de que faremos objeções, lá vem o argumento quanto ao preço, descontos, opções de pagamentos, enfim, um estupro em nossos ouvidos. Um lembrete: -
O telefone é para falar e para ouvir, viu?
.
Finalizando, arrumar desculpas por causa da globalização é querer colocar para baixo do tapete o lixo mental que nos cega e impede de analisar como estamos tratando os clientes.
.
Somos um país com quase
7 000 empresas com certificação ISO 9000 (o México tem 300); temos 15 fábricas automobilísticas produzindo (e competindo) aqui; somos o país do mundo com telefones fixos instalados e um dos maiores mercados virgens de celulares; de novo, temos o dobro de internautas que o México (representamos 40% da América Latina).
.

.

Acordem e Progresso!

.


SR. PROF. JOSÉ TEOFILO NETO
.
DIRETOR
COMUNICAÇÃO DIRETA CONSULTORIA

.

José Teofilo Neto, é engenheiro eletricista formado pela FEI (72), com especialização em Telecom e Marketing; durante muitos anos atuou em companhias telefônicas como gerente de relacionamento para grandes empresas, responsabilizando-se pela consultoria técnico - comercial, sugerindo ações quanto ao dimensionamento de linhas e equipamentos e venda de serviços de telecom. Foi um dos iniciadores da atividade de tele-marketing de maneira profissional e estruturada. Palestrante em inúmeros seminários; articulista de diversas revistas, jornais e sites.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

  REFLEXÃO!

.

" A FÁBULA DOS PORCOS ASSADOS "

.

.

Certa vez, aconteceu um incêndio num bosque, onde havia alguns porcos, que foram assados pelo fogo. Os homens, acostumados a comer carne crua, experimentaram e acharam deliciosa a carne assada. A partir dai, toda vez que queriam comer porco assado, incendiavam um bosque... 
.
Mas o que queremos contar é o que aconteceu quando tentaram mudar o
SISTEMA para implantar um novo. Fazia tempo que as coisas não iam lá muito bem: - Às vezes, os animais ficavam queimados demais ou parcialmente crus. O processo preocupava muito a todos, porque se o SISTEMA falhava, as perdas ocasionadas eram muito grandes, milhões eram os que se alimentavam de carne assada e também milhões os que se ocupavam com a tarefa de assá-los. Portanto, o SISTEMA simplesmente não podia falhar. 
.
Mas, curiosamente, quanto mais crescia a escala do processo, mais parecia falhar e maiores eram as perdas causadas. Em razão das inúmeras deficiências, aumentavam as queixas. Já era um clamor geral, a necessidade de reformar profundamente o
SISTEMA. Convenções, congressos, seminários e conferências passaram a ser realizados regularmente para buscar uma solução. Mas parece que não acertavam o melhoramento do mecanismo. Assim, seguidamente, repetiam-se as convenções, congressos, seminários e conferências.
.
As soluções que os estudos sugeriam eram, por exemplo, aplicar triangularmente o fogo, depois de atingida determinada velocidade do vento, soltar os porcos 15 minutos antes que o incêndio médio da floresta atingisse 47 graus e posicionar ventiladores gigantes em direção oposta a do vento, de forma a direcionar o fogo. Não é preciso dizer que os poucos especialistas estavam de acordo entre si, e que cada um embasava suas idéias em dados e pesquisas específicos.
.
Um dia, um tal de Fulaninho Bom-Senso, resolveu dizer que o problema era muito fácil de ser resolvido e que bastava, primeiramente, matar o porco escolhido, limpando e cortando adequadamente, colocando-o então numa armação metálica sobre brasas, até que o efeito do calor e não as chamas assasse a carne.
.
Tendo sido informado sobre as idéias do Fulaninho Bom-Senso, os comandantes do assamento, mandaram chamá-lo à sala de reuniões superior, e depois de ouvi-lo pacientemente, disseram-lhe: "Tudo o que o senhor disse está muito bem, mas não funciona na prática. 

  • O senhor percebe, agora, que a sua idéia não vem ao encontro daquilo de que necessitamos? 

  • O senhor não vê que, se tudo fosse tão simples, nossos especialistas já teriam encontrado a solução há muito tempo atrás ? 

