Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

.

JORNAL De REPRESENTAÇÃO comercial sdr - EDIÇÃO Nº 242 - 06.02.2004

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

.

.

" LEIA NESTA EDIÇÃO "

.

..DICA DA SEMANA DA EQUIPE DO SOFTWARE SDR - "QUANTO VALE SEU NEGÓCIO"

..CARTAS RECEBIDAS DO JORNAL 241

..HISTÓRIA DA MARCA - "DOM PERIGNON, O MONGE DO CHAMPAGNE"

..ARTIGO DO PROFESSOR EDUARDO BOTELHO - "TUDO É BOM QUANDO TODOS GANHAM"

..CURIOSIDADES, FRASES E IDÉIAS

..ARTIGO DO PROF. JOSÉ GERALDO RECCHIA - "COMO CONTRATAR SEU PRÓXIMO CAMPEÃO DE VENDAS"

..TRANSPORTES E LOGÍSTICA Nº20

..ARTIGO DO PROF. JÚLIO CLEBSCH - "CERTA ESTÁ A AVESTRUZ"

..PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA SEMANA

..REFLEXÃO DA SEMANA DE BILL GATES

..ARTIGO DO PROF. ALEXANDRE FREIRE - " SERVIÇOS: UM CHECK LIST "

..PIADAS DO SDR

..ARTIGO DO PROF. RICARDO JORDÃO - "NÃO VISITE OS CLIENTES"

..INTERNET, FUTURO, TENDÊNCIAS, PESQUISAS

.

.

Querido Professor Eduardo,

.

Sabemos que saíste na madrugada e não tivemos tempo de nos despedir. Por isso hoje, todos os Leitores, Professores e Equipe do jornal do SDR "Dicas da Semana", queremos te dizer, muito obrigado por tudo que nos ensinaste.

.

Saberemos honrar teus ensinamentos e por sempre divulgaremos eles a quem verdadeiramente sintam orgulho de serem "Vendedores" como tu sempre nos ensinou.

.

O Prof. Eduardo Botelho não pode esperar a intervenção cirúrgica que visava realizar o transplante de medula que tanto precisava e as 3 da madrugada do dia 02 de fevereiro de 2004, elevou seu espírito para usufruir do seu merecido descanso.

.

Muito obrigado por tudo Prof. Eduardo Botelho

.

.

 

.

.

.

.

.

.

...

.

" DICA DA SEMANA 005 da equipe do software sdr "

.

.

quanto vale seu negócio?

..
Quem será o seu sucessor na
REPRESENTAÇÃO COMERCIAL?. - Você trabalhou por mais de 20 anos em seu escritório, está prestes a se aposentar e não tem ninguém para ficar em seu lugar. 

  • Como garantir a continuidade do seu negócio? 

  • Quem ficará em seu lugar? 

  • Como procurar e definir a pessoa certa? 

Para começar a primeira coisa que você deve fazer é definir que tipo de pessoa você precisa. Mas primeiro, não procure encontrar uma pessoa exatamente igual a você. Os tempos mudam, os mercados mudam, e com isso diferentes talentos serão necessários no futuro. 
.
Definido o perfil do profissional ideal, examine as pessoas disponíveis. Procure dentro e fora da sua empresa. Não valorize apenas habilidades técnicas, dê preferência para pessoas que estão ansiosas por assumir o cargo. 
.
Uma vez escolhida a pessoa, entenda que ela provavelmente não terá todos os talentos necessários para assumir o cargo. Desenhe então um plano para desenvolver os talentos não desenvolvidos, e acompanhe de perto a sua evolução. 

Se você ainda não parou para pensar em quem será o seu sucessor, não demore muito para fazê-lo. E se ainda não passou para um sistema tudo aquilo que PESQUISOU AO LONGO DE SUA VIDA PROFISSIONAL, faça isso urgente!

.

.

.

 ..

..

.

.

.

.

.

.

.

.

 .

dicas da semana 

"CARTAS RECEBIDAS DAS AMIGAS/OS DO SDR - JORNAL N°241"

.

SEJAM MUITO BEM VINDOS.

.

..

FÁBULAS DE ESOPO 

560 - 640 ac

.
.

A águia, a lebre e o besouro

.

Uma lebre estava sendo perseguida por uma águia, que vendo-se perdida pediu ajuda a um besouro, suplicando-lhe que a ajudasse. O besouro pediu para a águia que perdoasse sua amiga. Mas a águia desprezando a insignificância do besouro, devorou a lebre em sua presença.
.
Desde então, o besouro buscando vingar-se, observava os lugares onde a águia colocava seus ovos e fazendo-os rolar, os atirava a terra. A águia vendo-se perseguida aonde quer que fosse, recorreu a Zeus, pedindo um lugar seguro para colocar seus ovos.
.
Zeus ofereceu para colocá-los em sua cama, mas o besouro percebendo a tática escapatória fez uma bolinha de esterco, a rolou, e deixou cair sobre a cama. Zeus. vendo aquela sujeira, levantou-se e sacudiu as roupas e sem dar-se conta jogou no chão os ovos. 
.
Por isso desde então as águias não põem ovos na época em que os besouros saem para voar.
..
MORAL: - "Nunca desprezes o que te parece insignificante, porque não há de ser tão fraco que não poderá alcançarte." 
.

.

Nos desculpem por não publicar todas as cartas que recebemos, apenas as primeiras 20 são as que publicamos e o fazemos em representação de todas as que recebemos. Muito obrigado,

.

EQUIPE DO SDR

.

VILSON MASCARELO - DIRETOR COOPECA MÓVEIS LTDA.
NOSSO REPRESENTANTE DIDIO DE PORTO ALEGRE NOS RECOMENDOU O SOFTWARE DE REPRESENTAÇÃO DA SUA EMPRESA E QUEREMOS NEGOCIAR A COMPRA PARA NOSSOS REPRESENTANTES.

MARIA TEREZA PERUZZI - PURAC
OLÁ, EU SOU A JORNALISTA RESPONSÁVEL PELO JORNAL DA EMPRESA EM QUE TRABALHO E PROCURO ESTAR ME ATUALIZANDO SEMPRE, PORTANTO, PARA MIM, É IMPORTANTE ESTA ASSINATURA.
OBRIGADA

.

(SOLICITAMOS A MARIA TEREZA PARA QUE ENTRE EM CONTATO PARA RETIFICAR O E-MAIL, OBRIGADO)

.

CARLOS ALBERTO DE BRITO
FIQUEI MUITO SURPRESO PELOS ELOGIOS DOS ASSINANTES GOSTARIA DE SER MAIS UM. OBRIGADO PELO TRABALHO EFICIENTE.

FABIO LUIS SURDI - DISAPAR - MÁQUINAS. TINTAS E FERRAMENTAS
É UM JORNAL ATUAL, COM MUITAS INFORMAÇÕES ÚTEIS.

ROSEMARY DUCRAUX
PARABÉNS PELO SITE, GOSTARIA DE RECEBER AS INFORMAÇÕES.
GRATA!

MARIA DE FÁTIMA
GOSTEI DO QUE VI E DO LI, POR ISSO FIQUEI INTERESSADA EM ARTIGOS SOBRE ADMINISTRAÇÃO, PSICOLOGIA, MOTIVAÇÃO, RELACIONAMENTO E ADMINISTRAÇÃO DE TALENTOS, MARKETING, O&M...PARABÉNS

ANASTÁCIO ALVES  - BELO HORIZONTE (MG)
GOSTARIA DE SABER SOBRE O PROGRAMA DE BANCOS DE DADOS, DESTINADO A REPRESENTAÇÃO COMERCIAL. COLEGAS ME DISSERAM QUE VOCÊS TEM UM ÓTIMO E SEM DÚVIDA QUE QUERO ASSINAR O JORNAL, OBRIGADO

KOLARTICA COML DE BEBIDAS LTDA
PARABÉNS,SEU JORNAL ESTA CADA VEZ MELHOR

JOSÉ JULIO PINHEIRO FILHO
GOSTARIA DE ASSINAR O JORNAL GRATUITAMENTE.
GRATO, JULIO

ALBERTO LOUREIRO - RHV -  representante da SanRemo, Ordene e Alklin.
GOSTARIA DE CONHECER O JORNAL .

FLAVIO SANTOS BATISTA - HANSATECNICA - COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES
GOSTARIA DE CONTINUAR A RECEBER ESTE EXCELENTE JORNAL.
OBRIGADO,
FLAVIO
TI - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - HANSATECNICA

RUDIMAR SALAS - GTE. DE VENDAS DE PEÇAS AUTOMOTRIZES
ME RECOMENDARAM O SITE DE VOCÊS E O JORNAL. GOSTARIA DE CONHECER TAMBÉM O SOFTWARE SDR PARA MINHA EQUIPE, OBRIGADO.

JANAINA THOMAS - CONSULTORA AVON
PORQUE NÃO CONHECI VOCÊS ANTES? SÃO MARAVILHOSOS E AS INFORMAÇÕES SÃO FUNDAMENTAIS PARA O TRABALHO DE VENDAS, OBRIGADA.

ANA CLÁUDIA REPRESENTAÇÕES LTDA.
RECEBIA REGULARMENTE E ACHEI-O ÓTIMO POIS ME AJUDAVA MUITO.

F. PEIXOT0 - DIRETOR  - Comércio de Cereais Ltda.
ÓTIMO , GOSTO DE TUDO NELE E APROVEITO AS DICAS NO DIA A DIA. QUERO ASSINAR E CONHECER MELHOR O SDR - SOFTWARE PARA REPRESENTANTES, PARABÉNS.

HELTON VINICIUS BALIEIRO BASILE 
OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE DE OFERECER AOS USUÁRIOS ESTE JORNAL GRATUITAMENTE.
ATENCIOSAMENTE,
HELTON

WAGNER BLANC
GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE UMA REPORTAGEM DE PARETO.

WESLEY ROBERT
GOSTARIA DE MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O SOFTWARE SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO.

CELIA PRADO
AGRADEÇO ANTECIPADAMENTE!!!
CÉLIA

HUDSON CAMARGO SOARES - GERENCIA COMERCIAL

FUI RECOMENDADO POR PATRÍCIA VIANA, ASSINANTE DE CURITIBA E REPRESENTANTE NOSSA. Gostaria de ressaltar a enorme importância desse jornal no processo de profissionalização DA ÁREA E QUERO LHES DIZER QUE FAÇO QUESTÃO QUE MEUS REPRESENTANTES ASSIM COMO MEU PESSOAL INTERNO ASSINEM O JORNAL.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Dom Perignon, O MONGE DO CHAMPAGNE 

.
.

A magia do champagne gira ao redor do famoso método champenoise ou método tradicional. A lenda conta  que o método foi descoberto por Dom Perignon, um monge beneditino, chefe da cava da Abadia de Hautvillers entre 1668 e 1715, o qual teve um rol destacado na comercialização dos vinhos da região. 
.
Que uma bebida tão glamourosa e associada com sedução e estilo de vida, pode ter sido descoberto por um ascético monge resulta um irônico relato que tem sido amplamente cultivado por uma casa comercial. Em realidade, os vinhos da região de Champagne tinham uma natural tendência a criação de borbulhas.
.
O clima frio da região ditava que as uvas fossem colhidas tardiamente e portanto simplesmente não havia tempo suficiente para a ação das leveduras presentes na pele destas uvas, para converter o açúcar do mosto em álcool, antes de que o inverno as pusesse a dormir. No início da primavera, as leveduras despertavam e a fermentação começava novamente, expelindo gás carbônico que, trancado em barris selados, não tinha para onde escapar e por esta razão, se transformava em vinho espumante.

.

Espumantes? Sim, pois, como já se sabe, só é permitido o uso da denominação "Champagne" para os vinhos espumantes produzidos na região bem ao norte da França, onde se localizam as cidades de Reims e Épernay, mas conhecidas como "vale do Champagne". Ou seja "Champagne" virou uma marca registrada não faz muitos anos e requerida nos tribunais comerciais do mundo. Excelente jogada de marketing dos Franceses e que todos contribuímos para isso.

.

A denominação champagne é uma "appellation d’origine contrôlée" (denominação de origem controlada). Segundo a legislação francesa, reforçada por tratados europeus e pela tradição mundial, a região de Champagne, na França, é a única no mundo que pode dar o nome de Champagne aos seus espumantes, já que foi registrada como marca comercial apenas para os produtores do lugar. Nem mesmo outras regiões da França podem chamar assim seus vinhos espumantes. De acordo com a legislação francesa, somente três uvas podem ser combinadas no champagne: - "a variedade Chardonnay, rainha mundial das uvas brancas, e as variedades Pinot Noir e Pinot Meunier", uvas vermelhas que são usadas sem sua pele (de onde vem a cor do vinho) e que contribuirão ao corpo e bouquet (aroma) tão característico do champagne.

.
Com o tempo, este processo chegou a ser controlado ao realizar uma fermentação em duas etapas, a 1ª comum a qualquer vinho de mesa, e a 2ª, realizada com o líquido, acrescentando leveduras e  açúcares para conseguir a produção das borbulhas de forma natural dentro da garrafa. A diferença entre os espumantes e os vinhos começa na colheita.

.

Apenas três tipos de uva podem ser usados em sua composição: - "a branca chardonnay e as tintas pinot noir e pinot meunier". Cada uma delas é vinificada separadamente e só depois é que são misturadas. Há desde champanhes compostos por todas as uvas, até os que possuem apenas a chardonnay. As uvas são retiradas precocemente da parreira em baixas temperaturas, para preservar a alta acidez. 
.
O mosto-flor, suco que flui livremente das uvas sem pressão externa, é o que vai fermentar para se transformar em vinho-base. Essa fermentação é feita em barris de carvalho ou tanques de aço. Em seguida, o vinho-base vai para uma segunda fermentação pelo método
Champenoise ou Charmat. Esta segunda fermentação provocada (uso de leveduras) é feita em reservatórios especiais, para resisitir a pressão ou na própria garrafa de comercialização, formando o anidrido carbônico responsável pela formação das borbulhas, espuma e o movimento de "estouro" da champagne.

..

A história conta que uma certa vez, na Abadia de Hautvillers, o monge "Dom Perignon" esqueceu algumas garrafas de vinho com resíduos de açúcar. Quando verificou que estavam estourando, provou o vinho e disse: - "Estou vendo estrelas". Ou seja entendeu como se produz um dos maiores segredos da qualidade dos espumantes naturais: - "a técnica de misturar pequenas parcelas de vinho, de diferentes parreiras chamada assemblage". Acontece que, nesse processo, os gases estouravam as rolhas ou arrebentavam as garrafas. Dom Perignon então experimentou garrafas mais fortes e rolhas amarradas com arame, conseguindo obter a segunda fermentação dentro do recipiente... e assim surgiu um vinho espumante que depois seria batizado de Champagne ( NOME DA REGIÃO ONDE SE PRODUZIA).
.
No entanto, havia um problema com o vinho:
"os resíduos da segunda fermentação permaneciam na garrafa, fazendo com que a bebida tivesse uma aparência feia, o líquido turvo e não límpido como é hoje". Foi então que a célebre viúva Clicquot (Viuve Clicquot), que também virou uma marca de Champagne, desenvolveu os processos de "Remuage des Bouteilles" (girar as garrafas) e "dégorgement" (degolar). No primeiro os funcionários da adega inclinam e giram as garrafas, fazendo com que os resíduos se descolem do corpo do recipiente e fiquem acumulados no gargalo. Aí então entra o dégorgement, que retira todas as impurezas, fazendo com que o vinho fique límpido e transparente.

.
O tipo de champanhe depende de sua porcentagem de açúcar e isso é decidido após a
"remuage", quando as garrafas são colocadas horizontalmente em estruturas de madeira e giradas diariamente, até que cheguem na posição vertical e os sedimentos e leveduras se depositem na ponta do gargalo. Ocorre então, o dégorgement, em que o gargalo é resfriado e as impurezas congeladas são retiradas. Nesse momento, adiciona-se o liqueur de dosage ou liqueur d’expédition, que vai definir o tipo da bebida. A etapa final é o envelhecimento, que geralmente não leva menos de 3 anos.

Extra brut e brut intégral: raros, não têm adição de licor.
Brut: possui 1% de licor.
Extra-sec: possui de 1% a 3% de licor.
Demi-sec: é levemente doce e possui de 3% a 5% de licor.
Doux: champanhe doce, indicado para a sobremesa. Possui entre 8% e 15% de licor.

Os de melhor qualidade apresentam uma limpidez cristalina, espuma abundante e perlage fino e persistente, feito de bolinhas de pequeno tamanho. Devem ser tomados bem gelados (cerca de 8°), em flûtes, taças alongadas que permitem uma melhor apreciação do perlage. Os brut, que são secos, e os demi-sec, adocicados, acompanham bem as sobremesas.

.

Existe no mercado o mito de que um champagne ou uma boa cava são ideais para a ocasiões especiais como casamentos, formaturas ou jantares de gala. O anterior é totalmente certo mas sumamente limitante, pois também é por excelência uma bebida que pode acompanhar a boa mesa cotidiana ou qualquer outra situação social. Madame Bollinger disse certa vez: 

.

"Eu só bebo champagne quando estou feliz ou quando estou triste... Às vezes eu bebo quando estou sozinha, mas quando estou em companhia, considero obrigatório. - Eu me distraio com champagne quando estou sem fome e bebo quando estou faminta. Fora isso, eu nem toco nele, a menos que esteja com sede."

.

Tenha o máximo cuidado com a abertura da garrafa, procedendo de forma silenciosa e não permitindo a saída excessiva do gás. Para tanto, incline ligeiramente a garrafa e a faça girar segurando a rolha com a outra mão até que esta se desprenda. O Champagne comum não é safrado, sendo um blend (MISTURA) de várias colheitas, cabendo ao enólogo combinar harmonicamente vinhos de safras diversas para se obter um bom produto final. Já o Millésimé ou Champagne Vintage, é feito a partir de uvas de uma só safra, mas de um ano que seja considerado excepcional. Além disso, ele é resultado de uma criteriosa seleção de vinhos de base, obtendo-se assim um Champagne de qualidade e estrutura formidáveis, podendo (e devendo) ser guardado por vários anos.

.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

 

.

" TUDO É BOM QUANDO TODOS GANHAM "

..

.

SR. PROF. EDUARDO BOTELHO

..

Autor, Consultor e Diretor do

.INSTITUTO PROFISSIONALIZANTE EDUARDO BOTELHO

..

.

.www.eduardobotelho.com.br  -  www.ipeb.com.br 

.L

.

.

  • .Você, alguma vez, já foi capaz de sair ganhando sozinho de um negócio que fez? 

  • Em outras palavras : “Você, alguma vez, saiu ganhando e fazendo com que o outro perdesse? 

“Se você fez isso, pode ter certeza de que foi a última vez que essa pessoa aceitou negociar com você"
.

