Como página inicial

Sistema de Representação Comercial para Representantes Comerciais

Adicionar a Favoritos

sistema de representação comercial e vendas

FONE: 51 3019 2817

.

.

Funções do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Testes do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Solcite seu Orçamento

Manual do Sistema de Representação Comercial e Vendas - SDR

Biblioteca dos Jonais de Representação Comercial SDR

Assinatura livre e gratuita do Jornal de Representação Comercial

Contrate os melhores e mais capacitados Representantes Comerciais

Contato com a Equipe do SDR Sistema de Representação

As melhores Dicas sobre softwares livres, Bibliotecas, Links...

FUNÇÕES

TESTE

ORÇAMENTO

MANUAL

JORNAIS

ASSINe

saiba

contato

dicas

.

.

.

 

vendas e representações

JORNAL DICAS DA SEMANA DO WWW.SDR.COM.BR Nº232

.

TRANSPORTES .... .... LOGÍSTICA

Nº11.

.

APRENDA URGENTE A CALCULAR... 

VÁ PRECISAR LOGO, LOGO.

  • UMA CARRETA 3 EIXOS (25 TONS) HOJE PERCORRE 1,8 QUILÔMETROS COM 1 LITRO DE DIESEL

  • UM TRUCK DE 12,5 TONS. PERCORRE 4,8 QUILÔMETROS COM 1 LITRO DE DIESEL

Os fretes pagos aos autônomos se regem por uma media de 18% do insumo de diesel, para determinar o valor. A medida que aumenta a demanda e por conseqüência diminuem os caminhões com ociosidade, o mercado aumenta o valor pago por quilometro, aumentando assim os valores contratados. 

.

É a lei da oferta e demanda, que aumenta os custos quanto maior seja a demanda e menor o número de caminhões com ociosidade. Quem rege este mercado são as transportadores que contratam os freteiros para realizar os transportes e por conseqüência repassam estes valores as empresas.

.

70% do mercado é formado por freteiros autônomos e eles começam a ganhar importância e recuperar perdas. Quanto mais conheça desta categoria, seus agenciadores de frete e carga, a media de custo por quilômetro entre as principais capitais do país, terá mais controle sobre os valores de frete orçados pelas transportadoras o que evitará aumentos exagerados no preço.

..

.

Fazendo a nossa parte
Prof. Gretz

.

Todo mundo tinha visto, no cinema, imagens como aquelas, mas ninguém imaginava que veria cenas ainda mais catastróficas nos noticiários de TV, nos jornais e nas revistas. A realidade superou a ficção. Os administradores das torres gêmeas fizeram seguro apenas para uma delas, porque seria impossível acontecer um sinistro com as duas. Aconteceu. Não é preciso ser "catastrofista" para entender que nossa vida cotidiana também não está livre de imprevistos desagradáveis. A cada dia vemos na TV situações de todo tipo envolvendo as pessoas, ricas e pobres, famosas e anônimas. E achamos que esses acontecimentos estão distantes da nossa realidade, que fatos assim não vão acontecer conosco. Mas podem acontecer.
.
Muita coisa pode ser feita para evitar que acidentes aconteçam, principalmente dedicar mais atenção aos detalhes que afetem a segurança. Isso vale para a fábrica, o escritório, os espaços públicos e o lar de cada um. Mesmo assim, nunca se pode ter certeza de que estamos livres de imprevistos. A palavra "imprevisto" significa exatamente isso: não se pode prever que vai acontecer. 
.
Já que não se pode prever, o que pode ser feito, então? Neutralizar as conseqüências do imprevisto. Há entre nós algumas categorias profissionais que se especializaram exatamente nisso:  - "ajudar as pessoas a se protegerem caso ocorram imprevistos". É o caso dos integrantes do corpo de bombeiros, dos corretores de seguros, dos especialistas em segurança pública, etc. Mas podemos dizer, sem medo de errar, que todos nós podemos, de certa forma, colaborar para que as pessoas estejam mais protegidas de acontecimentos desagradáveis. 
.
Esses profissionais prestam um serviço valioso aos cidadãos e às empresas em geral. Sempre afirmo que todos nós somos vendedores, de uma forma de outra. Mas, mesmo quando nossa profissão é vender, nunca somos simplesmente vendedores. 
Por isso é importante que o profissional de seguros esteja atento a uma série de detalhes, como os seguintes:

  • O produto que está sendo oferecido é realmente o mais adequado para esse cliente?

  • Caso ocorra um imprevisto, o cliente ficará realmente satisfeito com o atendimento ou decidirá mudar de empresa na próxima vez? 

  • O especialista procura conhecer seu cliente o bastante para saber quais os produtos que poderá oferecer além dos mais conhecidos? 

  • O vendedor conhece seus produtos suficientemente para oferecer uma diversidade deles sem ficar inseguro quando precisa responder a dúvidas do cliente? 

  • Está realmente observando as necessidades e expectativas do cliente quando oferece a ele um determinado produto?

  • A comunicação entre o vendedor e a empresa é realmente ágil e eficaz? 