O senhor, com certeza, compreende que não podemos simplesmente convocar os técnicos das diversas especialidades e dizer-lhes que tudo se resume a utilizar brasinhas, sem chamas! O que o senhor espera que se faça com os quilômetros e quilômetros de bosques já preparados, cujas árvores não dão frutos e nem tem folhas para dar sombra? Vamos, diga-me?"... 
.
Isto é um pouco da história dos Profissionais da venda e dos Representantes Comerciais. Mudar o sistema de comunicação e fazer frente aos que se arraigam a velhos costumes, as vezes se submetendo as diretrizes das industrias arcaicas e os dos gerentes empacados na soberba, não é tarefa fácil... 

.

Hoje temos a oportunidade de pegar o trem andando, para nos informatizar e superar as desvantagens produzidas ao longo do tempo, o que nos retornará em respeito de quem nos contrata e em bons serviços para quem nos compra.

.

.

.

Não espere que lancem outro advento como a Internet, porque precisará se congelar e esperar muito anos, como Walt Disney na espera da cura.

SDR - Sistema de Representação - www.sdr.com.br.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

 

...

.... " AQUELES QUE RESISTEM POR NADA... "

...

CAEM POR QUALQUER COISA!

..

PROF. RICARDO JORDÃO

.PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING....

.

.

.

.

“Nós não temos o direito de perguntar quando uma tristeza nos atinge: “Por que isso aconteceu comigo?” A não ser que nós façamos a mesma pergunta para cada alegria que acontece conosco.

. 

Autor desconhecido.

.

.
Prezado Amigo (a), 

Em
1920, as Indústrias Reunidas Francesco Matarazzo empregava 6% da população que vivia na cidade de São Paulo. No entanto, ao desembarcar no Rio de Janeiro em 1881, a tonelada de banha de porco que Francesco Matarazzo trazia da sua terra natal para começar os seus negócios no Brasil, afundou com a embarcação que levava a carga do navio. Sem perspectivas e com pouco dinheiro no bolso, ele escreveu para a família que deixara na Itália: - “Eu abri uma venda em Sorocaba, e não procurei, nem jamais procurarei, ter o que se chama de patrão”. 
.
A vendinha prosperou e dez anos depois Matarazzo já era o maior produtor do Brasil naquele produto que perdeu na chegada ao país. 
.
Matarazzo foi um grande exemplo de empreendedor que jamais teria a ambição de ganhar o
Prêmio Cristóvão Colombo. Esse prêmio é dado àquelas pessoas que:

  • Não sabem onde querem chegar, 

  • Não tem a menor idéia de onde estão, 

  • Não sabem quando irão chegar a algum lugar, e 

  • Quando retornam para casa, não sabem onde estiveram.

O quanto importante é saber o que quer, onde quer chegar e o que é necessário para chegar lá? Um estudo recente realizado com os formandos de uma turma de uma das melhores faculdades do Brasil trinta anos depois mostrou que: 

  • 80% dos formandos não tinha nenhuma meta específica, 

  • 15% tinha pensado sobre algo, e 

  • 5% havia escrito suas metas (sonhos com datas marcadas) e após a formatura iria colocá-las em prática com todas as suas forças.

Os 5% dos formandos, mensurados pelo seu patrimônio, tinham trinta anos depois não apenas superado suas metas, mas como um grupo, haviam superado os outros 95% combinados. 
.

.
DIGA ADEUS A VIDA CORPORATIVA! - (Uma mensagem para os Dilberts da sua empresa): 
.
Espere que a empresa em que você trabalha decida quais clientes você deve servir. E note que daqui a pouco você não servirá ninguém e não mais servirá para a empresa. 
.
Espere que a empresa em que você trabalha decida como motivar você. E note que daqui a pouco a sua primeira motivação será acordar de manhã para procurar um novo emprego. 

Espere que a empresa em que você trabalha peça para você reduzir despesas. E note que daqui a pouco Você-Centro-de-Custos será reduzido a zero. 
.
Espere que a empresa em que você trabalha pense sobre a evolução dos negócios. E note que daqui a pouco você será uma espécie em extinção. 
.
Espere que a empresa em que você trabalha decida as metas, decida os objetivos, decida o seu futuro. E note que daqui a pouco nem você e nem a empresa terão metas porque decidir. 

Espere que a empresa em que você trabalha, só porque existe há vinte anos, continuará a existir por mais vinte anos. E note o que aconteceu com a Indústrias Reunidas Francesco Matarazzo. 

Espere que a empresa em que você trabalha comece a se preocupar com o seu desenvolvimento e treinamento. E note que daqui a pouco alguém mais educado que você passará a ser seu colega. 
.
Espere que a empresa em que você trabalha determine a missão, visão e valores que você deve seguir. E note que quando você atingí-los, você deixou para trás os seus. 
.