Como diz o cancioneiro popular: - “Quem bate, esquece; mas, quem apanha se lembra”. Ninguém faz dois negócios ruins com uma mesma pessoa. Há um provérbio árabe que diz o seguinte:

"Se você me enganar uma vez, a culpa é sua, porque você queria me enganar e eu não sabia; mas, se você me enganar pela segunda vez, a culpa é minha, pois eu sabia que você ia me enganar e deixei”.

O primeiro acordo que temos que estabelecer com os nossos clientes não é sobre preços, prazos, comprar ou não comprar, mas sim este: - “Senhor fulano, o senhor concorda que um negócio só é bom quando todos ganham“? Se ele concordar com isso, estamos prontos para negociar bem, mas enquanto ele não declarar isto claramente, não haverá possibilidade alguma de haver qualquer outro acordo.
.
Quando propomos que o negócio só é bom quando é bom para os dois e o cliente concorda, temos que imediatamente completar com o seguinte raciocínio:

“Então, senhor fulano, o que estamos de acordo é com o seguinte... “Se o negócio for bom só para o senhor, eu não devo faze-lo; e se ele for bom só para mim, o senhor também não deve faze-lo; estamos de acordo”?

Este é o grande acordo; o acordo básico, sobre o qual poderemos trabalhar com toda a tranquilidade todo e qualquer outro acordo. O que, lamentavelmente, acontece é que nós nos esquecemos de fazer este primeiro e primário acordo e já queremos que o cliente concorde com os nossos preços e as nossas condições. Isto é um lamentável erro que praticamos muito e que acaba nos custando caro, pois, primeiro temos que estabelecer que queremos chegar a um acordo bom para todos, para depois então podermos definir quais são as condições desse acordo.
.
Um bom negociador precisa primeiro estabelecer se há, ou não disposição clara para chegar a um entendimento, porque se não houver essa disposição nada mais será concretizado. Então em primeiro lugar estabeleça que tanto você, quanto o cliente, querem fazer um bom negócio; depois ... bem, depois é só estabelecer o que é um bom acordo, ou seja, quais são as condições para que esse acordo atenda aos dois lados. Na realidade, quando conseguimos que o cliente concorde que tudo será bom se for para os dois, deixa de haver dois lados (vendedor e comprador) e passa a haver apenas um, pois ambos passaram a querer uma única e mesma coisa.

.
Vamos ver agora, os fatores importantes para se negociar bem; são 26 aspectos que, ao longo do tempo, fomos catalogando sobre negociação; são eles :

01. Tenha o tempo a seu favor; ou melhor, não tenha pressa;
02. Conheça as necessidades do outro;
03. Saiba fazer o outro falar mais do que você;
04. Use sempre “nós”; nunca “eu”;
05. Concorde com superficialidades;
06. Tenha sensibilidade para “entrar nos sapatos do outro”;
07. Tenha percepção ativa registrando reações fisionômicas e físicas;
08. Olhe nos olhos;
09. Nunca interrompa raciocínios;
10. Troquer concessões; jamais apenas faça concessões;
11. Inspire confiança. Tenha ética sempre e acima de tudo;
12. Defina objetivos comuns;
13. Enfatize sempre e muito os benefícios que v. está oferecendo;
14. Não atropele; na dúvida pergunte : “O que está impedindo de fazermos este bom negócio agora”?
15. Nunca use o modo condicional (teria, faria, etc.) e evite ao máximo possível a palavra “não”;
16. Repita palavras usadas pelo outro, pois este é o “código”que ele entende;
17. Use o mesmo tom e velocidade de voz do outro;
18. Qualquer que seja a situação, jamais altere a sua voz;
19. Se puder, descontraia o ambiente, pois bom humor mostra segurança;
20. Nunca supervalorize a si mesmo, nem ao outro;
21. Enfatize sempre que v. está buscando “ganha/ganha”;
22. Se algum fator estranho o interromper; recomece o raciocínio todo;
23. Se o local não for o adequado, não negocie, apenas converse;
24. Faça mais perguntas, do que dê explicações;
25. “Fale”muito com os olhos e com os gestos; não apenas com a voz;
26. Faça um acordo básico inicial de que só deverá haver acordo se ambos ganharem.

Como você vê, negociar bem não é nada difícil desde que você e o cliente estejam de acordo sobre quem deve sair ganhando. Se ambos estiverem dispostos a “somar para um bom entendimento final”, nada poderá prejudicar o acordo final..

.

 

SR. PROF. EDUARDO BOTELHO
Autor, Consultor e Diretor do

.

www.eduardobotelho.com.br - www.ipeb.com.br 

..

Consultor e diretor do IPEB - Instituto Profissionalizante Eduardo Botelho. Professor e profissional de vendas há 44 anos; tendo já trabalhado como vendedor, supervisor, gerente de vendas, instrutor, gerente de treinamento e diretor comercial de empresas. - Há 13 anos é consultor comercial com absoluto sucesso no Brasil e no exterior para empresas pequenas, médias e grandes.

.

Palestrante e conferencista (Brasil,EUA,Portugal) com mais de 2000 atuações, sempre com grande sucesso. Já participou de mais de 1200 convenções de vendas, sendo sempre avaliado como ótimo/bom (100%).

.

Criador de vários cursos e palestras e autor de mais de 2000 artigos publicados em jornais e revistas no Brasil e no exterior. - Colunista do Jornal O Estado de S. Paulo durante 6 anos. - Articulista PERMANENTE das revistas Venda Mais , Business , Vencer , IOB, dentre outras e bolsista da Universidade de Nova York (EUA).

.

www.eduardobotelho.com.br  -  www.ipeb.com.br 

.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

dicas e curiosidades 

"JORNAL DICAS DA SEMANA" Nº242 DO WWW.SDR.COM.BR

.

FRASES, CURIOSIDADES   NEGOCIAÇÃO, VENDAS

..

.

"Máximas e Preceitos"

.

Todos os povos têm frases oriundas da sabedoria popular e às quais se atribui "a autoridade da verdade incontestável". Segundo a antiga tradição grega, grande parte das máximas e preceitos que todos conheciam e repetiam eram atribuídas aos "sete sábios da Grécia"

.

Essa denominação era dada na Antigüidade a sete homens todos estadistas ou legisladores que viveram entre AC 625 e 550 e se tornaram notáveis pela sabedoria prática. Os ensinamentos a eles atribuídos "Máximas e Preceitos" se tornaram tão populares que alguns chegaram a ser inscritos no templo de Apolo em Delfos em algum momento do século  VI AC. 

.

A lista de sábios variou um pouco com o passar do tempo. Uma das mais difundidas remonta ao tempo de Platão: - Tales, Periandro, Pitaco, Bias, Cleóbulo, Sólon e Quílon.
.

Periandro de Corinto.

Um dos mais antigos tiranos da cidade, viveu entre -627 e -584 AC, aproximadamente. Tinha fama de sanguinário, mas a cidade prosperou durante o seu governo.  (A IMAGEM É Cópia dA obra grega de data incerta, proveniente de Tivoli. museu DO VATICANO). .

  • É bom o descanso.

  • é perigosa a temeridade.

  • Prefiro a democracia à tirania.

  • o estudo se dirige a todas as coisas.

  • a ganância desonrosa É uma mancha contra nossa natureza.

  • os prazeres são mortais, as virtudes imortais.

  • Seja comedido quando toca ser feliz, mas na adversidade aja com prudência.

  • é melhor morrer econômico que viver necessitado.

  • Mostre-se digno dos seus progenitores.

  • Trata de que em vida te celebrem e morto julguem que foste feliz.

  • Seja sempre o mesmo, tanto para teus amigos felizes como para os desgraçados.

  • Falta aos compromissos que contraíste forçadamente.

  • Não divulgues as conversas secretas.

  • Reprova pensando que, daqui a pouco serás amigo de quem reprovas.

  • Alimenta-te de leis antigas e de comida fresca.

  • Não somente castigues aos culpados: impeça-os de cometerem novas faltas.

  • Esconde tuas desgraças para que teus inimigos não se alegrem..

.

O PRIMEIRO CARRINHO DE SUPERMERCADO É DE 1937

.

Sylvan Nathan Goldman

.

Ano de 1937. Sylvan Nathan Goldman, dono de duas pequenas redes de supermercados no estado de Oklahoma (USA), comprometido com a qualidade dos serviços que prestava e sempre atento às necessidades de seus clientes, ficou observando os seus clientes e prevendo necessidades e formas de ajudar-los dentro das lojas. Como em qualquer outra loja, as cestinhas de compras, eram de vime ou fio. Estas cestas tornavam-se muito pesadas para a clientela, sobre tudo as do sexo feminino.
.

.
A frase mais conhecida de
Sylvan para seus funcionários era "WATCHFULLL" ou "Fiquem de Olho" para a clientela que já tinha enchido a cesta, a que era rapidamente trocada por uma vazia, e se deixava a outra no caixa, a espera das comprar finais do cliente. As equipes se revezavam dando sempre aqueles "WATCHFULLL", para servir o cliente com qualidade e manter sem impedimentos "Comprando Mais".
.

.
Numa das noites do ano de 1936, Sylvam trabalhava no seu escritório e sua atenção foi fixada numas cadeiras dobráveis, uma coisa fantástica, porque reduzia o espaço das mesmas até para guardar e transportar. Ele começou a examinar detalhadamente as cadeiras dobráveis e sua imaginação começou a trabalhar um pouco além das figuras das cadeiras, lhe proporcionando novas formas e utilidades a esse método de fechar e dobrar os assentos. 

.

.

Começou a imaginar se o assento fosse algumas polegadas e um outro assento fosse colocado abaixo, poderiam se colocar duas cestas de supermercados apoiadas nos assentos. Também imaginou que em cada um dos pés, poderia colocar rodinhas e que no encosto da cadeira, poderia colocar um punho para empurrar a cadeira com rodas ou o primeiro carrinho de supermercados, o que permitiria aos seus clientes, comprar mais e não precisar mais carregar os cestinhas pesadas por toda a loja, além claro, do custo a menos que teria com o pessoal que se dedicava ao "WATCHFULLL", podendo destacar-lhes novas funções em prol da qualidade do atendimento.
.

Excitado pela sua idéia, Sylvam, passou instruções para Fred, homem da manutenção e marceneiro empregado pela sua rede "Humpty-Dumpty", referente a sua cadeira com rodas e punho, para levar duas cestas de compras. 

.

Vários meses se passaram em testes, primeiro porque um simples fósforo na roda dianteira freou o carro e o mesmo queria se fechar. Foi assim que começaram a produzir mudanças nele, com polegadas aqui e lá, até chegar no modelo inicial que foi anunciado e lançado ao mercado em 4 de junho de 1937, como o primeiro carrinho de compras para supermercado...
.

Para ler o artigo clique no link e será levado a biblioteca do Portal SDR

.

1º CARRINHO DE SUPER

.

.

.
Trabalhe em ALGUMA COISA, Para que o diabo te encontre sempre ocupado.
.
São Jerônimo - 345-419 

Eusebius Hieronymus, erudito romano, Pai e Doutor da Igreja, 

traduziu para o latim a Bíblia, conhecida então como a Vulgata 

.

.

objeções

.

os melhores amigos dos PROFISSIONAIS DA VENDA

.

"Sem resistência ante a compra, não teria um trabalho", é o comentário que a muito tempo os PROFISSIONAIS DA VENDA fazem. Eles entendem que se o possível cliente não colocar certas objeções à compra, então o primeiro vendedor que chegaria até eles, faria a venda e os PROFISSIONAIS DA VENDA especialmente treinados não seriam necessários. 

.

A maioria dos PROFISSIONAIS DA VENDAS gosta que que os clientes ofereçam certo grau de resistência pois consideram que isto mostra interesse e pode ser útil no momento das negociações com os compradores.

.

Inclusive alguns PROFISSIONAIS DA VENDA afirmam que as objeções são os "seus melhores amigos" ou "degrau na escadaria ao êxito nas vendas" porque as negociações sérias, raras vezes começam até que fique às claras as objeções do possível cliente.

.

.

"Eu gosto e me fascina o trabalho. Poderia ficar sentado horas e horas

olhando como os outros trabalham."

.

Jerome Klapka Jerome - 1859-1927


Novelista e dramaturgo inglês, caracterizado por seu senso humorístico direto

.

.

técnicA

.

pRIMEIRO morder e depois assoprar....

  • QUAIS SÃO AS RAZÕES QUE PROVOCAM O "EU" DE UMA PESSOA?

  • Que FIOS TEM QUE SE PUXAR PARA TOCAR ESSE EU? 

  • PorQUE A FORMA DE se comunicar, PODE provocaR REJEIÇÃO E OU ACEITAÇÃO?

Existem certos princípios que os psicólogos conhecem como ferramentas de influência. Existem muitas táticas que os "REPRESENTANTES E VENDEDORES" utilizam para conseguir a aceitação. A maioria destes profissionais cai dentro de uma destas seis categorias:

  • consistência 

  • reciprocidade

  • aprovação social

  • autoridade

  • aceitação

  • escassez. 

estes princípios disparam no inconsciente um "sim" automático. .

.
CONTRASTE: - Quando levantamos um objeto leve e depois um pesado, o último nos parece mais pesado do que se o tivéssemos tentado antes de levantar o leve. Isto se chama principio de contraste e é muito efetivo no processo de persuasão.

.

PERCEPÇÃO: - Se vamos comprar um terno e uma blusa em uma loja e um bom vendedor nos atende, este nos mostrará primeiro o artigo caro e depois o barato, já que depois de ter visto o preço do terno, em comparação com o da blusa, nos parecerá razoável, ainda que o preço da blusa seja acima da média. Os profissionais de venda com experiência, sabem bem que é sempre melhor mostrar o preço alto primeiro. De não faze-lo, farão que este principio de percepção trabalhe contra eles. Ao mostrar primeiro o artigo de preço inferior ao cliente, o alto lhe parecerá ainda mais alto. 

.

INTERPRETAÇÃO: - Você vem negociando com estes princípios desde muitos anos atrás, quando pedia aos seus pais: - "posso chegar a meia noite?", para ganhar a permissão às 10:30 (que era o horário que verdadeiramente desejava), e continua fazendo isto hoje em suas negociações sociais e profissionais, só que as vezes sem tomar consciência deste princípio de interpretação psicológico. Assim mesmo, é excelente ferramenta para buscar a aceitação de uma idéia: - "Mamãe, tenho uma notícia péssima para te dar". Nos segundos de silêncio da pausa, solta a bomba: - Manhe, tou grávida!!!. - A mãe no mínimo já enfartou. A filha recupera o estado de ânimo da mãe esclarecendo: -  "Não, é que não passei em duas matérias este semestre."  - É provável que a mãe, além de suspirar, lhe dê até os parabéns! 
.

Para ler o artigo clique no link e será levado a biblioteca do Portal SDR

.

PRIMEIRO MORDER, DEPOIS ASSOPRAR

.

.

.

"Se o horário oficial é o de Brasília, 

.

por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta"?

.

.

.

ERRAR É HUMANO...

.

Se errar faz parte da natureza humana, então, reclamar também o faz. Somos quer "fazedores" de erros quer reclamadores convictos. Se, por um lado, quando erramos há quem reclame, por outro, cabe-nos a nós fazer a reclamação quando são os outros a errar. E se, como já alguém disse, aprendemos com os erros, então... claro, já adivinhou! Aprendemos também com as reclamações!

.
Na realidade, ninguém gosta de errar, logo, também quase ninguém gosta de reclamar. E se somos, por vezes, pouco tolerantes com quem erra, também não apreciamos grandemente quem reclama. Normalmente são pessoas que tendem a elevar o tom de voz, a exaltar-se, a sair do seu comportamento dito
"normal"

.

Gosta de ser visto desta forma? - Claro que não! Então, não vai reclamar. Se tiver outra hipótese, vai preferir mudar de loja, de serviço ou de empresa fornecedora do que fazer uma reclamação.
..

Ouvir os clientes compensa.

.

As reclamações constituem a última oportunidade que um cliente nos oferece para o mantermos, antes de ele procurar uma outra empresa fornecedora. Com efeito, uma das razões mais freqüentes da perda de clientes é um ineficiente atendimento das reclamações. Eventualmente, estará a pensar que não é habitual receber nenhuma reclamação. Cuidado! A inexistência de reclamações não deverá ser considerado sinônimo de que tudo vai bem na empresa..

  • Apenas 4% dos clientes insatisfeitos reclamam

  • Por cada reclamação recebida, haverá 26 outras que não são apresentadas, das quais 6 são muito graves; 

  • Dos clientes insatisfeitos que não reclamam, entre 65% e 90% nunca mais voltarão à empresa e não nos darão qualquer oportunidade de sabermos o que de fato se passou; 

  • Dos clientes que reclamam, quando a reclamação é tratada satisfatoriamente, 54% mantêm-se como clientes. 

  • Se o atendimento for rápido e eficiente, a percentagem sobe para 90% a 95%. 

  • No caso da reclamação ser atendida ineficientemente, mesmo assim, 10% dos clientes voltarão, o que significa que só a possibilidade de reclamar já ajuda. 

.

.
"A pessoa que se levanta é maior do que aquela que não caiu".
.

.
Concepção Areal

.
Jornalista e advogada espanhola; 1820-1893

.

.

"O que é assaltar um banco comparado a fundar um?"

.

Bertolt Brecht

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil, que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo.

.. 

 Augsburg, Alemanha, em 1898 - Berlim, em 1956

.

Em 1933, quando Adolfo Hitler, à frente do Terceiro Reich, estabeleceu o nazismo na Alemanha, inaugurando uma nova ordem que, segundo ele, deveria durar 10.000 anos, Bertolt Brecht, com 35 anos de idade, abandonou o país, asilando-se em várias cidades da Europa. Suas obras, em Berlim, foram queimadas em praça pública com tantas outras dos mais famosos escritores da época. No dia em que a Alemanha invadiu a Dinamarca, Brecht, que se encontrava neste país, fugiu para a Finlândia. Dali partiu para Vladivostok, onde embarcou para os Estados Unidos. No exílio, que durou até o fim da Segunda Guerra Mundial, publicou vários poemas que contribuem para sua glória literária tanto como suas peças teatrais. Brecht não se cansou de fustigar violentamente a figura de Hitler, mostrando os crimes do nazismo. De volta à Alemanha, depois do desmoronamento deste regime, continuou a lutar, como marxista, pela causa operária. Ao morrer, em 1956, o mundo inteiro reconhecia a grandeza de sua obra.

..