  • O profissional procura estar sempre informado sobre a realidade do seu país e do mundo? 

  • Procura manter-se atualizado sobre as questões econômicas e outros fatores que possam afetar seu negócio? 

  • Mantém-se informado sobre o seu ramo de negócios, sobre sua empresa e sobre as empresas concorrentes?

Observe que essas perguntas têm dois pontos em comum: - "o conhecimento e o atendimento". Nos tempos de hoje, o conhecimento é um patrimônio essencial. Precisamos estar sempre aprendendo e nunca podemos dizer que sabemos tudo o que é necessário, nem mesmo na atividade em que somos formados. Aprender é estimulante, aumenta o nosso entusiasmo pela vida e nos capacita a enfrentar os desafios.
.
Um desses desafios é o de conseguir manter uma clientela constante e receptiva. Isso depende basicamente da qualidade do seu atendimento. Manter um cliente requer menos esforço e é mais importante do que conquistar um novo cliente. Somente sabendo manter, você terá energia e cacife para ampliar sua carteira de clientes. 
.
Aprendendo, atendendo, sendo úteis, colaborando para o bem-estar das pessoas e para a qualidade de vida na comunidade onde vivemos, tendo alegria de viver, deixando sementes positivas nos lugares por onde passamos, só assim a vida faz sentido. Somos apenas "como neblina que aparece por um instante e logo se dissipa", mas da vida tudo se leva: - "
o que aprendemos, o que ensinamos, o que praticamos, o que dissemos, o que sentimos, o que acreditamos. 

  • As coisas estão difíceis?  

  • O mundo está em guerra?  

Em nosso dia-a-dia, por menor que seja o alcance de nossas ações, podemos fazer a nossa parte para que as coisas melhorem. "Não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da nossa mente". - Romanos, 12:2.

.

.

PROF. GRETZ

Nascido em Itapeva, interior de São Paulo, era agricultor e feirante até os 20 anos de idade, quando foi para a capital paulista cursar Administração de Empresas e História, além de trabalhar como professor. Hoje, conferencista, realiza em todo o Brasil, seminários em grandes empresas e eventos fechados. Nos últimos 15 anos fez mais de 3 mil palestras em todos os estados do país. Um dos mais requisitados palestrantes do país.

Viabilização de Talentos Humanos
Rua Rui Barbosa 670 sala 701
88025-301 Florianópolis - SC
Tel.: 048-228-0668 / 048-228-0808 Fax: 048-228-6207

talento@gretz.com.br         
http://www.gretz.com.br

.

Os Vizinhos podem ser seus clientes

.
Aproveite o dia de domingo, e observe a quantidade de empresas que possuem escritório bem próximo ao seu. 

Anote seus endereços e tipos de negócios, e visite-os. 

.

O seu maior cliente pode estar mais próximo do que você imagina. E ser muito fácil e barato de conquistar.

.

.

Somos elefantes a caminho do cemitério de ossos para morrer. 

.

O sistema de distribuição mudou, e temos que mudar com ele se quisermos continuar vivos".
..

www.valoronline.com.br

.