.
DIGA ADEUS A MOTIVAÇÃO!  - (Uma mensagem para os Gerentes-Dilberts da sua empresa): 
.
Espere que realizar uma super-campanha com prêmios incríveis, tocar rock todos os dias pela manhã no escritório, organizar festas no final do dia, patrocinar eventos esportivos nos finais de semana, garanta a motivação dos seus funcionários. E note que toda a energia que essas atividades geram ficam por lá mesmo. 
.

.
"DIGA BEM-VINDO A REVOLUÇÃO! - (Uma mensagem daqueles que possuem um trabalho e se esforçam para mantê-lo): 
.
As pessoas trabalham porque elas querem trabalhar. Além do dinheiro, o
SER HUMANO espera muito mais do trabalho que realiza. 

  • Ele quer contribuir. 

  • Ele quer ver a sua contribuição fazer a diferença na empresa. 

  • Ele quer aprender. Ele quer crescer. Ele quer acreditar que o seu gerente sabe distinguir um Dilbert de um Profissional como ele. 

  • Ele quer se sentir parte de uma empresa de sucesso que faz a diferença para o mundo. 

E por tudo isso, ele resiste. E não cai por qualquer coisa. Proporcionar esse tipo de ambiente de trabalho é o que faz um profissional ir trabalhar todos os dias. Seja responsável por isso. 
.

.
Ter um trabalho e se esforçar para mantê-lo. Nada menos que isso interessa.

.
.

Nada menos que isso interessa. quebra tudo.
.

.

PROF. RICARDO JORDÃO MAGALHÃES
.PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING

.

.

.

Ricardo Jordão Magalhães, 34 anos, executivo, palestrante e escritor formado em administração de marketing pela ESPM com extensão em marketing pela Kellogg University nos EUA, possui mais de 12 anos de experiência na indústria de tecnologia em empresas líderes de mercado como Brasoftware e Tech Data Brasil sempre a frente de projetos de marketing inovadores como o Catálogo Brasoftware e as Lojas Brasoftware, além de ser o autor do primeiro web site de comércio eletrônico do Brasil (web site da Brasoftware) em 1996. A frente do marketing da Tech Data é responsável por iniciativas pioneiras como o web site B2B da Tech Data lançado em 1997 - web site vencedor de mais de 15 prêmios nacionais e internacionais -, além de programas de relacionamento, motivação e CRM. Fundador do web site BizRevolution desde 2001 onde procura "Promover idéias que possam ajudar a transformar o país em que vivemos, e de todos aqueles que de alguma forma influenciam a vida de outras pessoas."

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

." MAIS VIDA NO TRABALHO "
.

PROF. GRETZ

.

indicado para o prêmio Top of Mind Fornecedores de RH, 

na categoria PALESTRANTE DO ANO. 

VOTE AQUI:

.

.

.