Bertolt Brecht nasceu em Augsburg, Alemanha, em 1898, numa família burguesa. Dono de uma fábrica de papel, o pai, Bertolt Friedrich Brecht, era católico. A mãe, Sofie, luterana. Lembrando-se da juventude, Brecht escreveu estes versos: 

"Cresci como filho de boa família/meus pais me puseram colarinho/me educaram para ser servido/e me ensinaram a arte de dar ordens./Mas quando eu cresci/ nem as pessoas da minha classe/nem dar ordem/nem ser servido/me agradaram./Então deixei minha classe/e me juntei aos inferiores"

Em 1917 inicia o curso de medicina em Munique, mas logo é convocado pelo exército, indo trabalhar como enfermeiro em um hospital militar. Aquele que iria se tornar uma das mais importantes figuras do teatro do século XX, começa a escrever seus primeiros poemas e cedo se rebela contra os "falsos padrões" da arte e da vida burguesa, corroídas pela 1ª Guerra Mundial. Tal atitude se reflete já na sua primeira peça, o drama expressionista "Baal", de 1918. Colabora com os diretores Max Reinhardt e Erwin Piscator. Recebe, no fim dos anos 20, instruções marxistas do filósofo Karl Korsch. Em 1928, faz com Kurt Weill a "Ópera dos Três Vinténs". Com a ascensão de Hitler, deixa o país em 1933, e exila-se em países como a Dinamarca e EUA. Faz da crítica ao nazismo e à guerra tema de obras como "Mãe coragem e seus filhos" (1939). Vítima da patrulha macartista, parte em 1947 para a Suíça onde redige o "Pequeno Organon", suma de sua teoria teatral. Volta à Alemanha em 1948, onde funda, no ano seguinte, a companhia Berliner Ensemble

.

"Mostrem que mostram"

.

Bertolt Brecht desenvolveu também uma teoria de técnica dramática conhecida como teatro épico. Ele pretendia evitar que o espectador confundisse arte com a vida real. Por isso, os atores freqüentemente lembravam que o que o público estava vendo era uma peça e não a vida real. Tendo essa consciência, o público despertaria para a possibilidade de transformar a própria realidade. 

"Precisamos de um teatro que não apenas liberte os sentimentos, pensamentos e impulsos possíveis no âmbito de um determinado ambiente histórico no qual a ação se realiza, mas que utilize e encoraje esses sentimentos e idéias que ajudam a transformar o próprio ambiente", explicava Brecht. 

Muitas características das peças encenadas hoje em dia, como ausência de cenário, lâmpadas à mostra, cenas curtas, interrupção do texto com comentários sobre a realidade fora do espetáculo, são herança brechtiana. Morre em Berlim, em 1956.

"Triste a terra que precisa de heróis"

.

.

.
"Em nenhum momento duvidei que as mulheres são tolas. 

.

Afinal o Todo-poderoso as criou a imagem e semelhança dos homens."
.
George Eliot

Mary Ann ou Marian Evans, novelista inglesa do período vitoriano 

.

que desenvolveu a análise psicológica característica da ficção moderna; 1819-1880. 
.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Prof. José Geraldo Recchia

.

.

Diretor Presidente

Caliper Estratégias Humanas do Brasil

.

.

jgeraldo@caliper.com.br  - http://www.caliper.com.br 

 

.

.

Como contratar e desenvolver

. 

seu próximo campeão de desempenho

.

.
 
Os resultados de nosso
"estudo exclusivo" revelam como você poderá encontrar seu próximo especialista em atingir metas. Nós não precisamos lhe dizer que na supercompetitiva economia de hoje, com níveis baixíssimos de emprego, recrutar, sem falar também em manter vendedores de talento, é como um desafio de Hércules, extremamente trabalhoso. Você sem dúvida já teve esta experiência diretamente. O que poderemos lhe dizer é como enfrentar melhor este desafio, como contratar certo e com inteligência, já na primeira vez.
.
Com esta meta em mente, a
Sales and Marketing Management contratou a Caliper, que é uma companhia de consultoria em recursos humanos com Sede em Princeton, NJ, nos EUA., para conduzir um estudo sobre as principais características encontradas nos "campeões de vendas". Nossa intenção foi a de fornecer, para o nível gerencial, uma série de informações sobre como tomar decisões certas de contratação:

resgatar no interior dos grandes mestres de vendas aquelas características que servirão como uma lista básica de padrões a serem seguidos quando da contratação de novos vendedores. Determinando quais candidatos à posição e quais colaboradores da companhia possuem esses atributos, você poderá identificar e então preparar aqueles que serão verdadeiros campeões de desempenho!

“É extremamente importante que você esteja focado naquilo que está realmente procurando”, diz Paul Goldner, autor de Red-Hot Customers e presidente da Katonah, que é uma companhia do grupo de Sales & Performance. “Contratação não é para ser um evento feito aleatoriamente”, ele afirma. À medida que a função de vendas evolui, os vendedores também deverão se desenvolver e, seguindo este raciocínio, o modo como o recrutamento destes profissionais de vendas é feito também deverá evoluir.

“Esta pesquisa mostra aos gerentes os principais fatores a se buscar quando da contratação ou promoção, ao invés de se basear em mitos ou em experiências passadas”, diz Herbert M. Greenberg, Ph.D. que, como presidente da Caliper, tem avaliado características de profissionais por quase quatro décadas. “Uma das melhores profissionais de vendas no nosso estudo, só para dar um exemplo, tinha acabado de sair da Universidade e iniciado na carreira de vendas, mas desde cedo provou ser uma grande profissional com um magnífico desempenho”.

Certamente alguns resultados da pesquisa já eram esperados. Não surpreendentemente, tanto “assertivo” como “sociável” foram características que apareceram altamente cotadas entre os vendedores analisados. Mas este estudo vai mais fundo dentro da “cabeça” destes profissionais de vendas e alguns resultados poderão surpreendê-lo. A seguir, mostraremos detalhes reveladores sobre o que realmente faz com que alguns "profissionais de vendas" se sobressaiam mais e explicaremos por que você deveria prestar mais atenção a estes detalhes.
.

Quem são estes Campeões de Vendas ?
.

A Caliper completou pesquisas por telefone e conduziu análises de perfil de personalidade em um total de "209 profissionais de vendas", representando 189 companhias de 37 ramos diferentes através dos EUA. Foi solicitado aos gerentes que escolhessem um ou dois de seus melhores agentes de vendas a participar do estudo. Não pôde ser apresentada uma característica que tivesse sido a mais predominante, mas o que foi observado é que:

  • 77% dos melhores representantes de vendas das companhias entrevistadas eram do sexo masculino.

  • Entre os melhores vendedores, mais da metade eram membros de equipes de vendas com até 10 vendedores e 36% já estavam em suas posições por pouco menos de dois anos e meio.

  • Desses vendedores de maior sucesso, 77% havia vindo de outras companhias e 28% daqueles entrevistados nunca trabalharam com vendas antes. Estes vieram de departamentos como Marketing, Serviços ao Cliente, Operações, Compras e de Universidades (como estudantes recém-formados). 

  • O estudo da Caliper revelou que este fato é positivo: determinou que os campeões de vendas que estavam nesta posição por menos de dois anos e meio eram os mais extrovertidos e sociáveis.

  • Quando se referem a seus empregos, 79% dos vendedores descrevem seus mercados como sendo altamente competitivos e consideram que o poder de persuasão e conhecimento do produto (32% e 48% respectivamente) são de fato os principais fatores para garantir sucesso neste campo. 

  • 62% dos profissionais de vendas de sucesso dizem que dependem da manutenção da satisfação seus clientes atuais para garantir seu sucesso.

  • Novamente, não surpreende o fato de que 95% destes vendedores afirmam que seu estilo de vendas é baseado mais na relação com o cliente do que na transação em si. 

  • 72% destes profissionais dizem que a construção de uma boa e sólida relação com o cliente é o que de fato lhes dá força.

..
Perfil dos Vendedores de Sucesso.

.

.

Um grupo de 209 profissionais de vendas bem-sucedidos foi avaliado pelo Perfil Caliper. 

.

A variação das pontuações obtidas em cada atributo de personalidade é indicada pelas barras de cor vermelha. 

.

O ponto branco encontrado no meio da barra indica a média das notas de todos os vendedores.

.

 Os números apresentados no rodapé do quadro são valores percentuais que significam a posição dos avaliados em comparação com os dados compilados pela Caliper de mais de 1,5 milhão de avaliações de vendedores e gerentes.

.

"Esqueça os meios antigos de contratação; contrate as pessoas que "casem" perfeitamente com o perfil do cargo". 

.

Como um todo, este grupo de “ases” de vendas divide as mesmas características de personalidade. 

.

Das características que os ajudam a ter sucesso em seus cargos, se incluem:.

.

.

Força do ego - Não confunda esta característica com arrogância. Força do ego para “supervendedores” significa ter uma forte e saudável auto-estima e flexibilidade suficiente para se recuperar de rejeições. Entender que rejeições são parte do jogo em vendas e não se pode ficar imobilizado diante delas.
.

.
Senso de urgência - “É aquele fogo nos olhos que diz: eu vou fazer isto agora!”, diz Greenberg. “É levar o processo da venda até o fim, rapidamente. E vamos encarar isto, existe sempre alguém esperando tomar seu lugar se você não der aos seus clientes tudo aquilo que eles precisam, quando eles precisam”. Este senso de urgência vem da competitividade, dizem os especialistas. 

.

Como você pode testar esta característica? A Caliper começa com um teste de personalidade bastante profundo e depois recomenda fazer perguntas dissertativas, como por exemplo:

“Você pode me dar um exemplo de um processo de venda que estava levando tempo demais para ser concluído e o que você fez para acelerar este processo?”

.

Ego-Drive - Isto incorpora tanto a competitividade quanto à auto-estima. É aquele desejo de persuadir as pessoas e “fechar” a venda. 

  • “Todas as pessoas têm certas coisas que as fazem se sentir bem: é como acionar “botões” psicológicos”, diz Greenberg. 

  • “Para a pessoa com alto ego-drive, receber um “sim” é a coisa mais importante. Os melhores vendedores são aqueles que são obcecados com a idéia de ser bem-sucedido”.

.
Assertividade - A habilidade de ser firme em negociações de contato um-a-um com o cliente, de conduzir o processo da venda e de passar sua mensagem de modo confiante é crítico para o sucesso na carreira de vendas. No entanto, isto não significa ser agressivo e arrogante. Este estereótipo, que é comum para vendedores de carros, tem conotações muito negativas por muito boas razões:  - "Ele afugenta as pessoas, assustando-as".
.

.
Exposição a riscos - Grandes vendedores estão sempre dispostos a inovar e a tentar alguma coisa arriscada. Isso é ainda mais importante quando novos produtos e serviços requerem igualmente novos estilos de abordagem de vendas. Os vendedores não podem mais se restringir a apenas “tirar pedidos” dos clientes e ainda assim imaginarem ser bem-sucedidos. 

“Existem riscos muito grandes em cada atividade de vendas. Você nunca terá certeza de que aquilo que está fazendo é o certo” diz Greenberg. 

“Sabemos que um profissional de vendas deve ter a vontade de ousar e, às vezes, pode estar no caminho errado”.

.
Sociabilidade - Em uma profissão em que criar relações é essencial, esta característica precisa de pouca descrição. Bons vendedores são:

  • extrovertidos, falantes, amigáveis e interessados em seus clientes para algo além de uma simples venda.

.

Ceticismo - Você deve estar surpreso de ver esta característica nesta lista, mas é verdade. Bons vendedores têm tendência a enxergar as pessoas com um pouco de suspeita e um pouco de falta de confiança. 

  • “Isso os torna atentos, com tendência a fazer perguntas e meticulosos em relação ao processo de vendas”, diz Greenberg. 

  • “Isso significa que eles não contam com sua comissão das vendas até ela de fato se consolidar”.

.

Criatividade - “Quanto mais complexa a venda, mais importante será a criatividade”, diz Greenberg. Vender novos produtos ou serviços (novamente, os intangíveis) faz da criatividade uma característica muito necessária. Uma técnica de vendas criativa é um bom modo de diferenciá-lo da competição.
.

.
Empatia - É a habilidade de se pôr no lugar do outro. Se você está vendendo algo para alguém, você deve ser capaz de sentir sua necessidade e combiná-la com o produto certo, se puder. 
.

.

.
Conclusões Importantes:.

.
Nem todo vendedor ou candidato terá essas características. Mas estas informações irão ajudar gerentes a descobrir os grandes talentos que talvez possam ser encontrados em lugares pouco comuns. Enquanto que 2/3 dos vendedores de sucesso não são provenientes de outras companhias
(o que significa que você ainda pode contratar alguém de um competidor) uma estatística diz, de acordo com Greenberg, que 1/3 dos maiores vendedores não possuía experiência em vendas anterior. Se colaboradores de outras áreas possuírem estas características, use de todos os meios para colocá-los em funções de vendas… E mais: "não dispense recém-formados simplesmente porque eles não têm a experiência exigida como “pré-requisito” para a vaga". 
.

.

“Esqueça o modo antigo de contratar”, diz Greenberg. “Contrate pessoas que “casem” com o perfil certo, independente do que elas fazem agora, e invista em treiná-las e desenvolvê-las. Você verá os resultados rapidamente!” 

..

Prof. José Geraldo Recchia

.

Diretor Presidente

Caliper Estratégias Humanas do Brasil.

.
Psicólogo pela USP - SP, José Geraldo possui Pós-Graduação em Administração de Empresas pela FGV, especialização em Recursos Humanos, Programação Neuro-Lingüística e Análise Transacional. Atua há vinte anos na área de Recursos Humanos em empresas nacionais e multinacionais como: Sadia, Camargo Correa, Lafarge e Leroy Merlin, ocupando cargos de gestão/direção desde 1988. Responde atualmente pela Direção Geral da Caliper Estratégias Humanas do Brasil. Possui vasta experiência na implementação de estruturas, estratégias e políticas de RH, em reestruturações organizacionais, programas de qualidade e produtividade e terceirizações de áreas de apoio às operações empresariais.

.

Caliper Estratégias Humans do Brasil

. .
Av. do Batel, 1230 cj. 805. F.:041.342.3400 - cep: 80.420-090 - Curitiba - PR - Brasil

.

 

http://www.caliper.com.br  -  jgeraldo@caliper.com.br 

.

.

.

.

.

..

.

..

dicas e curiosidades 

"JORNAL DICAS DA SEMANA" Nº242 DO WWW.SDR.COM.BR

.

TRANSPORTES   LOGÍSTICA

..

 

.

A Liderança que mantêm Funcionários Satisfeitos

.

A CONFIANÇA no Chefe Direto é o principal fator de motivação e satisfação de funcionários em qualquer organização. Portanto, se você deseja conquistar a CONFIANÇA dos seus funcionários, uma comunicação efetiva em três áreas críticas é fator chave para atingir esse objetivo. 

1º. Ajudar os funcionários a entender a estratégia geral da empresa. 

2º. Ajudar os funcionários a entender como cada um contribui para o atingimento dos objetivos de negócios da empresa. 

3º. Compartilhar informação com os funcionários sobre como a empresa está se saindo e como o funcionário e seu departamento estão se saindo em relação aos objetivos estratégicos da empresa. 

Quer dizer, para ser digno de confiança, você precisa ter a habilidade de comunicar a visão da empresa e para onde ela caminha.

.

.

PROF. RICARDO JORDÃO
PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING

.

.

Porto de Santos vai operar só com informações eletrônicas - IDG Now!

.

 A partir do próximo dia 16 de fevereiro, todas as informações e documentos sobre chegada e partida de cargas dos navios no porto de Santos, em São Paulo, serão cadastrados e consultados apenas pela internet.  A mudança faz parte do projeto Supervia Eletrônica de Dados, desenvolvido em parceria pela Universidade de São Paulo (USP) e pelas companhias de docas, do governo federal. Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Eduardo Mario Dias, da Escola Politécnica da USP, só com a economia de papel, as empresas que utilizam o porto devem gastar 7% a menos para embarcar e desembarcar mercadorias. "Sem contar a diminuição da burocracia", afirmou.

.

Antes do projeto, toda a movimentação era registrada em papéis. Segundo Dias, além dos custos e da burocracia, isso fazia com que as informações fossem pouco precisas. Para o governo, o maior benefício é o aumento da fiscalização. "O projeto ajudar a inibir as fraudes, porque toda a documentação será conferida eletronicamente e de forma simultânea pelos diversos departamentos do porto", explicou Dias. O projeto também já funciona no porto de Vitória (ES) e está sendo implementado no Rio de Janeiro. Segundo o professor, a idéia do governo federal, agora, é levar a informatização a todos os portos do país. "A Supervia será adotada como modelo nacional", informou. 

.

O custo para os portos, de acordo com Dias, será apenas o de manutenção. "A USP não vende o software. Isso porque o programa foi desenvolvido com investimentos do governo e, agora, basta só implementar em todo o país", disse. Esse investimento do governo, aliás, foi de apenas R$ 2,3 milhões. "Se fôssemos comprar um produto já pronto, de fora, gastaríamos no mínimo US$ 8 milhões", estima o professor. O projeto levou quatro anos para ser desenvolvido e implementado.

.

.

Escutar o que não é dito

.
O perfil do
vendedor de serviços, há um bom tempo, deixou de ser o de um anotador de pedidos. O PROFISSIONAL DE VENDAS de hoje deve atuar como um verdadeiro consultor, assessorando seu cliente na escolha correta dos produtos e serviços capazes de satisfazer plenamente suas necessidades, e deve continuar acompanhando o cliente depois que o negócio é efetivado. 
.
Esse é o conceito da
"venda consultiva", que acarreta uma nova visão do profissional de vendas, novas exigências, novos papéis, novas atitudes e novas habilidades. Mais do que nunca, o aprendizado deve ser constante. 
.
O profissional de hoje, para não ficar a reboque das mudanças, precisa ser capaz de analisar a realidade, definir rumos, estabelecer prioridades, gerenciar informações, estreitar relacionamentos, desenvolver parcerias, multiplicar contatos e relacionamentos. 
.
Os canais constantes de comunicação com a clientela são fundamentais para manter os clientes satisfeitos. Só assim é possível a fidelização, de que tanto se fala hoje. Sempre gosto de dizer em minhas palestras que manter um cliente antigo custa cinco vezes menos do que conquistar um novo cliente. 
.

O conhecimento é importante, mas há três aspectos fundamentais para o profissional de vendas:

  • Conhecer o seu produto (entendimento do negócio) 

  • Conhecer a si mesmo (autoconhecimento) 

  • Conhecer a fundo as necessidades do Cliente

Isso significa não só saber perguntar e saber ouvir, mas até mesmo escutar o que não é dito. Mais do que convencer o cliente, essa nova atitude significa desenvolver soluções para ele. Olhar a realidade por outros pontos de vista. Seguir os rumos do sol pelos seus raios. Em vez de esperar o futuro raiar no horizonte, ousar inventá-lo. 
.

.