Depois de 35 anos no negócio de excitar e ofender, o pornógrafo Al Goldstein diz que sua revista não pode mais competir no mercado. O público não diminuiu, afirma, mas a Internet transformou o seu produto e a forma como é distribuído. Há apenas um mês, Goldstein parou de publicar a revista Screw e entrou com um pedido de concordata. Ele pretende cortar gastos, relançar sua publicação e concentrar sua estratégia em seu website.
.
Casos parecidos podem ser vistos em todo o setor editorial adulto. A General Media de Bob Guccione, por exemplo, também enfrenta dificuldades e passa por uma ampla reestruturação, embora continue publicando a tradicional revista Penthouse. Na última sexta, Guccione afastou-se do cargo de chefe executivo da empresa que controla a General Media, a Penthouse International. Ele continua no leme da companhia, que viu a tiragem da revista cair de 1 milhão para 565,7 mil exemplares nos últimos cinco anos. Para Goldstein, os problemas com a tiragem em toda a indústria de revistas pornográficas mostram que esse meio é um anacronismo. "Somos dinossauros. Somos elefantes a caminho do cemitério de ossos para morrer. O sistema de distribuição mudou, e temos que mudar com ele se quisermos continuar vivos".
.
Fundada em 1968, a Screw foi um sucesso em seus primeiros anos de existência. Com seu misto de editoriais escatológicos, fotos pornográficas e artigos, ela chegou a vender 140 mil exemplares por semana. Ano passado, o volume de vendas caiu para cerca de 30 mil. Os empresários do entretenimento adulto precisam expandir para além dos métodos tradicionais de publicação para sobreviver, afirma Samir Husni, diretor do departamento de revistas do curso de jornalismo da Universidade do Mississipi. "
As revistas talvez continuem sendo o alicerce da marca, mas, no futuro, o dinheiro virá mesmo de outro lugar", disse. "Centenas de novos sites pornográficos surgem todo mês", afirma Husni, contra apenas 30 novas revistas adultas lançadas ano passado. "Esta é uma categoria de revistas que realmente não pode competir com a TV e a Internet", disse.
.
O editor da revista Hustler, Larry Flynt, que diz estar fazendo sucesso no novo meio, também diz que as revistas são uma espécie ameaçada. "
A última década foi muito, muito ruim para as revistas masculinas, e a coisa pode ficar bem pior", disse Flynt, falando pelo telefone em seu escritório de Los Angeles. "Não vou dizer que elas serão extintas porque algumas pessoas sempre vão gostar da sensação do papel em suas mãos, mas acho que as revistas jamais terão o impacto que tiveram um dia".
.
Flynt contou que sua empresa começou a investir em diversificação há cerca de dez anos, e agora tem uma presença forte na Internet e na indústria dos filmes adultos. "
Você pode ver mais na TV a cabo e via satélite hoje em dia do que nas revistas que eu publicava em 1974", disse Flynt. "Honestamente, acredito que Guccione e Al Goldstein não estavam cientes do efeito que a tecnologia teria sobre o mercado".
.
Mesmo uma peso-pesado da indústria como a Playboy, que continua dando lucro, registrou crescimento nos ganhos de seu website enquanto o faturamento com sua revista impressa decaiu. Representantes da Playboy Enterprises não retornaram ligações, mas os resultados trimestrais mais recentes divulgados pela companhia dizem que seu negócio on-line lucrou US$ 474 mil, contra um prejuízo de US$ 2,2 milhões no mesmo período do ano anterior. Enquanto isso, os ganhos com publicação impressa caíram 47% para US$ 1 milhão devido a um declínio no faturamento com anúncios.
.
Embora as revistas mais famosas talvez sempre tenham público, disse Husni, as publicações menores terão dificuldades para sobreviver. Tony East, gerente da Intersection, uma cadeia de lojas especializadas em material adulto em Atlanta, confirma a tendência. "
Ainda vendemos bastante os títulos que você encontra nas bancas, como a Playboy ou a Hustler, mas quando se trata de coisas mais obscuras, a saída já não é tão grande", disse. Apesar disso tudo, Goldstein acredita que ainda consegue se recuperar. Além de redirecionar seu foco para a Internet, ele alugou um escritório menor, recrutou uma equipe de freelancers menos numerosa e encontrou um novo distribuidor. Ele espera ter uma nova edição da Screw em pouco tempo. "E ela será mais suja e picante do que nunca", acrescenta.
.

www.valoronline.com.br 

.

.

100% Comprometimento, 100% do tempo

“Quando você não se esforça o suficiente para dar o melhor de você aos outros, você não está apenas enganando você mesmo, o seu chefe, os seus colegas, ou os seus clientes. Você está enganando também Aquele que deu a você todo o seu talento.”

Autor desconhecido 
.

.
Uma pesquisa realizada recentemente pelas Organizações Gallup, mostra a opinião dos melhores gestores das principais empresas do mundo sobre o perfil ideal do profissional para os dias de hoje:

  • Eu prefiro trabalhar com uma pessoa que possua 50% habilidade e 100% desejo, por que o funcionário que possui 100% desejo irá trabalhar com vontade todos os dias. 

  • O outro tipo, o funcionário que possui 100% habilidade e 50% desejo, perde o senso cedo ou tarde de conclusão e urgência na execução dos projetos. 

Todas as melhores empresas e os melhores clientes procuram por profissionais ou parceiros de negócios que sejam 100% comprometidos com suas empresas. E 100% comprometido não significa 99,9% ou 98% ou 97% ou 96% comprometido. Significa 100% comprometido! 
.
Um bom treinador não escala para a sua equipe um jogador que desiste de malhar durante os treinos. Se um jogador demonstra fraqueza durante os treinos, o que o treinador poderia esperar dele durante um jogo importante ?
”Uma vez que uma pessoa aprende a desistir, desistir se torna um hábito para essa pessoa.” Se você quer fazer a diferença, você precisa ser 100% comprometido, 100% do tempo. 
.
A essência do Comprometimento é o ato de tomar decisões. Quando você se compromete com alguma coisa, você deve deixar de lado todas as outras possibilidades, todas as outras opções, todas as desculpas que possam existir. 
.
Eu diria que a vida de uma pessoa poderia ser medida pelo seu comprometimento com a
EXCELÊNCIA e VITÓRIA. Seja na vida profissional ou pessoal. Alguém disse,“O inimigo do Ótimo é o Bom”. Defina as suas maiores prioridades, e tenha a CORAGEM de dizer não para todas as outras coisas. 
.

Seja 100% comprometido, 100% do tempo. Nada menos que isso interessa.
.

PROF. RICARDO JORDÃO
.PRESIDENTE, FUNDADOR E SEU AMIGO

BIZREVOLUTION CONSULTORIA DE MARKETING

.

.

.http://www.bizrevolution.com.br         ricardom@bizrevolution.com.br

.

.

.

Sistema de Representação para Representantes Comerciais

FONE: 51 3019 2817

.

sistema de representação comercial e vendas

.L

.

Como página inicial  Adicionar a Favoritos

Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2007, SDR