Houve um tempo em que, nas empresas, a primazia absoluta era das máquinas, e do lucro que seu uso proporcionava, ou das rotinas e da sua eficácia. Os seres humanos eram relegados a um plano secundário, e as teorias organizacionais tinham como foco exclusivo a eficiência. O ambiente de trabalho devia ser espaço exclusivo de profissionais, encarados como recursos produtivos e não exatamente como pessoas.
.
É claro que esse script nunca funcionava exatamente assim. Afinal de contas, pessoas são pessoas. Não são máquinas nem pastas de arquivos. São seres sujeitos a chuvas e trovoadas, simpatias e implicâncias, humores e tensões. O convívio entre pessoas é um campo extremamente rico e complexo, que pode determinar – independentemente dos recursos técnicos – o sucesso ou o insucesso de uma empresa.
.
Nas últimas décadas, especialmente na virada do milênio, empresas de todas as áreas passam a prestar mais atenção ao ambiente de trabalho. Esta é a mudança mais notável no campo dos Recursos Humanos em nossos dias. 
.
Como nos disse Peter Drucker, "no mundo dos negócios, cada vez mais competitivo, as empresas começaram a almejar indivíduos inteiros, com cérebro e coração." 
.
A busca, às vezes insana, pela produtividade, eficácia e eficiência, revolucionou seu paradigmas quando seu foco passou a ser a Qualidade. Principalmente quando passou a ser relacionada ao ambiente de convívio dos companheiros de trabalho. 
.
Qualidade é um estado de espírito. Se a empresa não estiver humanamente afinada, poderá buscar os mais famosos consultores e não haverá fórmula mágica que realmente funcione.
.
A qualidade de cada produto ou serviço está na qualidade de vida da empresa. A vida com qualidade está dentro de cada um.
.
Por esse motivo, os programas de Gestão de Qualidade Total mais adotados atualmente pelas organizações, procuram focalizar, antes de mais nada, os detalhes do dia-a-dia, que possam influir sobre a qualidade do ambiente. São programas que se aplicam tanto à dimensão pessoal quanto à esfera profissional. É o caso do "5S", por exemplo, criado no Japão, que se baseia em cinco sensos que envolvem o todo do ser humano, inclusive seus sentimentos, e não apenas a parte racional. 
.
Mesmo assim, por melhores que sejam os programas desse tipo, sabemos que não há receitas prontas para o ser humano. Por isso a forma de aplicação é decisiva, já que depende da troca de experiências e do relacionamento entre as pessoas.
.
Recentemente, ao fazer uma palestra em uma grande empresa, percebi que o ambiente estava especialmente propício. As pessoas estavam animadas, alegres por estarem ali, celebrando aquele convívio. Mostravam real interesse em aprender e crescer, como seres humanos e como profissionais. 
.
Olhei então para um folheto que estava sendo distribuído, com o título "Somar para Multiplicar". Era a programação do evento, que incluía – além de palestras, uma série de atividades de lazer, de saúde e culturais. Mas o que mais se destacava no folheto era um texto sobre os "
5H", que também se inspira no citado programa "5S".
.
E quais são os 5 H? Para quem ainda não conhece, são as seguintes palavras: Humor, Humildade, Humanidade, Harmonia e Honestidade.
.

.
Humildade não é sentir-se inferior, nem mostrar-se submisso. É ter consciência das próprias limitações e, ao mesmo tempo, ter vontade de se aprimorar. É aceitar críticas, acolher sugestões e compartilhar com os outros o que conhece.

Humanidade é a realização plena da natureza humana. Envolve os sentimentos de bondade e benevolência em relação aos semelhantes, ou de compaixão e piedade, em relação aos desfavorecidos. É uma atitude que faz bem a todos, e mais ainda a quem a pratica.
.
Harmonia é a capacidade de bem conviver, gerando um ambiente agradável e solidário, com verdadeiro espírito de equipe, totalmente afinado no alcance de objetivos comuns.

Honestidade é a valorização da verdade e da ética em todos os relacionamentos – pessoais, funcionais, comerciais etc. Uma equipe de trabalho que se fundamenta também na honestidade é mais sólida, mais confiante, mais segura e mais positiva em todas as suas ações e atitudes.
.
Por que deixei por último o Humor? Porque é um tema sempre presente em minhas palestras e livros. Algo nem sempre bem compreendido mais altamente importante, fundamental mesmo, em qualquer convívio. Sobre esse assunto há uma frase excelente de Half Warren, professor de Liderança: "O humor é um atributo dos líderes nestes tempos de rápidas mudanças e valorização do trabalho em equipe". 
.

.
As pessoas com senso de humor tendem a ser mais criativas, menos rígidas, mais flexíveis e mais dispostas a considerar e incorporar novas idéias e métodos. O segredo do humor é ver as coisas por um outro ângulo. Situações que parecem sérias e difíceis tornam-se às vezes simples de se lidar, quando vistas de modo bem humorado. 
.
Alegria é uma disposição mental extremamente positiva. O humor é útil até para alavancar nosso interesse por assuntos mais sérios. Em minhas palestras, aproveito conscientemente esse poder do humor, para ligar os assuntos – por vezes bastante profundos e complexos – mantendo as pessoas atentas e receptivas. 
.
Quando comecei a me interessar pela leitura, um dos principais inventivos que me levaram ao hábito de ler livros foi a revista "Seleções", que era muito popular na época de minha juventude. Nessa revista havia resumos de livros de renomados escritores, e bons artigos sobre os mais variados assuntos. Mas o que eu lia primeiro – e acredito que a maioria dos leitores tinha o mesmo costume – era uma seção chamada "Rir é o melhor remédio", com piadinhas curtas. Só depois de ler e reler as piadas, eu encarava os textos maiores.
.
Essa expressão ficou na minha memória: "
Rir é o melhor remédio". E hoje compreendo que o ato de rir é bom não somente para a boa convivência entre as pessoas, mas também para a qualidade de vida. Acima de tudo, e sem dúvida nenhuma, rir faz bem à saúde. Inclusive à saúde do ambiente de trabalho.
.
Mas não basta ser engraçado para instituir o bom humor em um ambiente. Rir da piada contada pelo chefe ou pelo colega não garante que existe bom humor. Humor é algo bem mais profundo; depende do equilíbrio da pessoa e do ambiente.