TNT E A TECNOLOGIA WINDOWS MOBILE DA MICROSOFT

.

A partir de janeiro 2004 TNT Express começará a implementar a tecnologia Windows Móbile da Microsoft em mais de 24.000 dispositivos móveis para a força de trabalho em todo o mundo durante os próximos 3 anos. A iniciativa, denominada Trabalhador Móvel foi desenvolvida em conjunto com a Microsoft e constitui a implementação de soluções de conexão móvel maior até agora o momento em um cliente. Como parte da iniciativa Trabalhador Móvel, os dispositivos de Windows Móbile permitem aos condutores dos veículos TNT receber novas rotas de pedidos de trabalho assim como também enviar e receber registros de pedidos e entregas de envios tudo através de um só dispositivo. 
.

 

.
Anteriormente, em todo o mundo utilizavam-se 1 dos 7 diferentes sistemas móveis para comunicar-se com escritórios e depósitos locais. Graças a implementação desta nova tecnologia, serão condensados estes 7 diferentes sistemas em uma solução unificada e multi-funcional, que ademais pode ser utilizada em toda a rede global. O novo sistema, desenvolvido especificamente pela equipe interna de tecnologia da TNT, utilizou a ferramenta NET Compact Framework, que correrá sobre os dispositivos móveis de Windows Móbile permitindo reduzir significativamente os custos e incrementar a flexibilidade. 

.

Esta proposta também permitirá converter a TNT em um vendedor independente de hardware permitindo-lhe trabalhar seja com provedores locais em cada país, provedores de nicho para requerimentos específicos ou com um provedor central. Este modelo independente resultará em custos mais baixos cada vez que seja necessária uma atualização tecnológica. 
.
A nova solução continuará permitindo aos empregados com tarefas externas, comunicar-se em tempo real com os escritórios locais para enviar e receber informações de pedidos de envios mas de uma maneira muito mais rentável e efetiva. TNT também oferece agora dispositivos móveis a países com uma força de trabalho reduzida graças a um custo inicial de serviços muito menor. Ao consolidar os sistemas, o dispositivo pode ser atualizado com tecnologias de última geração quando estão disponíveis antes de ter que atualizar sistemas diferentes por separado. 
.
Em principio, se implementarão os primeiros 1000 dispositivos móveis em 13 países diferentes, o que permitirá entregar um serviço global mais rápido e confiável à rede global de clientes enquanto que mantém os custos gerais al mínimo.

.

.

Safra pára no gargalo da infra-estrutura - www.folha.com.br 
.

A capacidade de expansão da agricultura brasileira praticamente chegou ao seu limite pela falta de infra-estrutura para escoar a produção, segundo o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, e seis especialistas entrevistados pela Folha. Estradas esburacadas, quando há estradas, portos sobrecarregados, falta de investimentos em hidrovias e ferrovias e escassez de armazéns tornam a comercialização da safra um caos e pouco competitiva.

Eu tenho medo que a enchente da agricultura [aumento da produção] seja tão vigorosa, pela competência dos produtores rurais, que a ausência de uma logística adequada resulte em perda de renda para o agricultor, afirma o ministro.

.

Neste ano ainda não haverá uma crise de abundância, que poderá ser muito grave, se nos próximos dois anos não houver um volume de investimento mais substancial em projetos de logística e infra-estrutura, afirma Rodrigues. 

A crise de abundância poderá ser evitada nesta safra, mas não faltarão sobressaltos para o agricultor vender seu produto. "Filas de caminhões de até 70 quilômetros, com esperas de até três dias para desembarcar o carregamento no porto, certamente vão acontecer, como no ano passado", afirma Paulo Fleury, presidente do Centro de Estudos de Logística do Instituto Coppead de Administração da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). 
.
Primeiros problemas - O auge da colheita entre março e abril nem começou e os problemas já começaram a acontecer devido às recentes chuvas. Na semana passada, entre 150 e 200 caminhões estavam atolados na região de Sapezal (MS) numa estrada de terra do Estado, segundo informações colhidas pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). Não há como evitar as dificuldades. Neste ano, segundo Rodrigues, a safra brasileira pode crescer em até 8 milhões de toneladas e a infra-estrutura é praticamente a mesma do ano passado. As maiores obras são apenas para tornar trafegáveis algumas estradas já existentes e que apresentam problemas estruturais. 
.
Falta de investimento - Há 80 anos, o Brasil tinha cerca de 30 mil quilômetros de ferrovias. O país cresceu, mas hoje conta com uma malha ferroviária quase idêntica, apenas 29.283 quilômetros de estradas de ferro, segundo a vice-presidente do Corredor Atlântico (entidade que busca a integração do continente), Sandra Stehling. Na década de 70, o governo investia cerca de 1,8% do PIB (total de riquezas produzidas no país) em estradas. Em 2003, o investimento foi de apenas 0,1% do PIB, diz Fleury, da UFRJ. A deficiência de infra-estrutura, fruto da falta de planejamento e recursos, significa custos adicionais para o agricultor. 
.
Na Argentina, o produtor rural gasta em média US$ 16 para colocar uma tonelada de soja no porto. Nos Estados Unidos esse gasto é de US$ 15,50. No Brasil são US$ 23,50 para realizar a mesma operação, diz Joelsio Lazzarotto da Embrapa Soja, empresa estatal de pesquisa agrícola. A situação dos portos também não ajuda. As taxas portuárias nos Estados Unidos e na Argentina variam de 1% a 1,5% do valor da carga. No Brasil, chega a 5%, estima Lazzarotto. 
.
Armazéns - Outro problema grave é a falta de armazéns para estocar os produtos. A produção brasileira de grãos cresceu quase 50% entre a safra de 1998/1999 e a passada. A capacidade de armazenagem, no entanto, cresceu apenas 5,7%, quase um décimo da taxa de crescimento da safra, no mesmo período. "Hoje existe um déficit de capacidade de armazenagem de 35 milhões de toneladas", diz Luiz Baggio, vice-presidente da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras). Seria preciso aumentar em mais de 35% a capacidade atual, de 93,815 milhões de toneladas, para atender a demanda. "O gargalo da agricultura brasileira hoje é a infra-estrutura", diz o presidente da Corredor Atlântico, Paulo Vivacqua. 
.
Investimentos na modernização das fazendas e boas chuvas não vão mais assegurar crescimento da agricultura brasileira, concordam o ministro da Agricultura e os demais entrevistados pela Folha. É preciso ferrovias, hidrovias, estradas, portos e armazéns para aumentar a produção. 

.

Corredor ferroviário encurta distância entre Brasil e Ásia
.

Uma extensa ferrovia com 4.269 quilômetros parte de Santos, no litoral paulista, atravessa quatro países passando por regiões altamente produtoras como o interior de São Paulo e Oeste do Mato Grosso do Sul, aventura-se pelo Pantanal, escala a Cordilheira dos Andes e desliza pelo deserto mais seco do mundo, no Atacama, até chegar a Antofagasta, na costa chilena. 
.
Esse é o primeiro corredor ferroviário bioceânico da América do Sul, cujo potencial foi analisado por uma equipe do Ministério dos Transportes que fez o percurso de trem em mais de uma semana em dezembro do ano passado, visando avaliar a situação da malha e os investimentos necessários para que o corredor comece a operar. 
.
Os dados técnicos levantados pela equipe do Ministério foram discutidos nesta quarta-feira (4) no 1º Encontro Internacional reunindo autoridades e empresários do Brasil, Argentina, Chile e Bolívia, realizado no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande/MS. O objetivo do evento é selar o compromisso das autoridades desses quatro países na recuperação e operacionalização desse corredor ferroviário que, além da importância estratégica de integração física do continente e de sua utilização para o turismo, passará a ser rota de escoamento da produção do Mercosul com destino ao mercado asiático via portos do Chile. 

"A distância que separa o Brasil da Índia e da China, por exemplo, será encurtada em mais de 7 mil quilômetros com a rota bioceânica. Isso significa custo menor de transporte e produtos mais competitivos", destaca o secretário de Infra-Estrutura e Habitação do Mato Grosso do Sul, Carlos Augusto Longo Pereira.

. 

Quase metade (41,51%) da extensa ferrovia é brasileira. De Santos (SP) a Corumbá são 1.772 quilômetros; de Corumbá a Pocitos, divisa da Bolívia com Argentina, mais 1.170 quilômetros; de Pocitos a Socompa, na fronteira da Argentina e o Chile, outros 987 quilômetros; e de Socompa a Antofagasta, na costa do Pacífico, mais 340 quilômetros. 
.

A distância parece ser grande, mas nem se compara ao longo caminho que os produtos brasileiros precisam fazer para circundar o litoral nordestino, atravessar o Canal do Panamá e daí navegar pelo Pacífico rumo à Ásia. Só na costa brasileira o navio percorre mais de seis mil quilômetros, partindo de Santos (SP) até o extremo do Amapá. De lá a embarcação continua costeando as Guianas, Suriname, Venezuela, Colômbia, cruza o Canal do Panamá e desemboca no Pacífico, jornada de outros cinco mil quilômetros. 

"Só essa vantagem já justificaria todo o investimento necessário para recuperar a malha ferroviária e deixá-la em perfeito estado de operacionalização. Mas temos ainda outro fator talvez mais importante, que é a integração dos países sul-americanos, um sonho tão antigo quanto a descoberta do continente e que encontra o melhor momento para ser realizado", observou o procurador Heitor Miranda dos Santos, um dos organizadores do Encontro. 

..

..

O governo do Mato Grosso do Sul é o maior pivô na retomada das discussões em torno do corredor bioceânico. A revitalização do transporte ferroviário de cargas será estratégica para estado promover integração com outros modais, principalmente rodoviário e hidroviário, assegurando com isso maior competitividade no escoamento da produção para o mercado externo.
.
A análise foi feita pelo próprio governador Zeca do PT durante reunião, em São Paulo, na primeira quinzena de dezembro de 2003, que definiu o cronograma de obras para reativação do trem de cargas entre Bauru (SP) e Corumbá (MS). Conseqüentemente, será reativado o Trem do Pantanal, também estratégico, segundo o governador, porque vai desenvolver o eco-turismo.
.
As condições da malha ferroviária da Novoeste limitam o trânsito de cargas e não garantem a segurança para operar o transporte de passageiros. O eixo entre Campo Grande e Corumbá, de 459 quilômetros, é o que requer maiores investimentos, e coincide com o trajeto do Trem do Pantanal. A reforma e adequação dessa parte da via devem consumir cerca de R$ 180 milhões, segundo dados do estudo de viabilidade do projeto de trem turístico e regional, concluído em 2002 pelo governo de Mato Grosso do Sul. 
.
Durante a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Corumbá, no dia 11 de novembro de 2003, foi assinado protocolo de intenções por representantes de grupos econômicos interessados na reativação do transporte ferroviário. Eles se comprometeram a investir na ferrovia entre o porto de Santos (SP) e Corumbá, contribuindo com a concretização da ligação bioceânica. Segundo o governador Zeca, o consórcio para investimento na ferrovia é estratégico para viabilizar uma rota bioceânica rodo-ferroviária. 
.
As empresas interessadas em investir na recuperação dos trilhos entre Santos, na costa do Oceano Atlântico, e portos do Pacífico, de acordo com o protocolo, são a Brasil Ferrovias, a Vale do Rio Doce, Rio Tinto Brasil, Cargill, Odebrecht e Empresa Ferroviária Oriental (boliviana). No protocolo de intenções elas se comprometeram a apresentar em até 120 dias – prazo que se encerra em março - uma proposta de investimentos para recuperar a malha ferroviária entre Santos (SP) e Corumbá.
.
O primeiro passo para apresentação da proposta foi dado em São Paulo, no início de dezembro. “Todos, incluindo o governador paulista, Geraldo Alckmin, têm interesse no transporte de cargas e passageiros no trecho, aproveitando a ligação ferroviária com o porto de Santos e explorando o transporte internacional até os portos chilenos de Antofagasta e Arica, ou Iquique”.
.
A melhoria da estrada de ferro consolida o corredor bioceânico, ligando o Atlântico ao Pacífico, garantindo redução de custos logísticos e a integração física com os países sul-americanos. O governador Zeca destaca que a diminuição da distância para o mercado asiático representa economia de 7,4 mil quilômetros. “Isso nos tornará competitivos”, observou.
.
O estudo definirá necessidades físicas, tecnológicas e operacionais para adequação das ferrovias em relação às necessidades atuais e futuras de serviço, o montante de recursos financeiros necessários, o modelo de participação dos agentes privados nos investimentos e um programa de trabalho. 
.
A proposta abrangerá a área de operação das concessionárias Novoeste, Ferroban e da Portofer, responsáveis pelo transporte de carga no corredor sudoeste (Corumbá/Santos) por bitola estreita. As empresas são controladas pela holding Brasil Ferrovias. A malha da Novoeste totaliza 1.621 quilômetros entre a fronteira de Mato Grosso do Sul e Bauru (SP). A da Ferroban e a da Portofer (ligando Bauru até Santos) tem extensão aproximada de 500 quilômetros.
.
O Trem do Pantanal é um projeto estratégico que consta do PPA 2004-2007 da União, tendo foco no turismo e no desenvolvimento sustentável das comunidades pantaneiras, muitas delas isoladas por falta de transporte. (Apn)

.

.

Chineses estão interessados em investir em infra-estrutura 
 O governo chinês quer investir em infra-estrutura no Brasil, principalmente na construção de ferrovias. Em troca, o Brasil forneceria produtos agropecuários. Uma comitiva formada por empresários estatais esteve ontem no ministério da Agricultura para negociar com o Brasil. 
Para o secretário-executivo do ministério, Amauri Dimarzio, essa é uma boa oportunidade de negócios tanto para o Brasil, como para a China. “O Brasil, para se tornar o maior fornecedor de alimentos do mundo, precisa resolver algumas questões de infra-estrutura, como reduzir custos do transporte. E o governo chinês precisa de produtos para abastecer aquele mercado”, argumenta Dimarzio. 
.
Segundo os empresários, a demanda do mercado chinês por soja é de 30 milhões de toneladas por ano, e o Brasil pode fornecer parte desse volume. O governo chinês quer investir também, por meio de financiamentos, na produção de soja e algodão brasileiro e importar álcool.
.
O governo chinês negocia com 14 cooperativas dos estados do Paraná, Goiás e São Paulo para compra de soja. Um acordo com cooperativas do Paraná já foi fechado para compra imediata de 55 mil toneladas do produto. 
.
Empresários chineses já estão em contato com concessionárias de ferrovias no Brasil visando o estabelecimento de parcerias na construção de vagões, locomotivas e, inclusive, novas ferrovias, no País. A informação é do presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil/China, Charles A.Tang.
.
O executivo revelou que há negociações em curso envolvendo pessoas e empresas que estão desenvolvendo o projeto de saída para o Pacífico. Assim, em função do elevado nível de reservas internacionais, que chegam hoje perto dos U$500 bilhões, a China teria todo o interesse de estudar os projetos das concessionárias brasileiras para participar junto com elas dos investimentos em infra-estrutura de ferrovias, disse. Complementou que o governo chinês, inclusive, encoraja as empresas chinesas de maior experiência internacional a investir fora da China.
.
Charles Tang destacou, entretanto, que caberá não à China, mas às empresas e ao governo brasileiro desenvolver e apresentar os projetos a serem implementados, com vistas a uma futura parceria. Desde que haja algum projeto definitivo do lado brasileiro, Tang acredita que em maio próximo já poderá ser assinado algum protocolo de intenção para investimentos em ferrovias no Brasil, durante a visita oficial que o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará à China. O financiamento chinês seria pago por meio de produtos agrícolas, como soja e álcool, afirmou Tang.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.SR. PROF. Julio Clebsch 

.Editor responsável

HUMANA EDITORIAL

.

jclebsch@profissaomestre.com.br    -    http://www.profissaomestre.com.br

 

VOLTAR

.

.

" CERTA ESTÁ A AVESTRUZ "
.

.
Caras leitoras/es, 

.

A seguir alguns números, fatos e dados estatísticos que chamam a atenção neste País:.

Os automóveis Ferrari, no Brasil, venderam 12,5% mais em 2003. Detalhe: o modelo mais barato custa cerca de 350 mil dólares. 
.
A Cartier também aumentou suas vendas em 2003 – 54%. Já que estamos no ramo das jóias, a joalheria Tiffany, americana, inaugurou sua segunda loja no Brasil. A razão dada pela empresa: os brasileiros são os campeões de compras na América Latina. Vale ressaltar que Paris e Nova York possuem apenas uma. O Brasil prepara-se para receber sua terceira loja.
.
Nosso País responde por 70% das vendas da grife Louis Vuitton na América do Sul. Apenas uma loja da grife, instalada no Shopping Center Iguatemi, tem o quinto maior faturamento por metro quadrado no mundo.
.
Brasil, transbordando faxineiras, ocupa o segundo lugar na blindagem de automóveis, só perde para a Colômbia, e também o segundo lugar em número de jatinhos executivos, só perde para os Estados Unidos.
.
Em Zâmbia, os 20% mais pobres respondem por 3% dos recursos daquele país. No Brasil, os 20% mais ricos respondem por 64% dos recursos. Em Zâmbia, os 20% mais ricos repondem por 56% das riquezas. Não perdemos apenas para o Paraguai (futebol olímpico), perdemos para a Zâmbia, também.
.
Um estudo da Unesco posicionou o Brasil entre os piores países nos quesitos capacidade de leitura, habilidades matemáticas e conhecimentos de ciências. Entre as 41 nações pesquisadas, ficamos em 37º. Poderia continuar desfiando mais um sem-fim de números sobre nossas desigualdades, mas tem uma história que irá coroar tudo o que foi escrito até aqui. 
.
Uma parceria entre a São Paulo Alpargatas e a joalheria H. Stern criou três modelos exclusivíssimos das conhecidas chinelas Havaianas. A versão mais sofisticada, com 1.352 penas de ouro e 414 pedras de diamante, custa a bagatela de R$ 58,5 mil. É o suficiente para comprar um apartamento de dois quartos num bairro "médio" de Curitiba. Se ficarmos só com os números da Unesco e os valores das Havaianas, poderíamos dizer que este País é desigual da cabeça aos pés, não? 
.
Ou seja, quando se fala do mundo dos ricos, nosso País faz bonito. Por outro lado, temos mais alguns dados edificantes sobre essas paragens tupiniquins. Os números agora se referem às classes baixa e média. 

.

Quando falamos do consumo de produtos de embelezamento, o Brasil encontra-se quase sempre entre os cinco maiores mercados consumidores. Vale para próteses de silicone, creme anti-rugas, perfumes (nacionais e importados), alimentos dietéticos ou "light", entre outros. Somos um dos maiores consumidores de televisores no mundo e um dos que menos compram livros. Um levantamento realizado em toda a América Latina revelou que os brasileiros são os menos "viciados" em trabalho na região. Aliás, diga-se de passagem, o estudo foi feito pela Target Group Index Latina, um dos serviço do Ibope Mídia.

