VOLTAR

..

.. " AS ARMADILHAS DA AUTO-AJUDA "

..
SR. PROF. MAURÍCIO GOIS

.
Consultor, colunista  E PALESTRANTE

.

(19) 3865 1597 - www.mauriciogois.com.br - contato@mauriciogois.com.br

.
.
.

Para atingir o sucesso no mundo dos negócios é preciso separar o joio do trigo.
.

.

Auto-ajuda realmente funciona no mundo dos negócios? Claro! E, por favor, não ironize dizendo que se o otimismo não ajuda e o pessimismo prejudica, então, é preciso ser otimista até por falta de opção. Na verdade, ninguém pode negar que o lado bom da auto-ajuda dispara o ânimo vencedor em vendedores e gerentes que são capazes de superar todos os obstáculos. 
.
No entanto, muitos profissionais quando entram em contato com o lado negativo da auto-ajuda irresponsável, passam da euforia para a depressão e acabam com um sentimento de vazio, frustração e incapacidade profissional, do tipo: "funciona com os outros mas não comigo". 

.

A auto-ajuda se torna perversa quando diz que basta acreditar em seu poder sem limites e saber o que se quer e querer o que se sabe que você despertará seu gigante interior e todas as portas se abrirão. 
.
Ora, hoje em dia, não ganha mais quem só acredita. Ganha quem é acreditado, quem tem networking e poder de lobby, até porque o mais importante na Era da Revolução do Conhecimento não é o que você sabe e, sim, quem você conhece. 

.

Mas, quando os conselhos dos gurus do lado mentiroso da auto-ajuda falham, eles estão prontos para dar explicações muito inteligentes:
.
Ora, se você leu o meu livro e cometeu algum erro na sua reprogramação de vida, não me culpe, é porque você apertou o botão errado. Ou errou na receita. Ou na dose. Ou não acreditou em seu potencial. Ou acreditou na direção errada. Ou acreditou, mas não agiu. Ou agiu, mas não perseverou.
.
Dizer, por exemplo, que o sucesso na vida está ao alcance de todos, é uma declaração politicamente incorreta, biologicamente contestada e de inteligência emocional analfabeta. Esses conselhos geram estresse em alguns vendedores destreinados, principalmente quando escutam coisas do tipo: "
hoje, para ficar onde você já está, é preciso correr muito"

  • Ora, será que é racional afirmar que alguns profissionais são o que são porque optaram em ser inertes ou porque decidiram não ter a energia inquieta para a superação? 

  • Ou porque escolheram não atualizar paradigmas antigos? 

  • Ou porque não querem ser ponto.com e, sim, ponto.sem? 

  • Ou será por que não receberam treinamento dirigido e continuado? 

Resumo muitos conselhos do lado ruim da auto-ajuda assim: - Jogue uma galinha e uma raposa dentro de uma jaula fechada e grite bem alto: Viva a liberdade da galinha, viva a liberdade da raposa! E aí você já pode prever o que vai dar: sem treinamento dirigido o mais forte vai massacrar o mais fraco, só que de maneira diferente: dizendo que o mais rápido destrói o mais lento, o mais culto o mais ignorante, sem diagnosticar as verdadeiras causas que fazem um profissional ser lento ou inculto. 
.
Se a informação no mundo dobrava a cada 14 meses, e hoje, tende a dobrar a cada 80 dias será que alguns executivos de vendas, apenas lendo livros de auto-ajuda irresponsável, terão competência pessoal dobrada para enfrentar o conhecimento dobrado da Era do Caos, onde até se diz que as coisas são criadas para rolar, não para durar e onde alguns até pregam que ser excelente é ser efêmero? 
.
Será que funciona reunir o pessoal de vendas e dar conselhos do tipo: mentalize-se como pessoa vencedora, pense grande, seja veloz e flexível, transforme seus sonhos em objetivos, reinvente suas oportunidades, busque a inovação contínua, tenha gosto pelo risco e ousadia com atrevimento criador?
.
Não será mais inteligente dar treinamento centrado nos incidentes críticos das necessidades levantadas e no fortalecimento ainda mais dos pontos fortes deles?
Será sábio perturbar um vendedor dizendo que ou ele se transforma num superprofissional ou o próprio mercado vai despedi-lo? 
.
Muitos vendedores potenciais ouvirão essas coisas e começarão a rezar. Mas aí não é auto-ajuda. É ajuda do Alto. Treinamento personalizado focado nos pontos fracos - essa é a chave dos que vencerão. Minha tese é que sempre valerá a pena ler livros de auto-ajuda, mas, se não separar o joio do trigo, você será mais um órfão do lado mentiroso do auto-conhecimento. 

.

.

.

.

SR. PROF. MAURICIO GOIS
.

Consultor filiado ao IBCO - Instituto Brasileiro de Consultores de Organização desde 1985.Para contatá-lo ligue para ( 19 ) 3865 1597 - Site: www.mauriciogois.com.br - mailto:contato@mauriciogois.com.br  
.
Ficou conhecido nacionalmente como autor da obra "
Chefia e Liderança" da IOB-INFORMAÇÕES OBJETIVAS, um best seller na área por quase uma década. É também consagrado colunista e articulista em importantes revistas formadoras de opinião nacional. - Góis vem trabalhando com sucesso nos últimos anos em programas e projetos de desenvolvimento de Vendas, Motivação, Marketing, Atendimento, Negociação, Criatividade, Telemarketing, Teamwork, Competência Emocional e Fidelização de Clientes.
.
Graduado pela Universidade Gama Filho do Rio de Janeiro. Pós-graduado em Marketing, fez cursos de especialização na American Management Association de New York, EUA e no Canadian Management Center de Toronto, Canadá. - Lecionou na PUCC - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, na FBM - Fundação Brasileira de Marketing e na ADVB - Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil.
.
É um profissional de vivência internacional tendo feito trabalhos para o Consulado Brasileiro de Nova York e para o Brazilian Government Trade Bureau, entre outros. Foi professor convidado pela Brown University de Rhode Island, EUA.
.
Em Portugal atuou na APPCE -Associação Portuguesa dos Profissionais de Comércio Externo. Em Lisboa foi titular do PROGRAMA EUROPEU DE FORMAÇÃO DE FORMADORES DE MARKETING pela CNS e foi conferencista no curso de Pós-Graduação de Gestão Empresarial no ISE - Instituto Superior Empresarial, na cidade do Porto, Portugal. - Góis tem participado de entrevistas para órgãos de imprensa em todo o Brasil em jornais e televisões, sendo entrevistado em jornais eletrônicos como Bom Dia Manaus, Bom Dia Pará, Bom Dia Maranhão da Globo e em outras televisões como SBT, Bandeirantes, CNT etc.
.
Como empresário ocupou cargos de direção em várias empresas, entre elas, o de presidente da Qualimax - produtos químicos em Portugal. - Entre as diversas conferências que já realizou com MENÇÃO DE DESTAQUE figuram o II Congresso Brasileiro de Organização, Sistemas e Métodos, realizado pelo Cenadem no Palácio das Convenções do Anhembi e no XXXII Congresso Nacional de Hotelaria, no Centro de Convenções de Salvador, junto com Joelmir Beting.


SDR - Sistema de Representação - 51 - 3388-2471
Como página inicial  Adicionar a Favoritos  
Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2002, SDR.