Humor é estado de espírito, disposição, temperamento. Está ligado ao ânimo de cada pessoa e também de todo o grupo. O humor do grupo influi no humor de cada pessoa e vice-versa. Isso vale para a população de uma cidade, ou do país, e vale também para a empresa. Este é sentido de um velho provérbio chinês, que deixo aqui para os leitores: 
.

.
"Quem não sabe sorrir não deve abrir uma loja". .

.

.

 

PROF. GRETZ

.

Viabilização de Talentos Humanos
Rua Rui Barbosa 670 sala 701 - 88025-301 Florianópolis - SC
Tel.: 048-228-0668 / 048-228-0808 Fax: 048-228-6207
talento@gretz.com.br         
http://www.gretz.com.br

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

JORNAL DICAS DA SEMANA DO WWW.SDR.COM.BR Nº219 ...

.

.

FUTURO - TENDÊNCIAS   IDÉIAS - PENSAMENTOS

. .

.

Depois da venda...

.
A verdadeira forma de mensurar o Atendimento ao Cliente de uma empresa acontece depois que a venda é concluída. O que você faz para resolver uma reclamação pós-venda de um cliente ? Nada ? Pois então você acaba de perder um cliente. 

O que o seu cliente quer é uma solução que o deixe satisfeito. Nada além disso. Por esse motivo, procure entender o que irá deixar o seu cliente satisfeito, e a partir daí, procure acompanhar a solução do problema até que o cliente esteja 100% convencido de que a sua empresa ainda é uma entidade confiável. 

Todos cometem erros. Um cliente pode aceitar isso. Agora o que vai diferenciar você dos seus concorrentes é a forma com que você resolve o problema.

.

.

CRM com seus Funcionários

.

Enquanto você investe tempo, dinheiro e recursos para conhecer melhor os seus clientes, não deixe de investir o mesmo tempo, dinheiro e recursos com o mais importante dos seus clientes: Os seus Funcionários.

.

Ao criar um excelente relacionamento com os seus funcionários, você estará tratando-os da forma com que eles desejam ser tratados. Se você espera que eles forneçam um Serviço de Atendimento ao Cliente de alta qualidade, você precisa tratá-los como se fossem o seu melhor cliente. 

.

Um alto giro de funcionários só irá levar a um alto giro de clientes. Se a cada ligação de clientes para a sua empresa ele ouvir 1 voz diferente, muito dificilmente você conseguirá criar um relacionamento de longo prazo com ele. 

.

Trate seus funcionários como eles merecem: crie programas de incentivo, newsletters, prêmios de reconhecimento, encontros mensais sobre metas e objetivos a serem alcançados, discussão sobre o mercado e muito mais. Os seus funcionários são o seu melhor cliente.

.

.

A importância da inclusão digital 
Ivair Rodrigues
...

.