Veja bem, cara leitora/or, não estou querendo dizer que nossos ricos sejam mais competentes que nossos pobres. Infelizmente, nossas elites políticas e econômicas nunca pensaram em desenvolver uma nação. Muito pelo contrário, o negócio sempre foi "se dar bem". Os fins, para elas, sempre justificaram os meios. Mas que todo mundo, ricos, médios e pobres colabora, colabora!  - Esse talvez seja o único país do mundo onde ser:

freguês é sinônimo de otário

Onde quem respeita uma fila ou aguarda pacientemente sua vez num congestionamento é burro.

Você não conhece alguém que melhorou de vida e, resultado disso, transformou sua casa em um "bunker", uma verdadeira casamata? Parece que a mensagem é a seguinte: - "que se dane o resto". Somos individualistas. Exigimos do governo o melhor dos mundos (com razão), mas fazemos muito pouco para ajudá-lo. Deve ser nossa formação latina/cristã. Estamos sempre esperando a vinda de um Messias que irá nos salvar de todas as mazelas. É por isso que lembramos para quem votamos nas últimas eleições presidenciais, mas esquecemos muito rapidamente em quem votamos para:

  • vereador, 

  • deputado estadual

  • deputado federal

  • Senador

No mundo desenvolvido, o voto distrital (leia sobre o que é o voto distrital clicando aqui), para muitos, tem maior importância que o voto para um cargo executivo em nível federal ou estadual.
.
Nenhum país do mundo tem tantas fundações sem fins lucrativos, que apóiam as mais diversas pesquisas que os EUA. Elas foram fundadas por milionários que destinaram parte de suas riquezas em prol de ações que retornassem em benefício da população em geral. A classe média americana faz sua parte ao destinar pequenas doações em dinheiro a essas fundações. O governo faz sua parte ao permitir descontos nas declarações de renda de todos os envolvidos. 
.
Enfim, ninguém fica esperando que um
"presidente, governador, prefeito" resolva seus problemas. Vai-se à luta. Engraçado, esse fenômeno ocorre num dos países que menos oferece assistencialismo social ao seu povo. Por outro lado, no final do século dezenove, os índices americanos de analfabetismo já eram baixos. Eles já se preocupavam em: - "ensinar a pescar, nunca dar o peixe". Será que eles estão onde estão apenas porque são imperialistas gananciosos que se aproveitam de um mundo frágil e desprotegido? Não creio.
.
Recentemente, movimentos como esses
(fundações e ONGs) têm aparecido em nossas paragens. É um bom sinal. A maioria, infelizmente, ainda banca a avestruz, enfiando a cabeça num buraco, obstinando-se a não ver ou a considerar o lado desagradável das coisas. É muito mais fácil culpar o Lula (esse mentiroso!), o FHC (intelectual pedante), o Itamar (chorão).
.

.

Que tal falarmos um pouco sobre isso em sala de aula? 

.

No mínimo, a moçada vai entender um pouquinho mais de avestruz.
.

.
Boa semana

.

.

.

.

SR. PROF. Julio Clebsch 

.

Editor responsável

HUMANA EDITORIAL

....

.

A Humana Editorial tem por meta oferecer informação técnica de qualidade para um público educacional extremamente segmentado.
.
Atualmente publicamos a revista Profissão Mestre, especialmente voltada para os profissionais de Educação. Tal publicação, em seu quarto ano de existência, já conta com milhares de assinantes em todo o Brasil.

.

..

Milena da Costa, 101 - Pilarzinho - Curitiba (PR) - CEP 80251-970 - Fone (041) 3024 4454

..
 jclebsch@profissaomestre.com.br    -    http://www.profissaomestre.com.br

 

.

.

.

.

.

.

.

.

 

.

.

.

.

.

.

dicas e curiosidades 

"JORNAL DICAS DA SEMANA" Nº242 DO WWW.SDR.COM.BR

.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS   NÚMEROS DE MERCADO

...

.

Os jornais verificados em Português apenas e dos quais levantamos notícias para você nesta semana foram:

.

   .

EQUIPE DO SDR

.

vírus

.

.

O QUE SIGNIFICA A PALAVRA DOOM EM INGLÊS:

Os vírus "doom" (palavra inglesa que significa "ruína", "destruição", "destino funesto" estão programados para desencadear ataques digitais contra sites.

.

.

Vírus movimentam negócios globais  - www.valoronline.com.br 
A ação maléfica dos vírus de computador é bem conhecida e o rastro do Mydoom que já se tornou a praga de mais rápida disseminação na história da internet não deixa dúvidas sobre seu poder de destruição. Desde que foi detectado, na segunda-feira passada, o vírus provocou US$ 38,5 bilhões em prejuízos, segundo a empresa britânica Mi2G. A proliferação das pragas on-line, no entanto, estimula os negócios em pelo menos um setor: o das empresas de segurança de rede. A conclusão baseia-se em uma pesquisa da consultoria Frost&Sullivan, de Nova York. Segundo o levantamento, as fornecedoras de software de antivírus obtiveram receita de US$ 2,3 bilhões em 2003, com perspectiva de crescer 17% este ano, para US$ 2,7 bilhões.

.

.

.

TECNOLOGIA.

.

.

CELULAR PARA ATIVIDADES AO AR LIVRE - www.cnn.com.br 
O principal fabricante mundial de telefones móveis, Nokia, apresentou nesta segunda um aparelho destinado aos entusiastas das atividades ao ar livre, com lanterna elétrica e bússola digital que ajudarão aos usuários a não perder-se. Nokia disse que o 5140, seu primeiro telefone GSM equipado com função walkie-talkie, será distribuído nas principais lojas no segundo trimestre de 2004. A empresa finlandesa venderá uma cápsula com o Global Positioning System (GPS) separadamente, assim como um monitor chamado Nokia Fitness Monitor que mede a quantidade de calorias consumidas pelos usuários apaixonados pela tecnologia. 

.

Vendas de celulares crescem 23,3% em 2003 - http://www.computerworld.com.br  
O mercado de telefones celulares continuou em expansão no quarto trimestre de 2003, refletindo as fortes vendas registradas em todas as regiões do mundo. Segundo o estudo divulgado nesta terça-feira (03/02) pela International Data Corporation (IDC), as vendas aumentaram 29,7% em relação ao mesmo período de 2002, totalizando 167,8 milhões de unidades. O quarto trimestre de 2003 fechou um ano particularmente forte para a indústria de telefonia celular, com as vendas superando, pela primeira vez na história, meio bilhão de unidades. No ano, foram vendidos 533,4 milhões de aparelhos, 23,3% a mais do que as 432,7 milhões de unidades comercializadas no ano anterior. Ainda segundo a pesquisa, a demanda foi grande principalmente em mercados emergentes como os da Ásia e Europa Oriental. Além disso, as vendas de aparelhos de nível intermediário e topo de linha ajudaram os fabricantes a conseguir um aumento nas receitas. Na América do Norte e Europa Ocidental os consumidores começaram a substituir seus telefones antigos por aparelhos 2.5G. No quarto trimestre, a Nokia permaneceu como líder de mercado, com 33% de participação e 55,3 milhões de unidades vendidas. Na segunda colocação apareceu a Motorola com 13,4% de participação de mercado e 22,4 milhões de aparelhos comercializados, seguida pela Samsung, com 9,5% e 15,9 milhões, respectivamente. Ainda apareceram a Siemens, em quarto lugar com 9,1% de participação de mercado, e a LG Electronics em quinto lugar, com 5,3%. Nos resultados preliminares para o ano, a Nokia também é líder, com 33,6% de participação de mercado e 179,3 milhões de celulares vendidos. A Motorola é responsável por 14,1% de participação de mercado e 75,4 milhões de aparelhos, seguida pela Samsung, com 9,9% e 53 milhões.

.

.

Embratel leva internet gratuita a mais 17 cidades - http://idgnow.terra.com.br  
O Click 21, serviço gratuito da Embratel para acesso à internet, é oferecido também em Campinas, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Santos, São José dos Campos e Sorocaba, no estado de São Paulo. Também terão acesso Caxias do Sul e Bento Gonçalves (RS), Cascavel, Foz do Iguaçu, Maringá e Ponta Grossa (PR), Joinvile (SC), Vitória da Conquista (BA), além de Juiz de Fora, Uberlândia e Montes Claros (MG). Hoje, 128 localidades do Brasil têm acesso ao Click 21. Lançado em meados de julho do ano passado, o provedor tem mais de 500 mil usuários, superando a meta inicial de 300 mil nos primeiros cinco meses de atuação. O Click 21 oferece conexão rápida sem sinal de ocupado; suporte 24 horas; duas contas de e-mail por usuário, com até 30 Mb de armazenamento cada uma; antivírus; antispam; corretor ortográfico com quatro línguas; e links de sites. A rede da Embratel possui cobertura nacional com quase 29 mil quilômetros de cabos ópticos, representando cerca de um milhão e sessenta e nove mil quilômetros de fibras ópticas. 

.

.

.

MERCADO INTERNO.

.

.

influenza aviária JÁ ESTÁ CONFIRMADa em PORCOS no VIETNAM!!!

A partir desta confirmação oficial os países da Ásia terão que reagir com maior velocidade no sacrifício de aves e suínos para evitar que o vírus (influenza aviária) continue a se espalhar no continente e contagie o SER HUMano, já que geneticamente são similares. Já se tem informações de haverá uma vacinação em massa no continente Asiático para evitar a propagação da doença e além disso estão pedindo para acelerar o sacrifício de AVES (GALINHAS, PATOS, POMBAS) e que também sejam incluídos os SUÍNOS com a confirmação da febre em Vietnam.

.

.

MUNDO FECHA AS PORTAS PARA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS DA ÁSIA

Brasil pulou na frente e fechou as fronteiras para o ARROZ EM CASCA CHINÊS para evitar o risco de trazer os vírus (influenza aviária). Ainda se terão que confirmar outros produtos alimentícios com importação cancelada observando as medidas "mínimas de salvaguarda e proteção da Produção Nacional". Outros paises estão tomando medidas similares para evitar a propagação da doença.

.

Deveria ser uma boa notícia
o Brasil ficou em 6º lugar entre 31 países no ranking de empreendedorismo do GEM (Global Entrepreneurship Monitor) divulgado nesta terça-feira (3/2) na sede do Sebrae em Brasília. A lista é feita desde 1999 por duas instituições acima de qualquer suspeita - o Babson College, tido como a principal faculdade de empreendedorismo dos Estados Unidos, e a London Business School, uma das mais prestigiadas da Inglaterra. No Brasil, que participa da pesquisa desde 2000, os dados são coletados pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade no Paraná (IBQP), por meio de entrevistas. O indicador que garantiu ao país essa posição de destaque é o seguinte: 12,9% da população adulta havia iniciado algum negócio nos 42 meses anteriores às entrevistas (feitas entre abril e julho de 2003). Uma análise um pouco mais cuidadosa do documento, no entanto, retira grande parte das razões para orgulho. Primeiro, a própria ordem do ranking causa estranheza. À frente do Brasil estão: Uganda (em primeiro lugar, com 29,3% de adultos com novos empreendimentos), Venezuela, Argentina, Chile e Nova Zelândia. Atrás do Brasil aparecem Estados Unidos (com taxa de 11,9%) e China (11,6%). Não é que qualquer ranking encabeçado por Uganda deva ser interpretado a priori como ruim, mas a classificação do GEM só se explica pelo fato de não ser levada em consideração a qualidade dos empreendimentos. Quando esse quesito é computado, o Brasil vai mal. Muito mal.

.

.

Os grandes exportadores substituem importações - www.netcomex.com.br
As 15 maiores empresas exportadoras e importadoras do país ampliaram suas vendas externas em ritmo mais acelerado do que o das suas importações em 2003. Essas companhias exportaram 16% mais no ano passado, enquanto elevaram suas compras no exterior em apenas 8%. A comparação indica que, apesar da valorização do real ao longo de 2003, esses grupos ampliaram a substituição de importações, aproveitando em muitos casos a recuperação da economia Argentina e a maior abertura do Brasil a novos mercados. Uma das razões que levaram essas companhias a reduzir importações foi a valorização do euro frente ao dólar, que encareceu os produtos provenientes dos países europeus, origem de várias destas empresas. O Brasil importou 10% mais matérias-primas e bens intermediários em 2003, em relação ao ano anterior, mas o crescimento da importação de insumos de origem européia foi de somente 1%. 

.

.

Nova arma para estimular inovação - www.netcomex.com.br
O poder de compra do governo federal será uma das armas que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende usar para estimular a inovação e o uso de soluções nacionais em tecnologia da informação. A Casa Civil está diretamente envolvida. No novo perfil da atuação, o ministro José Dirceu deve se voltar mais para a administração da máquina governamental e um de seus auxiliares, o sociólogo paulista Sérgio Amadeu, vem sendo apontado com um dos técnicos que formariam o "núcleo duro". Ele comanda o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, vinculado à Casa Civil. Outro participante desse grupo é um dos secretário do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Arthur Pereira Nunes. Na década de 80, ele foi um dos que defenderam a tecnologia nacional na informática. Atuou na mesma época do atual diretor do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Sérgio Rosa, que também integra o núcleo.

.

.

Brasileiros aderem ao "jeitinho" - www.valoronline.com.br 
Segundo a Pesquisa Social Brasileira (PESB), a maioria dos brasileiros considera que usar da influência para passar na frente na fila do posto de saúde ou pedir a um amigo que trabalha no serviço público para ajudar a tirar um documento rapidamente, por exemplo, é apenas dar um jeitinho. O coordenador da pesquisa, cientista político Alberto Almeida, explica: "O jeitinho, muito disseminado entre os brasileiros, é a anti-sala da corrupção. É a zona cinzenta entre o certo e errado." Pelos dados da PESB, 2/3 da população brasileira já deram um jeitinho em alguma situação. Esse percentual é ainda maior (70%) entre a pessoas que concluíram a universidade ou pós-graduação. São os analfabetos que menos se utilizam deste recurso (51%). Almeida acredita que há uma possibilidade de o número ser maior, uma vez que "a população de baixa escolaridade não conhece o jeitinho por esta terminologia." Os mais jovens lideram o ranking de pessoas que usam o jeitinho para resolver algum problema: 70%, na faixa etária de 18 a 24 anos. Os mais velhos fazem o contraponto. Apenas 54%. Os dados por idade batem com o item escolaridade. "As pessoas mais jovens têm a escolaridade média mais alta que a dos mais velhos", justifica Almeida. Segundo a pesquisa, os brasileiros definem jeitinho como dar uma gorda gorjeta ao garçom para, num segundo momento, não esperar na fila do restaurante; pedir a um parente que trabalha no governo para acelerar a liberação de um empréstimo ou passar na frente na fila quando vai matricular o filho na escola.

.

...

Motos dão à Honda 78,6% da receita no Brasil - www.valoronline.com.br 
Quase oito ano depois da inauguração de uma fábrica de automóveis, em Sumaré, no interior de São Paulo, ainda são as motocicletas que garantem à montadora japonesa Honda a grande parte do faturamento no Brasil. No ano passado, os negócios com os veículos de duas rodam somaram receita de US$ 1,1 bilhão, enquanto que as vendas de carros ficaram em US$ 300 milhões. E é com a venda de uma das motos mais simples e antigas do mercado que a Honda obtém a maior parte dos seus ganhos. A pequena CG é responsável por mais de 85% das vendas da montadora, que detém 87% do mercado brasileiro de motocicletas.

.

.