Os modernos meios de comunicação, especialmente a Internet, trouxeram para os cidadãos um diferencial no aprendizado e na sua capacitação profissional e, conseqüentemente, maior possibilidade de ascensão financeira. Há estudos que revelam que cada ano adicional de estudo o salário médio do brasileiro é acrescido em 10%
.
Atualmente, a seção de emprego de qualquer jornal revela que o conhecimento em informática é o item mais básico de qualificação necessária para muitos cargos. Cheguei a entrevistar algumas agências e consultorias de RH, como também especialistas da área, e a maioria afirmou que a falta no domínio de ferramentas como editor de texto, banco de dados e planilhas é a principal barreira que enfrentam os candidatos a um emprego hoje no Brasil. Um curso para estes três aplicativos, por exemplo, custa em torno de R$1.500,00, um valor extremamente alto para o poder aquisitivo médio do brasileiro, especialmente para os jovens. Qual, então, a saída para aprender a manusear ferramentas tão essenciais? 
.
Segundo o último Censo no segmento escolar realizado em 2000, há 345 mil instituições de ensino no Brasil, sendo 82% provenientes do ensino público. No ensino fundamental, a participação do setor público chega a 90%. Mesmo com esta representatividade, a IDC verificou que 80% dos gastos com informática no segmento educacional brasileiro são destinados às instituições de ensino superior e às escolas privadas. 
.
As escolas particulares estão investindo em laboratórios de informática e colocando este item como diferencial para atrair novos alunos. Um dos pontos avaliados de forma positiva pelo MEC é o investimento nos laboratórios das escolas. Além disso, a maior parte das classes sociais mais abastadas, freqüentadora das escolas privadas, já possui um computador em casa. 
.
A realidade de tudo isso é que muitos brasileiros não têm condições de pagar um simples curso de informática ou adquirir equipamentos e serviços para entrar no mundo digital. Apenas 12% dos domicílios no Brasil possuem computador. Para efeito de comparação, no caso da América Latina, por exemplo, o Chile alcança o índice de 20%. E na maioria dos países asiáticos, então, o índice sobe para 35%.
.
É claro que, paralelamente à inclusão digital, precisamos lembrar que o Brasil é ainda um país com 15 milhões de analfabetos. Fora isso, 29,4% da população do país é formada por analfabetos funcionais, ou seja, pessoas que não completaram os quatro primeiros anos do ensino fundamental.
.
Cada vez mais, evidenciam-se o reconhecimento e o empenho (educacional) de se encontrar soluções para garantir e popularizar o acesso à Internet. Com isso, pretende-se gerar um avanço na capacitação e na qualidade de vida de grande parte da população, bem como prepará-la para as necessidades futuras. 
.
A alfabetização digital é o principal caminho para a inclusão social, devendo ser tratada como política pública, pois uma pessoa alfabetizada no universo digital terá condições de selecionar e pesquisar informações na Web, processar dados, adquirir conhecimento e, mais importante, transmiti-los, fazendo disso um meio para melhorar sua qualidade de vida.

.

.

COMO FAZER DE VOCÊ UMA MARCA

.
"
a marca é você". É a marca do futuro, a que triunfará graças a uma sociedade na qual se idolatram indivíduos (muito próximo temos um exemplo de David Beckham). 

.

Baixo a máxima "ou se distingue ou se extingue", Tom Peters explica que os profissionais  devem se constituir em sua própria marca. Aprender, informar-se e crescer são os pilares para que um profissional independente se venda com êxito.
.
"
50 chaves para fazer de você uma marca" aborda desde o desenho do cartão de visita e a elaboração de uma agenda de contatos à construção de uma página web e a otimização de resultados. Tudo ao redor de você mesmo é: "a marca é você".

.

.

O Momento do Coaching

PROF. RICARDO JORDÃO

..

O ambiente de trabalho está cada vez mais desafiador para todos nós. Aos funcionários é solicitado um número cada vez maior e maior de tarefas, geralmente sem o treinamento adequado. 

Quando um erro é cometido, a atitude do coaching pode ajudar o funcionário a construir a sua auto-confiança sem fazê-lo sentir-se culpado ou criticado. Essa atitude a partir de um gerente, ajuda a construir a lealdade do funcionário para com a empresa ao mesmo tempo que o motiva a assumir riscos. 

Coaching é um processo contínuo de ajudar o funcionário a encontrar as suas próprias soluções para os problemas da empresa. O gerente Coach é aquele que tem uma visão diferente e mais abrangente que o seu funcionário. É aquele que observa o trabalho do funcionário e fornece constantes feedbacks a ele. 

A chave para ser um bom coach é identificar os momentos ideais para fazer o coaching e tirar o máximo proveito deles. Um ótimo momento para o coaching é aquele quando uma coisa muito boa ou muito ruim acaba de acontecer. 

.

Um grande coach ajuda as pessoas a produzir o melhor do seu trabalho. Seja um Coach para os seus funcionários. Funcionários, exijam uma atitude de coaching por parte do seu chefe. 

.

.

.

Os Princípios do Orgulho

.
Se você deseja que os seus funcionários estejam comprometidos com as metas da sua empresa. Você precisa injetar
ORGULHO em seus corações e alma. 

.

Conheça os princípios básicos que podem ajudar você a assegurar que possui uma equipe formada por profissionais orgulhosos. 

Supere as expectativas dos seus clientes. Todo contato com a sua empresa é uma oportunidade para você demonstrar a seus clientes o comprometimento da sua empresa com a qualidade dos serviços prestados. 

  • Ganha-Ganha. Trate os seus clientes com cortesia e respeito.

  • Seja um Líder. Todos podem ser líderes, mesmo que você esteja liderando você mesmo.

  • Participação e Contribuição. O sucesso da empresa é responsabilidade de todos.

  • Persiga a Excelência na Execução... dos serviços prestados pela sua empresa.

  • Trabalhe como Equipe. Trabalho em equipe gera Inovação e Criatividade.

  • Compartilhe Conhecimento.

  • Faça tudo da maneira mais simples possível. 

  • Certifique-se que seja fácil para os seus clientes fazer negócios com a sua empresa. 

  • Certifique-se que seja fácil para os seus funcionários trabalharem juntos.

  • Ouça e Comunique. Os seus clientes e os seus colegas precisam de informação. 

Divirta-se. Se você não estiver se divertindo, descubra o porquê e corrija agora. 

.

.

NOTÍCIAS

.

Quanto mais preto o chocolate melhor são os benefícios, dizem cientístas - www.cnn.com 
Boas notícias para os amantes do chocolate puro: ao come-lo poderiam estar beneficiando um bem ao seu coração e seus papilas gustativas. Um grupo de cientistas italianos e britânicos descobriram que o chocolate puro aumenta os níveis de antioxidantes no sangue, que ajudam a proteger contra as enfermidades cardíacas. 
.
Em uma reportagem que será publicada no jornal cientista Nature, informaram que os níveis de antioxidantes no sangue aumentaram quase 20% depois de consumir 100 gramas de chocolate puro, comparado com o chocolate de leite. "Nossos estudos indicam que o leite pode interferir com a  absorção de antioxidantes do chocolate (...) e por tanto negar os potenciais benefícios à saúde que podem deriva-se de consumir moderadas quantidades de chocolate preto", escreveram os cientistas. 
.
Isso sim, os abusos não são bons. "Não pense que se comer cinco a seis barras ao dia estará se fazendo um bem", explicou um dos autores do estudo, Alan Crozier, da Universidade de Glasgow. Agora se você prefere o chocolate de leite, ainda tem um consolo. Para alcançar o mesmo insumo de antioxidantes que tem  o chocolate puro, deve-se consumir o dobro. 

.

.

.

.

Crackers roubam cartões da Marinha americana

Crackers invadiram os sistemas da Marinha americana e copiaram os números de 13 mil cartões de crédito usados para o pagamento de despesas governamentais. Além dos números, os crackers baixaram também as últimas faturas destes cartões. O Departamento de Defesa americano informou ao jornal Washington Post que a Marinha já cancelou os cartões de crédito roubados virtualmente. 
.
O Citibank, que administra os cartões usados pela Marinha, disse que não registrou nenhuma atividade fora do normal com estes cartões desde que a invasão começou, em julho, e também que nenhuma fraude foi relatada. Segundo o banco, o roubo cracker só foi comunicado na quinta-feira, dia 21. Tanto o Departamento de Defesa quanto especialistas da Marinha ainda estão tentando identificar que tipo de brecha de segurança foi explorada. As invasões, que provavelmente começaram em 10 de julho, só foram descobertas 20 dias depois, quando os militares detectaram um tráfego além do normal na rede. 

.

.

.

.

E-commerce vai ultrapassar R$ 1 bi em 2003
Os brasileiros devem gastar este ano na internet entre 1,2 e 1,3 bilhão de reais, pelos cálculos do e-bit e da Câmara-e.net. Um crescimento de 40% com relação aos 900 milhões gastos em 2002. As duas entidades estão confiantes porque, no fechamento do 1º semestre, foi registrado um faturamento próximo a 500 milhões de reais. O tíquete médio registrado em maio de 2003 foi de 289 reais. E também porque a máxima "consumidor satisfeito gasta mais" também deve valer para a internet. Segundo a 8ª edição do relatório Web Shoppers, entre janeiro de 2001 e junho de 2003 o índice de satisfação dos brasileiros com as compras virtuais subiu de 78,8% para 86,5%. 
.
Um dos principais motivos para este aumento foi a melhoria dos serviços de logística e de atendimento ao cliente nestes três anos, dizem o e-bit e a Câmara-e.net. Em junho de 2001, 61% dos compradores receberam suas encomendas no prazo e 22% receberam com atraso. Em junho de 2003, 70% receberam no prazo e apenas 9% registraram atraso. Os índices não chegam a 100% por causa de variantes como entregas parciais, cancelamento dos pedidos ou pessoas que não responderam a esta pergunta no questionário. Outro dado levantado pelo estudo é que o cartão de crédito é o meio de pagamento utilizado em 80% das compras. Apenas 9% dos internautas compram com boleto bancário, enquanto 2% optam pelo cheque e outros 9%, por outras formas de pagamento, como transferências. 
.