LEIA PARA FICAR De olhos bem abertos para o Orientewww.netcomex.com.br 
O projeto de política externa conduzido pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva consiste hoje em estruturar um novo pólo civilizatório fora das rotas centrais do comércio mundial. Fortalecer relações comerciais e culturais com a China, Índia e com os países asiáticos passou a figurar como um objetivo estratégico capaz de alavancar uma inserção altiva, soberana e competitiva do Brasil no cenário internacional. E esta nova realidade que se desenha no horizonte das relações internacionais brasileiras está diretamente relacionada ao futuro de Mato Grosso do Sul.Há razões de sobra para que a política externa brasileira volte seus olhos para o Oriente – mais particularmente, para a locomotiva dirigida por Pequim. A China tem hoje uma população de 1,4 bilhão de habitantes e uma economia que cresce com uma taxa média de 8% ao ano, a mais alta do mundo. O Produto Interno Bruto chinês já ultrapassou a marca de US$ 1,7 trilhão. 
.
 Em sua edição de 26 de setembro do ano passado, o jornal britânico “Financial Times”, uma das mais prestigiosas publicações econômicas do mundo, já reconhecia esta realidade. "O Brasil e a Argentina podem estar tentados a ver oportunidades na Ásia como uma alternativa à luta para abrir os mercados agrícolas dos Estados Unidos e da Europa", dizia a análise. Segundo o FT, a China parece ter uma demanda insaciável por minério de ferro, cobre e soja, "ajudando países como o Brasil e a Argentina, que abrigam algumas das companhias de agronegócio e mineração mais eficientes do mundo". Para que estas expectativas se convertam em efetiva realidade a abertura de um eixo de comércio exterior com o Pacífico é fundamental. Em 2003, a Bolsa de Mercadorias & Futuros também publicou um amplo estudo sobre o impacto da abertura de uma rota bioceânica para o desenvolvimento do Centro-Oeste. O estudo, amplamente divulgado pela imprensa, mostra a viabilidade econômica do empreendimento, que trará como resultado imediato a diminuição de 7,4 mil quilômetros da distância a ser percorrida pelos produtos brasileiros destinados ao mercado asiático. Ou, em uma única palavra: competitividade.
.
O RESGATE DO SONHO BOLIVARIANO – As vantagens da rota bioceânica, no entanto, não se restringem ao horizonte do mero incremento comercial Brasil-Ásia. Mais do que isso, o primeiro impacto da concretização do novo eixo é a realização de um sonho de 150 anos: a integração da América Latina, conforme a visão de Simon Bolívar. Uma rota que permita ao Brasil acessar os portos do Pacífico será, antes de tudo, um acelerador do processo de integração dos países da América do Sul à luz de um projeto de soberania das nações e de autodeterminação dos povos. Significa a criação de um ambiente de crescimento do intercâmbio entre o Brasil e nossos vizinhos sul-americanos, pautado por relações equilibradas. É, pois, um óbvio contraponto aos interesses hegemonistas que a Alca (Área de Livre Comércio das Américas) representa.
.
Na medida que torna mais robusto o laço entre o Brasil e as nações sul-americanas, a rota que nos dará acesso aos portos do Pacífico também será um corredor importante para o escoamento das mercadorias brasileiras para o mercado consumidor dos países vizinhos, uma vez que – superado o principal gargalo logístico – a indústria brasileira terá sua posição fortalecida em relação aos concorrentes norte-americanos e europeus em virtude da estratégica proximidade física.
.
MS NO MAPA DA INTEGRAÇÃO – A rota bioceânica é hoje um ponto fundamental na agenda do Governo Popular de Mato Grosso do Sul. O estado reúne todas as condições objetivas para ser protagonista deste processo de integração sul-americana e de incremento do comércio exterior com os países da Ásia. A começar pela posição geográfica estratégica, que nos confere o estatuto de corredor natural para as exportações brasileiras, de acordo com a visão da construção de um novo eixo rumo ao Pacífico. O nosso perfil produtivo e a tradição de interação cultural com outros países do continente – marcadamente a Bolívia e o Paraguai – também são diferenciais decisivos.
.
É esta direção que norteia os esforços do governo no campo de suas relações internacionais. Sob a liderança do governador Zeca do PT, Mato Grosso do Sul tem adotado uma atitude positiva no que se refere às articulações em torno do financiamento brasileiro e internacional para transformar o projeto da rota bioceânica em realidade. Entre os atores que fazem parte desta discussão estão a União – através dos Ministérios do Planejamento, Transportes e do BNDES – e os governos dos países vizinhos. Em 2003, contabilizamos resultados alvissareiros nesta direção.
.
No final de setembro de 2003, por orientação do governador, apresentei, durante o encontro da Zicosur (Zona de Integração do Centro Oeste da América do Sul – que envolve governos regionais do Brasil, Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia e Peru), o projeto de MS para se consolidar como a principal referência logística no âmbito do território nacional para o setor exportador que pretende chegar à Ásia através do Pacífico. No encontro, realizado na cidade argentina de San Miguel de Tucuman, do qual também participaram representantes dos governos da República Popular da China e do Japão, podemos aferir que a viabilidade atestada pelos estudos existentes também é pauta de primeira magnitude das agendas dos governos ali representados. Além disso, a criação da Câmara de Comércio Exterior do Governo é outra ação concreta no sentido de dar maior consistência aos nossos pleitos nesta área.
.
Não se tratam de ações isoladas, mas sim de um processo contínuo conectado às diretrizes que norteiam o projeto de desenvolvimento nacional. 2004 começou com uma pauta densa para a viabilização da rota. A reunião do governador Zeca do PT e de autoridades do governo paraguaio com o BNDES ocorrida neste mês para a discussão do novo eixo e a viagem do governador integrando a comitiva presidencial na viagem à Índia são os gestos inexoráveis da intenção de Mato Grosso do Sul de aprofundar o seu papel estratégico no novo cenário das relações internacionais brasileiras. Nos próximos dias 4 e 5, o Governo do Estado e o Ministério dos Transportes promovem em Campo Grande o 1º Encontro Internacional para debater o “Corredor Ferroviário Bioceânico de Integração e Desenvolvimento Santos Antofagasta”. 
.
UM LEGADO ÀS FUTURAS GERAÇÕES - É importante destacar ainda que a integração que Mato Grosso do Sul pleiteia não se restringe ao horizonte econômico. Queremos ser agentes de um processo de transformação das relações entre o Brasil e os países vizinhos que seja pautado pelos mais caros valores civilizatórios. Estarão no centro deste processo as riquezas não-comercializáveis como as culturas, as grandes tradições de nossos povos, a beleza e a fecundidade de nossos ecossistemas, a solidariedade, o altruísmo e o respeito às diferenças.
.
Quando falamos de rota bioceânica, não estamos falando apenas de mercados e de oportunidades comerciais advindas do intercâmbio com os países asiáticos e sul-americanos. Falamos sobretudo de nós mesmos, pois todo este conjunto de fatores contribui para alçar o Mato Grosso do Sul ao papel que lhe cabe na conjuntura brasileira e latino-americana: o de protagonista de uma nova experiência de integração da qual hão de usufruir esta e as futuras gerações. Egon Krakhacke é vice-governador de Mato Grosso do Sul e secretário de Estado de Planejamento e de Ciência e Tecnologia (APn)
.

.

.

MERCADO EXTERNO

.

.

Saldo comercial em janeiro chega a US$ 1,588 bilhão - www.netcomex.com.br 
A balança comercial brasileira fechou o mês de janeiro com recorde de exportações de US$ 5,8 bilhões, um crescimento de 26,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com a média diária. As importações no período foram de US$ 4,212 bilhões, totalizando um superávit de US$ 1,588 bilhão. Em 2003 o saldo foi de US$ 1,155 bilhão.

.

.

Mais 236 empresas brasileiras passam a exportar em 2003 - www.netcomex.com.br
O número de empresas brasileiras exportadoras aumentou em 2003, segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. No ano passado, 17.743 empresas exportaram, contra 17.407 no ano anterior. No ano passado, 117 empresas venderam acima de US$ 100 milhões, 13 a mais do que em 2002. Estas firmas exportaram US$ 42,69 bilhões, representando 58% do total vendido pelo Brasil. A maior concentração de empresas está na faixa entre US$ 100 mil e US$ 400 mil. Em 2002, eram 3.064 firmas nesta faixa. No ano passado, foram 3.323, totalizando 259 empresas a mais. Outro crescimento significativo foi verificado na faixa entre US$ 1 bilhão e US$ 2 bilhões: o número de firmas passou de 957 para 1.093. 

.

.

O número de empresas brasileiras exportadoras aumentou em 2003, segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. No ano passado, 17.743 empresas exportaram, contra 17.407 no ano anterior. No ano passado, 117 empresas venderam acima de US$ 100 milhões, 13 a mais do que em 2002. Estas firmas exportaram US$ 42,69 bilhões, representando 58% do total vendido pelo Brasil. A maior concentração de empresas está na faixa entre US$ 100 mil e US$ 400 mil. Em 2002, eram 3.064 firmas nesta faixa. No ano passado, foram 3.323, totalizando 259 empresas a mais. Outro crescimento significativo foi verificado na faixa entre US$ 1 bilhão e US$ 2 bilhões: o número de firmas passou de 957 para 1.093.
.
Um abraço
Vanderlan Vasconselos
Coordenação MCT/FINEP/RS
.
UE lança site com informações para exportadores - www.export-help.cec.eu.int 
A Comissão Européia lançou nesta segunda-feira (02/02) um site com informações sobre as regras de exportação para a União Européia voltado especialmente para empresas de países em desenvolvimento. A página traz detalhes sobre as normas, padrões e maneiras sobre como vender produtos para a UE. 
O "Serviço de Ajuda à Expansão de Exportações" fornece informações sobre tarifas de importação, documentação de mercadorias, além de regras de origem. A consulta é gratuita e inicialmente está disponível em inglês. No site também estão estatísticas de negócios, links para websites de comércio e instituições, e um espaço para discussão voltado para companhias vendedoras e compradoras. Para os próximos meses está prevista a inauguração de novos serviços, como informações sobre produtos que apresentam recomendações especiais (sanitárias ou fito-sanitárias, por exemplo). 
.
Um abraço
Vanderlan Vasconselos
Coordenação MCT/FINEP/RS
.

Brasil tem que parar de se achar um "coitadinho" - www.valoronline.com.br 
O novo embaixador do Brasil nos EUA, Roberto Abdenur, disse que o protecionismo americano não pode ser um empecilho para os exportadores brasileiros aumentarem suas vendas.
"As barreiras protecionistas americanas atrapalham, mas o Brasil tem que fazer o dever de casa, diversificar as exportações e ganhar competitividade", avaliou. O embaixador, que assume o posto em Washington no lugar de Rubens Barbosa nos primeiros dias de abril, disse que os EUA terão que ser mais "generosos" do que o Brasil se quiserem viabilizar um acordo na Área de Livre Comércio das Américas (Alca) que seja satisfatório e integre o continente. "Há diferença entre a retórica americana pró-Alca e a disposição de negociar (do governo dos EUA) demonstrada até agora", alfinetou Abdenur. Ele considerou que, no cenário atual, o mercado americano é aberto em setores onde o Brasil não participa ou está mal representado. "Precisamos deixar de achar que eles (americanos) são os malvados e nós (brasileiros), os coitadinhos", criticou Abdenur. O diplomata foi além e avaliou que o Brasil "perdeu o bonde" da expansão do comércio internacional nos anos 70, 80 e 90 e que a vulnerabilidade do país a crises externas não resulta de exposição excessiva ao comércio internacional, mas de participação insuficiente no comércio exterior mundial. Abdenur também comparou o Brasil à China (onde já foi embaixador).

Em 20 anos, disse ele, o Brasil multiplicou as exportações para USA, que passaram de US$ 8 bilhões para US$ 16 bilhões.  - No mesmo período, a China multiplicou suas vendas para os EUA cerca de 30 vezes, passando US$ 4 bilhões para US$ 130 bilhões por ano. E também mostrou-se otimista com as eleições presidenciais americanas. "O mais importante, independente do candidato que ganhar, é a relação entre os dois países".

.

Ministro de negócios da França chega ao Brasil 
Depois que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi a Genebra convidar o secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Kofi Anan, e os presidentes da França, Jacques Chirac, e do Chile, Ricardo Lagos, a assumirem uma aliança global contra a forme, é a vez do ministro dos Negócios Estrangeiros da França, Dominique de Villepin, vir ao Brasil estreitar os laços entre os dois países.  Dominique de Villepin chegou à Brasília nesta terça-feira à noite (3). É a primeira vez que vem ao Brasil como ministro, seguindo um roteiro de visitas a outros três países da América Latina. A relação entre França e Brasil é histórica e tem se estreitado no governo Lula, na opinião do conselheiro da Embaixada da França no Brasil, David Izzu. “O que faz essa relação ser mais útil no âmbito internacional é a nova atuação da diplomacia brasileira com o presidente Lula no cenário internacional”, afirma Izzu. O fato de o Brasil assumir em 1° de janeiro deste ano como membro do Conselho de Segurança da ONU é uma forma de aproximação entre os dois países. “Nossa relação tem de ser permanente. Temos que confrontar idéias quase que de maneira cotidiana. O fato do Brasil ser criador do G-20 e incentivar o combate a fome também o torna um país importante para a França”, diz o conselheiro da Embaixada da França no Brasil, David Izzu. 
- Investimento - Além da forte expressão cultural identificada nos dois países e que gera importante intercâmbio de artistas, a aproximação entre Brasil e França se destaca no comércio bilateral. A Europa é o primeiro comprador e investidor do Brasil, sendo a França o quarto maior investidor, em 2003. De acordo com a Embaixada da França, as maiores empresas francesas estão no Brasil, sendo mais de 250 instaladas no país e mais de 240 mil funcionários brasileiros empregados nas filiais.  Os segmentos de maior investimento são eletricidade, automóveis - onde se destacam as empresas Renoult e Peugeot -, hotéis, clubes, produção de aço, bancos, e aviação, onde se destaca a parceria entre a francesa Dassault e a brasileira Embraer.  Se não bastasse, o país europeu é o sexto maior vendedor de produtos para o Brasil e o 12° comprador de bens brasileiros. Ano passado, o volume de comércio chegou a aproximadamente US$ 3,5 bilhões. A vantagem, apesar de pequena, é francesa. Em 2003, acumulou superávit de quase US$ 400 milhões.

.

.

Brasil exportará 50 mil toneladas de frango à Coréia do Sul
O Brasil exportará 50 mil toneladas de frango para a Coréia do Sul em 2004. O negócio, estimado em cerca de US$ 80 milhões, será fechado por uma equipe técnica que virá ao Brasil ainda este mês para visitar os frigoríficos habilitados a enviar os cortes para aquele país. A informação foi repassada ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, por telefone, pelo secretário de Defesa Agropecuária, Maçao Tadao, que lidera uma missão brasileira em viagem à Ásia para negociar a abertura de novos mercados para as carnes brasileiras.  De acordo com o secretário Executivo do Ministério da Agricultura, Amauri Dimarzio, é a primeira vez que o país fornecerá frango in natura para a Coréia do Sul, num reflexo direto da ocorrência do vírus influenza aviária, causador da gripe do frango, nos países asiáticos. Tudo indica que o volume a ser adquirido do Brasil deixará de ser comprado da Tailândia. Para Dimarzio, a abertura do mercado sul-coreano implicará na ampliação de novos potenciais compradores do Brasil, como Japão e Taiwan. “A partir do momento que outros países conhecerem a qualidade da carne brasileira, nós poderemos nos tornar um dos principais fornecedores do mercado mundial”.  Segundo Dimárzio, os frigoríficos brasileiros estão preparados para atender às novas demandas, com os cortes que forem solicitados. “A indústria está pronta para atender à la carte, mas o volume de negócios vai depender da habilidade comercial dos empresários brasileiros. O Brasil também deve conquistar uma fatia do mercado de ovos para a Ásia. Somente a Cingapura consome 100 milhões de unidades por mês, dos quais 70% são importados.

.

.

.

Tá LOUCO!!!

.

.

Governo processa por maquiagem de produtos - RENATA MESQUITA DO PLANTÃO INFO
Três grandes empresas que atuam no país estão sendo processadas pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) pela maquiagem de produtos prática de entregar menos do que consta nas informações da embalagem. 

  • A HP Brasil é uma delas, por causa dos cartuchos de tinta.

HP 51649 a (de 22,8 ml para 11 ml), 
HP c6614d (de 28 ml para 14 ml) e
HP c6615d (de 25 ml para 14 ml).

Há dois anos, a HP já havia reduzido a quantidade de tinta de alguns cartuchos de 40 ml para 28 ml, com a ajuda de duas bolsas de ar. Em entrevista à INFO na época (edição 193, de abril de 2002), o gerente da área de suprimentos da empresa, Luís Fernando Tedesco, disse que 40 ml seria "uma quantidade muito grande de tinta para o usuário doméstico e o cartucho poderia perder a validade antes de ser usado inteiramente".

  • A Johnson & Johnson, por causa da redução de unidades nas embalagens de absorventes.

Johnson & Johnson teria diminuído a quantidade de absorventes de cada pacote da marca Sempre Livre, segundo denúncia da Adocon (associação das donas de casa de Santa Catarina).

  • E a Pepsico do Brasil (Elma Chips) pela redução de salgadinhos em alguns pacotes.

A Elma Chips é acusada de reduzir, indevidamente, a quantidade oferecida nos pacotes de salgadinhos Cheetos, Fandangos, Doritos, Pingo D'Ouro e Stiksy. 

Em comunicado, o Ministério da Justiça informa que, se forem condenadas, as empresas poderão ser punidas com multas que vão de 200 a três milhões de UFIRs o valor máximo, aproximado, é de 3,19 milhões de reais. O processo foi instaurado na quarta-feira (28), com prazo de 10 dias para as empresas se defenderem.

.

.

Diretor da LG é preso em Manaus pela PF - Renata Mesquita, do Plantão INFO
Gianfranco Menezes Han, diretor da LG Electronics em Manaus, foi uma das pessoas presas na mega-operação Zaqueu, que a Polícia Federal iniciou na noite da segunda-feira (2) para barrar o esquema de fraude na fiscalização do cumprimento de leis trabalhistas. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, a Polícia Federal descobriu que as 25 pessoas detidas cometeram vários crimes - entre eles, formação de quadrilha e corrupção ativa e passiva. Participaram da operação 125 agentes da PF que mapearam a fiscalização feita em cerca de 40 empresas, todas sediadas no Amazonas. Além de Menezes Han, foram presos em flagrante 10 auditores fiscais do Ministério, outros empresários e alguns intermediários, conta a Agência Brasil. Os fiscais recebiam um "salário mensal" para não aplicar multas e recebiam propinas para omitir as irregularidades encontradas, como não cumprimento de cargas horárias ou sonegação de INSS, entre outras coisas. Segundo a Folha de S.Paulo, na casa de Gianfranco Menezes Han foram encontrados diversos comprovantes de remessas de dinheiro para o exterior e três armas. Pelas informações fornecidas pela PF, o executivo teria beneficiado a LG e intermediado redução de multas trabalhistas para outras empresas.
Procurada pelo Plantão INFO, a LG ainda não se manifestou sobre o assunto. 

.

.

PAGUE SEU IMPOSTO DE RENDA EM 890.000 ANOS. SIM ISSO MESMO!!!  - www.folha.com.br 
Fama Ferragens S.A. converteu-se, em três décadas, num logotipo de sucesso. É associado a uma das mais conhecidas marcas de fechaduras do país. Os computadores do Ministério da Fazenda armazenam dados com potencial para expandir a notoriedade da Fama a um outro setor, o tributário. Com R$ 128 milhões em impostos atrasados, a Fama aderiu ao Refis, o programa de parcelamento de débitos tributários criado em 2000. A empresa passou a recolher aos cofres de Brasília uma média de R$ 12,00 por mês. Repetindo: R$ 12,00. Concedeu-se à Fama até 890 mil anos para regularizar o seu contencioso com o fisco. O fracionamento módico e o prazo de 8.900 séculos não bastaram, porém, para recompor a solvência da companhia de ferragens. A Fama foi excluída do Refis há dois meses. Motivo: falta de pagamento. Como a lei faculta ao contribuinte pagar um percentual de seu faturamento, sem fixar um prazo para o encerramento dos pagamentos, grande parte dos contribuintes que aderiram ao Refis está fraudando os registros contábeis de seu faturamento, de forma a pagar o menos possível". De fato, a legislação do Refis vinculou o pagamento de antigas dívidas tributárias a percentuais incidentes sobre o faturamento. Variam de 0,3% a 1,5%, conforme o porte da empresa. Quanto menos a firma fatura, menos recolhimento ao fisco. Daí a suspeita de fraude contábil.

.

.

CONTROLE QUANTO GASTA SEU FUNCIONÁRIO!!! - CLIQUE AQUI E REVISE TUDINHO!!! 
Agora já dá para acompanhar na internet o quanto cada deputado gasta com verbas indenizatórias. A consulta está liberada a qualquer eleitor que queira acompanhar o que seu candidato anda fazendo com as verbas públicas. Cada deputado tem direito a gastar até 12 mil reais por mês com despesas relacionadas ao exercício do mandato, como gastos com hospedagem e alimentação, compra de software e material de escritório e abastecimento de veículos, entre outras coisas. O saldo não utilizado acumula-se para o mês seguinte dentro de cada semestre, explica a Agência Câmara. A consulta pode ser feita por nome do deputado, por partido ou por estado, e os gastos são discriminados por tipo de compra ou atividade. 

.

.

CAMPANHA DE PUBLICIDADE CONTRA A INVASÃO DO CINEMA AMERICANO - http://www.fapae.es 

Três reconhecidos diretores espanhóis, três anúncios publicitários e uma mensagem em comum:  - contra a invasão norte-americana nas salas de cinema espanholas. A Federação de Associações de Produtores Audiovisuais Espanhóis quer assim proteger a identidade do cinema espanhol frente a imposição dos cânones de outras culturas, especialmente a norte-americana. Com a colaboração da agência Sra. Rushmore, os realizadores Fernando Colomo, Emilio Martínez Lázaro e Manuel Gómez Pereira gravaram três anúncios que ironizam sobre o pouco significado que alguns símbolos americanos tem na sociedade espanhola. Símbolos que, como a saudação exagerada dos norte-americanos, a celebração de Halloween ou o beisebol, estão presentes na maioria dos filmes que ocupam a quota na televisão que o cinema espanhol tanto deseja para si.

.

.

TOLERÂNCIA ZERO DO ZORRA TOTAL PARECE!!! - www.bbc.com.br
Timothy Stansbury abriu a porta a caminho de uma festa e levou um tiro no peito, quase a queima roupa. Desceu cinco andares e caiu morto no saguão do prédio. Timothy, um negro, não estava armado nem tinha passagem pela polícia. Era um bom aluno e trabalhava para ajudar nas contas da casa. O autor do disparo foi um policial veterano com doze anos de profissão, branco, que nunca tinha disparado um tiro. Estava fazendo uma patrulha de rotina no teto de um prédio quando Timothy abriu a porta de repente e surgiu na frente dele. O policial estava com a arma na mão, engatilhada. Uma sucessão de azares e equívocos fatais: o policial não tinha nenhuma intenção de matar um inocente mas, durante a noite, no Harlem e outras vizinhanças perigosas, a polícia tem permissão para patrulhar os tetos com armas na mão. Antes de esperar a conclusão da investigação, Raymond Kelly, chefe da policia de Nova York, condenou o crime, visitou os parentes de Timothy junto com o prefeito e foi ao funeral de Timothy na semana passada. O policiamento com arma na mão está suspenso. O chefe está levando chumbo do sindicato dos policiais mas não é a primeira vez que vai contra sua própria força. No ano passado, uma ação policial provocou um ataque cardíaco numa mulher de 57 anos, quando entrou na casa dela derrubando a porta com uma granada de concussão em busca de drogas. A polícia estava com endereço errado. O chefe de polícia visitou a família da vítima, condenou a ação, transferiu os policiais envolvidos e suspendeu a prática da polícia de entrar sem bater na porta. Na gestão do prefeito Bloomberg, o crime em Nova York continua em queda mas o chefe Kelly é a figura pública mais popular da cidade, com 70% de aprovação. O índice do prefeito está por volta de 40%. Uma polícia mais eficiente e menos agressiva é uma fórmula mortífera.

.

.

NESTLÉ NÃO PODE COMPRAR GAROTO!
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) tomou uma decisão surpreendente ontem ao decidir, por cinco votos a um, que a Nestlé não poderá concretizar a compra da fabricante de chocolates Garoto, realizada há dois anos. Pela decisão, em 20 dias a Nestlé deverá apresentar ao Cade uma empresa responsável pela avaliação da Garoto, que terá de ser vendida para qualquer outra empresa que tenha até 20% do mercado nacional.  O Cade obrigou a multinacional suíça a contratar uma auditoria externa no prazo de 20 dias para iniciar processo de venda dos ativos da Garoto, adquiridos há dois anos por R$ 570 milhões. O relator do caso, Thompson Andrade, disse que a aquisição poderia levar a um aumento de preços dos produtos. "A Nestlé argumentou que seus custos cairiam 12%, mas minhas análises demonstraram que haveria queda de apenas 2,7%", afirmou o conselheiro do Cade. Segundo Andrade, pesou ainda na decisão a elevada concentração de mercado, de até 80%, que a Nestlé teria em alguns segmentos, como o de coberturas de chocolate.

.

.

Parada obrigatória para ônibus - www.ocarreteiro.com.br

As empresas de ônibus que operam a linha Rio de Janeiro-São Paulo-Rio de Janeiro estão fazendo o trajeto sem parada e, neste caso, estão desobedecendo o decreto 2521, de 20 de março de 1998, que obriga uma parada no máximo a cada quatro horas nas linhas interestaduais para descanso e alimentação dos passageiros e do motorista do ônibus. O SOS Estradas estima que já foram realizadas cerca de 25 mil viagens irregulares. A Viação 1001, Itapemirim e Expresso do Sul (controlada pelo mesmo grupo da 1001), continuam impunes e a única empresa que parou com as viagens “sem paradas” foi a Expresso Brasileiro. Estima-se que a ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres) deixou de cobrar R$ 50 milhões em multas. Outro problema é que a ilegalidade estimula empresas do setor a agirem da mesma maneira. No último final de semana, por exemplo, um ônibus da Viação Resendense, que fazia viagem para São Paulo, bateu num caminhão, provocando a morte do motorista e o ferimento de dez passageiros. Segundo testemunhas, antes do acidente o motorista teria freado duas vezes bruscamente indicando provável excesso de velocidade e fadiga. 

.

 

.

.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

dicas e curiosidades 

"JORNAL DICAS DA SEMANA" Nº242 DO WWW.SDR.COM.BR

.

REFLEXÃO   PENSAMENTOS

..

.

.

 

UMA CONFERÊNCIA

.

Bill Gates deu uma conferência em uma universidade, dirigida a estudantes e pais (pais super protetores com filhos que acham que sentem que merecem tudo). Em sua dissertação, explicou onze regras, ainda que muito duras, muito necessárias e válidas na vida real:


RegRa 0i: A vida não é justa, acostuma-se a isto.

RegRa 02: Ao mundo não lhe importará tua auto-estima. O mundo esperará que consigas algo, independentemente de que te sintas bem ou mal contigo mesmo.
.
RegRa 03: Não ganharás u$s 5.000 mensais logo depois de ter saído da universidade e não seras um vice-presidente até que com o teu esforço tenhas conquistado ambos os objetivos.
.
RegRa 04: Se pensas que teu professor é duro, espera até que tenhas um chefe. Esse sim não terá vocação para ensino e nem a paciência requerida.
.
RegRa 05: Dedicar-se a virar hambúrgueres não te tira a dignidade. Teus avôs tinham uma palavra diferente para descreve-lo: - "O chamavam de oportunidade".
.
RegRa 06: Se metes os pés pelas mãos, não ponhas a culpa nos teus pais. Assim, não chores por teus erros e sim aprende com eles.
.
RegRa 07: Antes de você nascer, teus pais não eram tão cansados como são agora. Eles começaram a ser-lo ao pagar as tuas contas, lavar a tua roupa e ao te escutar falar da nova onda em que estavas. Assim antes de empreender tua luta pelas selvas virgens contaminadas pela geração de teus pais, começa o caminho limpando as coisas de tua própria vida, começando pelo teu quarto.
.
RegRa 08: A escola pode ter eliminado a diferença entre ganhadores e perdedores, na vida real não. Em algumas escolas já não se perdem anos letivos e te dão as oportunidades que necessites para encontrar a resposta correta em teus exames e para que tuas tarefas sejam cada vez mais fáceis. Isso não tem qualquer semelhança com a vida real.
.
RegRa 09: A vida não se divide em semestres. Não terás longas férias de verão em lugares distantes e muito poucos chefes se interessarão em ajudar-te a te encontrar contigo mesmo. Tudo isto terás que fazer em teu tempo livre.
.
RegRa 10: A televisão não é a vida diária. Na vida cotidiana, as pessoas de verdade precisam sair do café ou do cinema para ir trabalhar.
.
RegRa 11: Se amável com os CDF. Existem muitas probabilidades que termines trabalhando para um deles.

.

.

.

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

" Contratação de Serviços "

um check list

,

SR. PROF. ALEXANDRE FREIRE
.
CONSULTOR
Instituto MVC M. Vianna Costacurta Estratégia e Humanismo

..

.

.

.

Os números mostram claramente o crescimento da participação dos serviços no PIB nacional. De acordo com dados oficiais do governo federal, 55% do PIB brasileiro, está "nas mãos" deste setor que vem crescendo ano após ano. O Brasil, meus amigos, está caminhando para uma economia de serviços e não há como negar. 

  • Mas quais são as principais razões deste crescimento? 

  • O que impulsiona este setor? 

São três as causas principais:

  • A commoditização dos produtos;

  • A falta de tempo dos consumidores e das organizações;

  • A complexidade dos produtos.

Vamos à primeira razão. A lavadora Brastemp, a TV 29" da Sony, o DVD da Panasonic, ou o best-seller de Stephen King, todos são iguais em qualquer ponto de venda. Como Tom Peters já disse:

.

"O processo de commoditização é inevitável".
.

A segunda razão tem relação com o relógio. Ninguém tem tempo para nada. Não temos tempo para sair e comer uma pizza, ir ao cinema, ir ao supermercado, comprar um livro, etc... Sua empresa também não tem tempo. Os prazos estão cada vez mais curtos, o cliente exigindo mais rapidez, o consumidor quer tudo para ontem, e as exigências de resultados são cada vez mais de curto prazo.
.
Por último, os produtos, aqueles que sempre foram o centro de toda venda, estão cada vez mais complexos. O manual da calculadora
HP12 C tem 264 páginas em três idiomas. O note-book tem várias funções que você precisa de um 0800 para tirar qualquer dúvida por mais simples que seja. Antes comprávamos uma TV, hoje contratamos uma decoradora para projetar um home theater. Ontem, nós simplesmente apertávamos as teclas stop e play. Hoje, temos um controle remoto com no mínimo doze teclas minúsculas, um menu com multi-funções que mais parece um labirinto tecnológico.
.

.
Resultado: – Os produtos estão virando commodities, o dia tem menos de 24 horas e o mundo está no mínimo mais complicado. Restam, então, os serviços! Para diferenciar um produto cada vez mais "igual", agregamos serviços, ou seja, se eu vendo cerveja gelada e o meu concorrente também, me diferencio com delivery. Para suprir a falta de tempo de meu cliente, ofereço produtos pela internet ou pelo telefone, com entrega programada. E para descomplicar o produto eu ofereço serviços de montagem, instalação, manutenção e aluguel, ou seja, tento facilitar a vida do meu consumidor.
.

.
 Pergunta 1

Como fica, então, a organização que presta serviços? 

Os empresários e os profissionais envolvidos com serviços terão que prestar muita atenção nos dois principais pilares que sustentam a qualidade das operações: - "as pessoas e os processos". Portanto, o grande desafio será contratar, treinar e reter talentos na organização e, ao mesmo tempo, criar, implantar e manter somente os processos que geram valor para o cliente.

Pergunta 2

E como fica a organização que passa a contratar mais serviços? 

Esta terá que alterar sua maneira de prospectar, avaliar e adquirir serviços, principalmente, aquelas organizações acostumadas a comprar produtos. O profissional responsável pela aquisição de serviços terá que atentar para sete itens básicos quando estiver prospectando, avaliando e contratando prestadores de serviços:

.

Estabelecimento

  • Local da sede da empresa

  • Aparência do estabelecimento

  • Layout do escritório

  • Tempo no endereço

  • Tecnologia e ferramental utilizado

  • Uniforme dos funcionários.

Histórico

  • Quem são os principais clientes?

  • Nível de satisfação dos clientes

  • Grau de comprometimento com resultados

  • Fez o que foi prometido?

  • Protestos, dívidas, etc...

  • Fácil comunicação via telefone e e-mail?

Cumprimento de contrato

  • Respeitou prazos?

  • Respeitou as regras do cliente durante a entrega do serviço (i.e. trabalhar durante determinados horários somente, não fazer barulho em caso de hospitais e clínicas, etc...)?

  • Demonstrou cuidado com as coisas do cliente?

  • Cumpriu com as especificações técnicas?

Empatia

  • Demonstrou interesse em resolver problemas inesperados que porventura apareceram ao longo do contrato?

  • Negociação estilo "ganha/ganha"

  • Postura profissional

  • Grau de atenção aos interesses do cliente

  • Respeita horários de reuniões com o cliente?

Corpo técnico

  • Qualificação do corpo gerencial

  • Qualificação técnica dos funcionários de operações

  • Profissionais Contratados ou funcionários?

  • Experiência no ramo

Garantias

  • Oferece garantias do serviço?

  • Oferece serviços de pós-venda?

  • Acompanha o processo e dá feedback periodicamente para os clientes?

  • Propõe-se a consertar/ajustar imediatamente aquilo que não está de acordo com o contrato?

Preço

  • Os preços são compatíveis com o mercado?

  • São reajustados ao longo do contrato de forma clara?

  • Os pagamentos seguem o cronograma dos serviços?

  • Trabalha com cláusula de sucesso? Ou seja, paga-se um bônus pelos resultados alcançados?

.

Enfim, mesmo quando o que está à venda é um produto, são os serviços que atraem o cliente e induzem sua decisão de compra. Entretanto, serviços são invisíveis, e vender o invisível é mais difícil. Produtos são fabricados e usados; serviços são oferecidos e experimentados. Objetos são impessoais; serviços estabelecem e promovem ligações entre os indivíduos. Portanto, o ato de pesquisar é fundamental para selecionar um prestador de serviços. Ignorar a pesquisa significa arriscar-se com surpresas futuras extremamente desagradáveis.
.

Material retirado dos programas de planejamento estratégico e de marketing.

.

.

SR. PROF. ALEXANDRE FREIRE
.
CONSULTOR
Instituto MVC M. Vianna Costacurta Estratégia e Humanismo

.

Consultor do MVC – Instituto M. Vianna Costacurta Estratégia e Humanismo, 
.

Contatos: 11 3171-1645 / 3285-2438 - costacurta@institutomvc.com.br  (Luiz Augusto Costacurta) (SP) ou 21-2518-2321 - mvcmt@uninet.com.br  (Maria Teresa) (RJ) - www.institutomvc.com.br

.

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

vendas e representação  

dicas e curiosidades 

"JORNAL DICAS DA SEMANA" Nº242 DO WWW.SDR.COM.BR

.

PIADAS   DITADOS

..

PIADA DE COR AZUL = LINDINHAS
PIADA DE COR ROXA = PICANTES
PIADA DE COR MARROM = POLÍTICA
PIADA DE COR VERMELHO = PAHH
PIADA DE COR VERDE = ENJÔO!
PIADA DE COR PRETO = FEIA

De manhã não tomo café por que penso em ti, ao meio dia não almoço por que penso em ti, de tarde não lancho por que penso em ti, e de noite não durmo por que tenho fome!!

A patroa dá explicações para a empregada: - Nós tomamos café às seis e meia da manhã, todos os dias!
Tudo bem, patroa... Mas não precisa me chamar. Eu tomo café mais tarde!

Porquê as sogras não dirigem de noite?
Porque suas escovas não tem luzes.

Em Nova York, marido e mulher se acomodam na mesa de um restaurante.
O garçom pergunta: - O que os senhores desejam jantar?
Eu quero um filé, mas bem mal passado! - responde o homem.
Cavalheiro... - E a vaca louca?, pergunta o maitre.
Meu amor, o maitre quer saber que vás a pedir...

O marido está se barbeando e a esposa grita: Corre amor, corre!

Depois de um tempo ele pergunta: O que aconteceu?

Vem aqui é que a mamãe caiu pela janela!

Querida não me faças rir, que estou me barbeando e me corto!!

Papai, papai no colégio me chamam de peludão!

Queriiiiiida, o cachorro está falando!

Um casal de namorados estava conversando: - Amor, vamos viajar no fim de semana? - ele pergunta.

Minha vida não acha melhor ficarmos em casa vendo televisão assim economizamos dinheiro para o casamento.

Sim claro, não havia pensado nisso.

Depois de um tempo ela diz: - Meu amor, o que achas de trazer a tua roupa para eu lavar, assim economizamos dinheiro para o casamento.

Claro meu amor, não havia pensado assim.

Depois em casa o rapaz fica pensando como fazer por que só tinha duas mudas de roupa e já estavam deterioradas, então pede para um amigo que lhe dê a roupa para ele lavar, e desta maneira a namorada não perceberia que ele só tinha duas mudas de roupa. Na semana seguinte chega na casa da namorada e esta o recebe com um abraço e lhe diz: - Meu amor, lavei e passei a sua roupa, mas as duas mudas que estavam velhas eu as dei!

O noivo pergunta para a noiva: - Me contaram que tu estás me enganando com um militar.

E ela lhe responde com cara de indignada : - Negativo!!!

Um cara entra em um banheiro público e para ao lado de um outro que estava urinando. 

O recém chegado começa a se desabotoar a gola da camisa, a cinta, abre as calças e tira uma coisa monstruosamente grande e a põe no urinol.

O homem do lado assombrado lhe diz: - Cara, tu vieste urinar ou dar de beber para esse monstro!!!

O cara volta do trabalho e quando passa na cozinha, encontra a mulher de quatro limpando o chão. E ela estava vestida apenas com um avental, totalmente peladinha! 

A vista deste traseiro nu balançando o deixa excitado e ele não tem dúvida: - abaixa as calças no maior silêncio e sorrateiramente a possui sem aviso algum por longos minutos! Passado algum tempo - ele irrompe num orgasmo grandioso, mas sem se recuperar, parte para dar uma surra na mulher.
Ela está revoltada: - Mas o que foi? Ta maluco? Eu fico aqui pronta para satisfazer tuas fantasias, te deixo me estuprar, sem falar nada e você ainda quer me surrar? - Posso saber pelo menos porque estou apanhando? 
O marido a olha com ar zangado e responde: - Você nem se virou para ver quem era! 

Vários homens muito machistas estavam reunidos em um bar e nisto entra um florzinha e decidem aplicar-lhe uma brincadeira. Quando o florzinha entra no banheiro, um dos homens segundo eles tinha o pintão enorme decide entrar no banheiro junto com o flor para tenta-lo, quando terminam de urinar o homem sacode com força o pintão batendo-o contra o urinol, por sua vez o flor o observa assustado por sua atitude e assombrado pelo tamanho do pintão, e lhe diz:- Senhor, por favor!!!!! se vai mata-lo, dê o para mim!!!!!!

Um homem chega em um restaurante e pergunta para o garçom: - Qual é o prato especial do dia?

Mocotó, mas o cavalheiro ao seu lado pediu o último prato.

Então só me traz uma torrada. Mas  homem vê que o cara ao seu lado não toca no prato.

Desculpe, não vá comer o seu Mocotó?

Não Senhor, sirva-se.

O homem aproxima o prato e começa a devorar o mocotó. Quando já vai pela metade, vê um pedaço de rato no fundo e vomita tudo o que já tinha comido de volta.

O homem ao lado percebe o que aconteceu e comenta: - É, eu também só consegui chegar até aí...

Era um casal de velhinhos. Ela diz: Esse senhor não para de me olhar, será diretor de cinema?

Não, velha, é o dono da funerária!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

...

.... " NÃO VISITE OS CLIENTES "

..