.

.

.

Kit.Net fecha conteúdo para assinantes Globo.com
Um dos dez endereços mais acessados pelos internautas brasileiros, segundo o Ibope eRatings.com, o Kit.Net passa a ser um site fechado para assinantes da Globo.com a partir do próximo dia 2 de setembro. O Kit.Net é o serviço para criação de páginas pessoais da Globo.com, e é o primeiro a ter seu conteúdo fechado depois do Globo Media Center, acervo dos programas da TV Globo que podem ser assistidos na web - mas este já nasceu com acesso exclusivo via assinatura. O próximo serviço que será restrito aos assinantes será o de e-mail. Para usar o Kit.Net, o internauta então vai precisar assinar qualquer um dos planos de ISP da Globo.com: banda estreita, banda larga ou do pacote Globo Media Center, sendo que o valor mínimo cobrado é de 14,90 reais por mês. A regra vale mesmo para quem já tem um site pessoal hospedado no serviço. 

Há exatamente um ano, desde o lançamento do Blogger, a Globo.com vem falando em fechar alguns de seus sites para assinantes e na oferta de conteúdos pagos. Mas o provedor não liberou outros planos além da restrição do Kit.Net e do Globomail. Frederico Monteiro, diretor de marketing da Globo.com, explicou que a estratégia do provedor agora é mesmo privilegiar os principais conteúdos e ferramentas do portal para o assinante.

.

.

.

.

Oi e Tim já bloqueiam celulares roubados
A Oi e a TIM criaram uma estratégia para evitar que os aparelhos roubados, furtados ou extraviados sejam colocados em operação novamente - pelo menos nas redes das duas operadoras. 

As duas empresas criaram, em julho, o Cadastro de Aparelhos Bloqueados (CAB), uma lista compartilhada que contém os registros de roubo, perda ou furto comunicados pelos clientes. Após a comunicação, as operadoras conseguem bloquear o aparelho pela rede e, mesmo se outra pessoa digitar o PIN (senha de acesso) corretamente, será possível saber pelo número de série que aquele aparelho consta no banco de dados do CAB e bloqueá-lo. 

Para que o celular seja bloqueado, o usuário deve encaminhar para a operadora uma cópia do boletim de ocorrência, contando o número de série do aparelho e o modelo. Para clientes TIM, o telefone onde se pode solicitar a inclusão do aparelho no CAB é 0800-702-1010; para clientes Oi, o número é 0800-281-8801. 

No entanto, no Pará, Amazonas, Pernambuco e Ceará, por enquanto, o CAB está liberado apenas para os usuários da Oi. A TIM oferece nestes estados, e também no Paraná, o bloqueio do TIMChip, e promete liberar o CAB até o final do ano. 

.

.

Construindo parceria com seus funcionários.

.
O guru em recursos humanos Jim Harris sugere quatro maneiras de criar uma poderosa relação de parceria entre Empresa e Funcionários. 

1. Elimine qualquer barreira de status e hierarquia. 

2. Abra os números e resultados da empresa para todos os funcionários. 

3. Remunere os seus funcionários baseado em performance e não em cargos. 

4. Compartilhe os bons e maus momentos com todos os funcionários.

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

.

SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO, VENDAS E SERVIÇOS SDR

.

o sistema sdr já inclui NO PREÇO o uso em rede ilimitado sem custos extras E não tem taxa de manutenção mensal. a única taxa que o sistema sdr tem, é a anuidade de R$:120,00 para efeitos de suporte e atualização, com vencimento em março de cada ano (2007 bonificada)

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

FONE: 51 3019 2817

.

sistema de representação comercial e vendas

.L

.

.

caso deseje alterar ou cancelar sua assinatura, clique no link a seguir:

ALTERAR ASSINATURA

.

.

ÓTIMO TRABALHO E ATÉ A PRÓXIMA EDIÇÃO!

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Clique aqui para nós enviar um e-mail

.

INDIQUE SEU TEMA  ..-  ENVIE-NOS SUA OPINIÃO

.

Av. Caçapava 425 - sala 03 - Petrópolis -  Porto Alegre (RS) - BRASIL cep: 90460-130

 FONES: 51 -  3019 2817  -  FAX 51 3333 3553

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007 - SDR