.PROF. RICARDO JORDÃO

.PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING

....

.

.

http://www.bizrevolution.com.br         ricardom@bizrevolution.com.br

.

“Existem aqueles que trabalham o dia inteiro. Existem aqueles que sonham o dia inteiro. E existem aqueles que investem uma hora do seu dia para sonhar antes de definir o trabalho que deve ser feito para realizar os seus sonhos. Faça parte do terceiro grupo, quase ninguém faz parte dele”. 

.

Autor Desconhecido

.

Querida Amiga (o),

.
Domingo de Sol. Por todo o país as piscinas públicas e privadas estão lotadas. Dezenas de pessoas que só freqüentam essas piscinas no verão lotam as filas do exame médico para regularizar a sua situação. A fila do exame médico é grande, mas aqueles que já passaram por isso e conhecem o funcionamento de um exame médico de piscina já sabem o quê esperar..., para aqueles que ainda não passaram por isso, aqui vai a dica:

.

se houver vinte pessoas à sua frente para serem examinadas, a sua vez deve chegar em aproximadamente... dez minutos!  
.

Não mais do que isso. É coisa rápida. Lá dentro no consultório, o “profissional” vai pedir para você abrir os dedos do pé, da mão, levantar os braços, dar uma voltinha, e em trinta segundos você estará aprovado para se refrescar na piscina do clube com outras quinhentas e cinqüenta pessoas. 
.
Eu sempre achei a produtividade do médico de piscina incrível. Quê Auto-Motivação! Quê Dedicação! Quê
AMOR ao trabalho! Quê Profissionalismo! Quê Responsabilidade! São necessários apenas dez minutos para o “profissional” checar, avaliar e analisar vinte pacientes. 500 clientes por dia!!! Que produtividade é essa?!!! Digna de ISO 9002! Só comparada aos métodos de manufatura japonesa da década de oitenta. 
.
Bom, pelo menos a meta de 500 visitas imposta garganta abaixo pelo
Super-Chefe-Doutor-Profissional responsável pela contratação e orientação desse profissional ele bateu. Mas será que ele bateria a meta de clientes satisfeitos? Será que os 500 clientes visitados dariam a ele nota 10 na Prova de Confiança e Credibilidade? 
.
“Levar o bem para as pessoas e melhorar sua qualidade de vida”, o juramento de Hipócrates sobre o quê representa Ser Médico deve valer apenas para outros médicos, outros pacientes, outras situações. O médico de piscina deve seguir outra filosofia... Afinal nesse caso o caso é diferente e existe sempre uma exceção, uma desculpa e uma razão para ser diferente. 
.

NÃO VISITE OS CLIENTES! MORE DENTRO DELES! 
.

Você nunca dá um presente para o seu marido e um dia você resolve dar. Qual é a primeira coisa que vem a cabeça dele? “O quê você quer? O quê você fez? Alguma coisa está errada!”. 
.
Você não consegue visitar o seu cliente e isso vale para as visitas a casa da sua mãe, avó, filho, àquele cliente pequeno e até a Petrobrás com freqüência e consistência, o que você deve fazer?
NÃO VISITE! 
.
Em visitas a clientes, algumas vezes o seu trabalho não será vender o que você quer vender, mas ajudá-lo a passar fax, se for o caso. Às vezes o seu trabalho não será empurrar o que o seu chefe te pediu, mas ajudar o cliente a decifrar os impostos do governo que o chefe dele pediu para ele para fazer. Às vezes o seu trabalho não será negociar compras que beneficiam a sua empresa, mas ajudar o seu cliente a vender o que beneficia os clientes dele. 
.
Ajudar as pessoas
ESSE É O SEU TRABALHO não é sobre dar idéias de gurus em terminologias em inglês, mas ESTAR PRESENTE quando alguém precisar. A sua Agenda de Visitas de Julho de 2004 já deveria estar pronta, definida e bloqueada à uma hora dessas. Afinal, o cliente que você vai visitar amanhã Segunda-Feira 8 de Fevereiro às dez horas da manhã deve ser o mesmo que você vai visitar todas as segundas-feiras às dez horas da manha até o dia 7 de Junho de 2004 às dez horas da manhã. 
.

NÃO VISITE OS CLIENTES! VISITE A BIBLIOTECA! .

80% dos vendedores dizem que perdem os negócios por causa de preço. 80% dos vendedores que ganham negócios dizem que não ganham por causa de preço. O que está errado aqui? É muito simples. Quanto mais você entender alguém, quanto mais GENUÍNO for o seu sentimento de se importar com os outros, melhor você vai se comunicar, se relacionar e QUEBRAR TUDO com alguém. 

Pode parecer estranho dizer que para ser CRIATIVO e INOVADOR é preciso ter hábitos e levar uma vida monótona para alguns em alguns sentidos, mas não é. Acordar na mesma hora, dormir na mesma hora, ler 30 minutos por dia no mesmo horário, andar 30 minutos por dia no mesmo horário, pensar em você 30 minutos por dia no mesmo horário, e pensar uma hora por dia em outras pessoas no mesmo horário, irá fazer de você depois de certo tempo, o Ser Humano mais CRIATIVO que você vai conhecer na vida. 
.
NÃO VISITE CLIENTES se você não estiver preparado para falar com eles sobre algo que eles não sabem. É isso mesmo! As pessoas sempre tem tempo para receber Seres Humanos que tem algo a acrescentar para suas vidas, e NUNCA TEM TEMPO para receber pessoas que não tem nada para acrescentar nem para suas próprias vidas. 
.
NÃO VISITE OS CLIENTES se você não estiver disposto a DOAR O SEU TEMPO para ajudá-lo à economizar o tempo dele. 
.
VISITE OS CLIENTES quando você estiver disposto a não ser produtivo como um médico de piscina, mas improdutivo como um MÉDICO DE FAMÍLIA

..

Levar o bem para as pessoas e melhorar a sua qualidade de VIDA. Nada menos que isso interessa. 

.
..

.
QUEBRA TUDO!    Foi para isso que eu vim e vocês?

..

.

.PROF. RICARDO JORDÃO MAGALHÃES
.PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING

.

..

Ricardo Jordão Magalhães, 34 anos, executivo, palestrante e escritor formado em administração de marketing pela ESPM com extensão em marketing pela Kellogg University nos EUA, possui mais de 12 anos de experiência na indústria de tecnologia em empresas líderes de mercado como Brasoftware e Tech Data Brasil sempre a frente de projetos de marketing inovadores como o Catálogo Brasoftware e as Lojas Brasoftware, além de ser o autor do primeiro web site de comércio eletrônico do Brasil (web site da Brasoftware) em 1996. 

.

A frente do marketing da Tech Data é responsável por iniciativas pioneiras como o web site B2B da Tech Data lançado em 1997 - web site vencedor de mais de 15 prêmios nacionais e internacionais -, além de programas de relacionamento, motivação e CRM. Fundador do web site BizRevolution desde 2001 onde procura "Promover idéias que possam ajudar a transformar o país em que vivemos, e de todos aqueles que de alguma forma influenciam a vida de outras pessoas."

.

.

.

.

..

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

futuro e tendências

"JORNAL DICAS DA SEMANA" Nº242 DO WWW.SDR.COM.BR

.

.

FUTURO - TENDÊNCIAS   MARKETING - PESQUISAS

..

.

Posicionamento é Sacrifício

.

Quando você estabelece uma posição no Mercado (foi para isso que você veio!), você define o que você faz. Faz as pessoas saberem o quê você faz e para quem você faz. E também faz as pessoas, por definição, saberem o quê você não faz. 
.
É isso mesmo! Não existe mais espaço para empresas com promessas vazias como:

  • “Tudo em segurança!”

  • “Tudo em Autopeças”

  • “Tudo em Informática!” etc. 

Ninguém faz tudo para todos. Não com excelência. Eu sei como isso pode parecer heresia para muitas pessoas. Excluir clientes, não atender oportunidades de negócio, deixar de fazer o que um cliente pede, mas... é isso mesmo. Posicionamento é Sacrifício, e se você se recusar a fazer, vai continuar com os mesmos problemas que você tem hoje quando faz tudo para todos. 
.

Nunca vai sair do lugar. 

.

Quando TODOS são clientes, NINGUÉM é cliente

PROF. RICARDO JORDÃO
PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING.

.

.

.

.

..

.
TREINAMENTO CONSULTIVO?
.
.

.
Você sabe o que é treinamento consultivo? 

.

A maioria das empresas nunca ouviu falar disso.
.

.

No artigo Treinamento Consultivo procuramos descrever essa nova abordagem que o MVC está adotando a partir de outubro de 2003. Como somos um dos líderes de mercado em programas de capacitação em Vendas Consultivas, nos pareceu óbvio que deveríamos exercitar, internamente, o que temos discutido e ensinado às diversas empresas.
.
O Treinamento Consultivo é como Você poderá confirmar lendo o artigo
Treinamento Consultivo uma extensão dos princípios da Venda Consultiva. Significa que o MVC estará procurando se alinhar cada vez mais com as necessidades de sua organização, procurando desenvolver produtos e serviços customizados e que possam efetivamente contribuir para que sua empresa tire o maior proveito possível das novas oportunidades que serão geradas a partir de 2004.
.
É claro que continuaremos a oferecer nossos tradicionais ítens de
"prateleira", bem como todos os produtos e serviços que já nos caracterizam como uma consultoria comprometida com resultados. Por outro lado, como sabemos que nossos clientes estarão iniciando o desenho de sua programação de treinamento para 2004, gostaríamos de visitá-lo para: 

  • Divulgar o conceito de Treinamento Consultivo 

  • Apresentar nossos programas e novidades, tanto no campo presencial como nas atividades à distância (e-learning) 

  • Apresentar nosso calendário de eventos abertos para 2004 

Não hesite em ligar para 11- 3171-1645 ou 21- 2518-2321 ou nos remeta um e-mail para:

.

 costacurta@institutomvc.com.br  ou mariateresa@institutomvc.com.br 
..

.

..

VOCÊ ESTÁ PENSANDO EM E-LEARNING?    -    VISITE A BIBLIOTECA DO INSTITUTO MVC

.

.
Posicionamento é FAZER ESCOLHAS 
.

Estabelecer Posicionamento é um processo de inclusão e exclusão. A empresa Mont Blanc é um exemplo disso. A empresa se posiciona para as pessoas que vêem uma caneta como um objetivo fashion, um símbolo de status, e muito provavelmente muito mais do que apenas um objeto para escrever. 
.
O posicionamento da
Mont Blanc exclui pessoas, muitas pessoas, inclusive pessoas interessantes, mas que não pagariam mais de R$ 200,00 reais para comprar uma caneta. 
.
Posicionamento, em outras palavras, é sacrificar uma parte do mercado para que você possa direcionar os seus esforços para o mercado mais valioso para você – e traduzir isso em uma linguagem clara para esse mercados. 
.
Todo sacrifício é difícil. É financeiramente e emocionalmente difícil. A idéia de deixar dinheiro na mesa é terrível, mas precisa ser feito. 
.

.

Pelo menos me prometa uma coisa: - Você vai PENSAR a respeito 
..

.

PROF. RICARDO JORDÃO
PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING.

.

.

.

.

..

.

O QUE É RFID 
.

RFID (radio frequency identification ? identificação por radiofreqüência) é uma tecnologia que incorpora o uso de acople eletromagnético ou eletrostático na porção de freqüência de rádio do espectro eletromagnético para identificar em forma única um objeto, animal ou pessoa. 

.

RFID está sendo cada vez mais utilizado na indústria como uma alternativa ao código de barras. A maior vantagem é que não requer   contacto direto ou escaneo por linhas visíveis, como o código de barras requer. Um sistema RFID consiste de três componentes: 

  • uma antena, 

  • um receptor

  • um emissor. 

a antena transmite mediante ondas de radiofreqüência um sinal que ativa o emissor. quando se ativa, o emissor envia informação para a antena, e com base nesta informação pode-se programar um controlador para que ligue. 

.

A margem de distância para estes dispositivos oscila entre dois e mais de 30 metros, quanto maior a distância, maior o custo.

Unilever, em segredo, desenvolve etiqueta inteligente no Brasil - www.valoronline.com.br 
O futuro chegou na cadeia de abastecimento brasileira. O país terá, a partir de abril, o primeiro projeto-piloto na América Latina de utilização da etiqueta inteligente, tecnologia que utiliza identificação por radiofreqüência no padrão EPC (Eletronic Product Code) e que promete revolucionar toda a cadeia - da logística nas fábricas à forma de pagamento nos supermercados. Enquanto as concorrentes desenvolviam grupos de trabalho sobre a tecnologia, a Unilever partiu na frente no país, com um projeto em parceria com a Seal e a Exel que já começa a ser implantado na fábrica de Indaiatuba e no centro de distribuição de Louveira, em São Paulo.
.
Por enquanto, trata-se de um teste localizado, envolvendo o transporte de Omo e outras marcas de sabão em pó da Unilever dentro das instalações da própria empresa. Será o primeiro passo, porém, para colocar à prova as imagens futuristas alardeadas pelas gigantes do setor - como a do consumidor que sai do supermercado sem precisar passar no caixa (bastará passar um carrinho por um portal, que em segundos identificará o valor das compras) ou até mesmo sem precisar ir no supermercado (leitores acoplados na geladeira ou no armário automaticamente enviariam os pedidos de reposição).

A Unilever não divulga o valor do investimento, mas revela uma ambiciosa meta para o projeto-piloto: ganhos de até 12% em produtividade na distribuição do sabão em pó.

 

.

Se você não puder medir, não faça

.

É sempre muito difícil ligar os investimentos de marketing com os seus benefícios e resultados. Se você quiser fazer isso com sucesso, você precisa medir e contar todos os dados que são relacionados ao seu processo de marketing e vendas. 

  • De onde vem os seus clientes ? 

  • Eles viram os seus anúncios ? 

  • Como eles conheceram a sua empresa, os seus produtos e serviços ? 

  • Eles receberam a sua mala direta ? 

E por aí vai. Quer dizer, todos esses são fatos que você precisa saber para entender os resultados de seus esforços de marketing. Ao fazer isso, olhe para os números que você coletou e compare os resultados período sobre período. Enquanto você faz essas comparações, observe as campanhas de marketing que estão no ar. 

.

Você será capaz de ver um padrão de comportamento 

mas somente se você medir os resultados. 

..

...

.

PROF. RICARDO JORDÃO
PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING.

.

.

.

...

.

PESQUISA

.

O SUPER BOWL BATE RECORDES COm OS PREÇOS DOS SPOTS

.

.

Em 1º de fevereiro foi celebrado em Houston, Texas, a 38º edição do Super Bowl, a final da Liga Nacional de Futebol estadunidense. Esta supõe-se ser o maior acontecimento desportivo do país e também uma ocasião idônea para aumentar os preços dos anúncios que são emitidos durante sua retransmissão.
.
De fato os anunciantes terão que pagar 2,25 milhões de dólares se querem que seu anúncio de 30 segundos seja emitido durante o programa, o que supõe um aumento por volta de 7% respeito ao ano passado.
.
Aparte de
Pepsi, bebida oficial da Liga, outros anunciantes como Anheuser-Bush Cos., Frito-Lay, y Procter & Gamble protagonizarão os 54 anúncios que a cadeia de televisão CBS já tem vendido e que supõe quase o 90%. Os 8 espaços restantes talvez atinjam um preço menor: 1.800.000 dólares.
.
Um dos motivos desta boa acolhida por parte dos anunciantes pode ser o pacote
"Adage", no qual a CBS e Viacom oferecem às empresas publicidade externa e anúncios nos programas que precedem e seguem à partida, além dos anúncios durante a retransmissão.

.

.

ESTRATÉGIA

.

Observar os fogos que ardem no outro lado do rio

.

Senta no alto da montanha e observa como lutam os tigres entre si. Provérbio Chinês. Consiste em deixar que os inimigos briguem entre eles. Tem que se aproveitar as contradições do adversário. O estrategista que analisa e planeia cuidadosamente, antes de entrar na contenda, sabe como tirar partido dos seus pontos fortes. 
.
Um bom plano permite antever as melhores alternativas. Uma boa execução transforma as oportunidades em sucessos. Confunda os concorrentes com a inovação e com a melhoria constante da qualidade. 
.
Ninguém se defende da inovação por antecipação. A inovação é uma das estratégias que o torna quase invencível. E a inovação não é necessariamente complicada nem difícil.
.

Os programas de qualidade total demonstraram como simples operações de aperfeiçoamento podem marcar a diferença no desempenho. Os Gerentes que revelarem talento e souberem encorajar os colaboradores a implementar idéias inovadoras, têm recursos infinitos em situações de competição..

.

PESQUISA

.

ESTÃO CONSCIENTES...

.

A última pesquisa sobre a compra de artigos falsificados realizada por Andeme (Associação para a Defesa da Marca das Câmaras de Comércio EUROPéiA) revela que 20% dos consumidores compram conscientemente este tipo de artigos e uns 21% o fazem em lojas especializadas.
.
Esta pesquisa, na qual foram entrevistadas 700 empresas e 1.000 consumidores, mostra também que os pontos de venda principais da pirataria são:

  • postos ilegais nas ruas(42%), 

  • mercados ambulantes autorizados (33%) 

  • lojas especializadas (18%). 

  • Ainda que os empresários opinam que 57% das vendas de falsificações se produzem em, comércios especializados.

Enquanto aos setores que mais sofrem com esta fraude, o primeiro lugar é ocupado pelo:

  • têxtil (21%), 

  • materiais industriais (19%), 

  • alimentação (15%) 

  • bebidas (9%)

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

.

SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO, VENDAS E SERVIÇOS SDR

.

o sistema sdr já inclui NO PREÇO o uso em rede ilimitado sem custos extras E não tem taxa de manutenção mensal. a única taxa que o sistema sdr tem, é a anuidade de R$:120,00 para efeitos de suporte e atualização, com vencimento em março de cada ano (2007 bonificada)

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

FONE: 51 3019 2817

.

sistema de representação comercial e vendas

.L

.

.

caso deseje alterar ou cancelar sua assinatura, clique no link a seguir:

ALTERAR ASSINATURA

.

.

ÓTIMO TRABALHO E ATÉ A PRÓXIMA EDIÇÃO!

.

SDR - SISTEMA DE REPRESENTAÇÃO E VENDAS

MIGUEL PEDRO TERRA VELAZCO

EDITOR DO JORNAL SDR

fone: 51 3019 2817.

.

Clique aqui para nós enviar um e-mail

.

INDIQUE SEU TEMA  ..-  ENVIE-NOS SUA OPINIÃO

.

Av. Caçapava 425 - sala 03 - Petrópolis -  Porto Alegre (RS) - BRASIL cep: 90460-130

 FONES: 51 -  3019 2817  -  FAX 51 3333 3553

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007 - SDR